Beleza / Wellness

Há razões fortes para não beber água antes de dormir

Beber água é essencial, em especial no verão, mas fazê-lo antes de dormir pode causar graves danos, de acordo com especialistas.

Foto: @gwynethpaltrow
27 de julho de 2022 Ana Francisca Oliveira

O sono é tão importante como a água para sobreviver, e pode parecer até um pouco contraditório que ambos se influenciem negativamente. Na realidade, existe uma condição chamada noctúria que, tal como o nome indica, pode ocorrer apenas durante a noite. É caracterizada por uma vontade frequente de urinar, o que interrompe o ciclo do sono. 

De acordo com um estudo do National Center for Biotechnology Information, esta condição pode causar graves danos ao longo do tempo. Problemas como falta de concentração e coordenação, alterações de humor e sonolência diurna são apenas alguns exemplos das consequências de um simples ato como beber água antes de ir dormir.

Ainda que mais comum em pessoas com sono leve, a noctúria pode afetar qualquer um, e por isso é importante analisar quando e qual a quantidade de água que o corpo aguenta sem despertar. De acordo com a especialista do sono Sammy Margo, à Glamour UK, "é importante mantermo-nos hidratados, mas é preciso considerar o momento de ingestão. É necessário descobrir qual quantidade e momento certos para beber água".

Já Ieva Kubiliute, psicóloga ligada ao bem-estar, aconselhou, no mesmo artigo da Glamour UK, a não beber água pelo menos duas horas antes de se ir dormir – "se há excesso de líquidos no sistema, o corpo pode precisar de usar a casa de banho durante a noite. Isso pode interromper o ciclo de sono, afetando negativamente a qualidade do mesmo. Se o sono interrompido não for corrigido, pode levar ao desenvolvimento da privação do sono", acrescenta.

Para combater este problema é então preciso monitorizar a ingestão de água ao longo do dia, de forma a não cair em exagero durante a noite. Aumentar os níveis de hidratação diariamente é essencial para uma vida saudável e equilibrada.

Acordar durante a noite para utilizar a casa de banho interrompe o ciclo do sono, o que pode ter consequências graves na saúde física e mental
Acordar durante a noite para utilizar a casa de banho interrompe o ciclo do sono, o que pode ter consequências graves na saúde física e mental Foto: IMDB

Seis regras de ouro para beber água de forma saudável

Ingerir mais de dois litros de fluidos diariamente

De acordo com a Mayo Clinic, uma mulher adulta necessita de 2,7L de fluidos todos os dias para garantir um funcionamento corporal normal. Esta quantidade inclui não só água (que representa cerca de 80% da ingestão diária de fluidos), como outras bebidas e alimentos. 

Sempre que sentir sede

Sede e dores de cabeça são alguns dos primeiros sinais de desidratação – é fundamental beber água sempre que sentir algum destes sintomas para assim restabelecer a hidratação.

Chás e sumos de fruta

Quem sente dificuldade em beber água pode optar por chás frios ou sumos de fruta sem adição de açúcares. Melancia ou morangos são dois alimentos com altas quantidades de água.

Não beber água antes de dormir

Para evitar acordar a meio da noite e desregular o ciclo do sono é necessário parar a ingestão de água pelo menos duas horas antes de dormir.   

Acompanhar as refeições com água

O ocasional refrigerante ou copo de vinho não são prejudiciais, mas é preciso beber água regularmente durante as refeições, de forma a otimizar a hidratação corporal.

Durante o treino

Antes, durante e depois do treino é a altura ideal para potencializar a ingestão de água. O suor diminui a hidratação, daí ser essencial tomar especial atenção durante este período. A prática de exