Moda / Tendências

Ashley Graham, Lizzo, Lena Dunham. As mulheres plus-size mais poderosas agora

Da passerelle para a lista da Forbes das pessoas mais ricas do mundo, estas mulheres estão na dianteira de uma revolução na Moda e na Cultura.

As mulheres plus-size mais poderosas da Moda
As mulheres plus-size mais poderosas da Moda Foto: D.R.
01 de junho de 2021 | Charlie Gowans-Eglinton

Nos desfiles da semana de Moda ou nas campanhas publicitárias, qualquer pessoa que vista um tamanho acima do 36-38 europeus é considerada plus-size: é estranho, já que a média de tamanho no Reino Unido é 44. Há quem prefira dizer "com curvas", outros dizem "gorda": seja qual for o rótulo, todas as mulheres que aqui se encaixam defendem um ideal de beleza mais inclusivo, um olhar mais positivo para o corpo, e o amor próprio.

Estas mulheres estão a esforçar-se para que haja uma mudança – e estão a conseguir criar essa mudança – na Moda e nos media, muitas delas conseguindo tornar-se casos de sucesso no universo plus-size, desfilando nas passerelles ou aparecendo nas capas da Vogue. Elas transformaram um mercado da Moda há muito negligenciado num segmento em forte crescimento (avaliado em 178 mil milhões de dólares a nível mundial), ao reivindicarem esse espaço e ao desafiarem os designers a fazerem roupa que lhes sirva – ou, por vezes, criando elas mesmas essas peças – e iniciaram uma cultura de diálogo em todo o mundo acerca da gordura nas costas [a espessura do chamado toucinho dorsal], celulite e todos os centímetros pelo meio. 

Ashley Graham, 33 anos

Nascida no Nebraska, Ashley Graham abriu novos caminhos ao longo da sua carreira: foi a primeira modelo plus-size a aparecer na capa da revista Sports Illustrated, na edição dedicada aos fatos de banho, e na capa da Vogue americana, além de ter sido a primeira a entrar na lista da revista Forbes das modelos mais bem pagas. Fez um TED talk, foi anfitriã convidada do programa televisivo The Ellen DeGeneres Show, tem o seu próprio podcast (Pretty Big Deal with Ashley Graham) e criou a hashtag BeautyBeyondSize no Instagram, onde conta com 12,5 milhões de seguidores.

Leia também
Ashley Graham na 'Variety's Power of Women', 2019
Ashley Graham na 'Variety's Power of Women', 2019 Foto: Getty Images

Lizzo, 33 anos

A Personalidade do ano no Entretenimento eleita pela revista Time em 2019 foi a rapper, cantora e flautista clássica Lizzo. Nesse ano, foi nomeada para mais Grammys do que qualquer outro artista (e ganhou três dos oito aos quais era candidata, na cerimónia que decorreu em janeiro de 2020). Foi vestida por Marc Jacobs para a Gala Met (a gala equivalente aos Óscares na indústria da Moda) e começou a ser conhecida pelos seus looks de alta-costura e de grande impacto. Em outubro de 2020 foi capa da Vogue e tal como referiu numa publicação no Instagram, foi "a primeira mulher negra ‘grande’" a consegui-lo.

 Lizzo nos 'American Music Awards', 2019
Lizzo nos 'American Music Awards', 2019 Foto: Getty Images
Leia também

Lena Dunham, 34 anos

A escritora, realizadora e atriz Lena Dunham cimentou o seu estatuto de "voz de uma geração" com a série de culto Girls e, como tal, já foi capa da Vogue americana, da Elle e da Marie Claire. Em 2017, elogiou a Glamour por não ter dado retoques à sua celulite e em março passado escreveu no Instagram sobre o seu desejo de "cultivar um espaço onde a questão de se ter um corpo avantajado seja vista pelas marcas de roupa como uma não-questão", o que inspirou uma colaboração com a marca plus-size 11 Honoré – para a qual será simultaneamente designer e modelo.

Lena Dunham na premiere de 'Once Upon A Time In Hollywood', 2019
Lena Dunham na premiere de 'Once Upon A Time In Hollywood', 2019 Foto: Getty Images

Tess Holliday, 35 anos

Leia também

Quando a norte-americana Tess Holliday foi capa da versão britânica da revista Cosmopolitan enquanto tamanho 54, levou a que um zangado Piers Morgan considerasse que isso promovia um ideal pouco saudável – antes de ganhar o prémio de capa do ano nos galardões da Professional Publishers Association. Holliday deparou-se com juízos de valor semelhantes nas redes sociais, o que a inspirou a lançar a hashtag effyourbeautystandards no Instagram, que já foi usada 4,8 milhões de vezes.

Tess Holliday nos Grammy Awards, 2020
Tess Holliday nos Grammy Awards, 2020 Foto: Getty Images

Barbie Ferreira, 24 anos

Barbie Ferreira começou a fazer trabalhos de modelo aos 16 anos e foi nomeada para a lista de 2016 da revista Time das Adolescentes Mais Influentes, depois de as suas fotos para a campanha de roupa interior da marca Aerie, sem qualquer retoque, se terem tornado virais. Atualmente, a norte-americana trabalha como modelo, ao mesmo tempo que segue uma carreira de atriz – teve um papel na célebre série de adolescentes Euphoria, da HBO.

Leia também
Barbie Ferreira na premiere da série da HBO's 'Euphoria', 2019
Barbie Ferreira na premiere da série da HBO's 'Euphoria', 2019 Foto: Getty Images


Paloma Elsesser, 29 anos

Paloma Elsesser mede 1,67 metros e veste o tamanho 16. Ela foi descoberta pela maquilhadora Pat McGrath, que a escolheu como modelo da sua primeira linha de produtos de beleza em 2015; em dezembro de 2020, fez uma publicação no Instagram sobre ter "sido fotografada para a capa da Vogue americana na qualidade de mulher gorducha, baixinha e de raízes latinas". Ela é uma das favoritas das semanas de Moda, tendo já desfilado nas passerelles da Chloé, Marni e Michael Kors.

Paloma Elsesser nos 'Vogue Fashion Fund Awards', 2017
Paloma Elsesser nos 'Vogue Fashion Fund Awards', 2017 Foto: Getty Images

Jill Kortleve, 27 anos

A holandesa Jill Kortleve é uma das modelos plus-size mais prolíficas no que diz respeito a semana da moda – a sua estreia foi feita pela mão do criador Alexander McQueen e, desde então, já desfilou para a Valentino, Jacquemus e Ferragamo, e frequentemente para marcas que nunca antes tinham escolhido uma modelo plus-size (Fendi, Versace) ou que raramente o tinham feito (Chanel, que a escolheu uma década depois de o ter feito com Crystal Renn).

Jill Kortleve desfila para a Jacquemus, 2021
Jill Kortleve desfila para a Jacquemus, 2021 Foto: Getty Images

Precious Lee, 31 anos

Em 2015, Precious Lee foi a primeira modelo negra plus-size a aparecer na Vogue americana. Tem vindo a construir um portefólio impressionante desde então, com sessões fotográficas para a revista V e para a Vogue italiana, embora 2021 pareça ser o seu melhor ano, já que em abril foi capa da Vogue britânica e desfilou para Michael Kors, e em maio foi capa da revista Harper’s Bazaar americana.

Iskra Lawrence, 30 anos

A modelo Iskra Lawrence, nascida em Worcester, foi identificada na lista da Forbes ‘30 Under 30 Europe’ [edição europeia do ranking da revista que distingue os 30 jovens mais promissores do continente com menos de 30 anos] e na lista anual da BBC World de 100 mulheres inspiradoras e influentes de todo o mundo [BBC World’s 100 Women], fez um TEDx Talk sobre "acabar com a procura pela perfeição’ e tem colaborado com a Associação Nacional de Distúrbios Alimentares dos EUA [National Eating Disorders Association]. Ela partilha a sua mensagem de aceitação do corpo com 4,5 milhões de seguidores no Instagram.

Iskra Lawrence na semana de Moda de Nova Iorque, 2018
Iskra Lawrence na semana de Moda de Nova Iorque, 2018 Foto: Getty Images

Alva Claire, 28 anos

Alva Claire, que veste um tamanho 42-44, foi uma das três modelos plus-size a fazer história ao desfilar pela Versace pela primeira vez em setembro de 2020 (as outras duas foram Precious Lee e Jill Kortleve) e já marcou presença em dois desfiles Savage x Fenty, a marca de lingerie de Rihanna.

Alva Claire no desfile da marca de lingerie de Rihanna, 2020
Alva Claire no desfile da marca de lingerie de Rihanna, 2020 Foto: Getty Images

Candice Huffine, 36 anos

Candice Huffine foi selecionada para ajudar a dar a volta à Victoria’s Secret, gigante da lingerie em dificuldades e há muito criticada pela ausência de diversidade física nas suas escolhas, especialmente nos famosos desfiles nas passarelas (e nos igualmente famosos planos de exercício e regime alimentar ‘get the look’ [consiga a aparência que deseja]). A norte-americana foi a primeira mulher plus-size a constar do calendário Pirelli, e a sua própria marca de equipamento adaptado a um estilo de vida ativo, a Day/Won, tem roupa até ao tamanho 64.

Candice Huffine no desfile de Christian Siriano, 2017
Candice Huffine no desfile de Christian Siriano, 2017 Foto: Getty Images

Hunter McGrady, 27 anos

Em 2017, Hunter McGrady tornou-se a modelo mais avantajada – tamanho 54 – a aparecer na edição de fatos de banho da Sports Illustrated. Atualmente grávida do seu primeiro filho, tem vindo a apelar a uma maior representação das mulheres grávidas plus-size em revistas e anúncios.

Jessamyn Stanley, 33 anos

Quando Jessamyn Stanley começou a publicar vídeos seus no Instagram a fazer ioga, acabou com o estereótipo de que aquela é uma indústria repleta de mulheres brancas e magras. Jessamyn é plus-size, negra e queer. O livro que escreveu, intitulado Every Body Yoga: Let Go of Fear, Get on the Mat, Love Your Body, vai mais longe na democratização dessa atividade.

Jessamyn Stanley na 'Massachusetts Conference For Women', 2018
Jessamyn Stanley na 'Massachusetts Conference For Women', 2018 Foto: Getty Images

Naomi Shimada, 33 anos

Naomi Shimada começou a fazer trabalhos de modelo aos 13 anos, na categoria dos tamanhos padrão. À medida que foi ficando mais velha e que o seu corpo foi mudando, fez dietas na tentativa de manter aquele tamanho de roupa e a sua carreira, tendo depois feito uma paragem no seu trabalho como modelo – e regressando mais tarde como modelo plus-size (tamanho 44). Escreveu um livro sobre as redes sociais e a saúde mental e tem um podcast na BBC, o Beauty Fix.

Naomi Shimada, 2017
Naomi Shimada, 2017 Foto: Getty Images

Denise Bidot, 34 anos

Denise Bidot foi manchete quando a marca norte-americana Lane Bryant passou um anúncio dela em biquíni sem fazer qualquer retoque no seu corpo ou nas suas estrias. Bidot fundou a campanha online There is No Wrong Way to Be a Woman [Não há uma forma errada de ser mulher].

Denise Bidot no festival 'People Festival To Celebrate Hispanic Heritage Month', 2019
Denise Bidot no festival 'People Festival To Celebrate Hispanic Heritage Month', 2019 Foto: Getty Images

Charlie Gowans-Eglinton/The Times/Atlântico Press

Tradução: Carla Pedro

Saiba mais media, moda, modelos plus size, Jessamyn Stanley, Denise Bidot, Hunter McGrady, Candice Huffine, Alva Claire, Precious Lee, Barbie Ferreira, Naomi Shimada, Tess Holliday, Michael Kors, Lena Dunham, Lizzo, Iskra Lawrence, Jill Kortleve, Ashley Graham, Paloma Elsesser
Mais Lidas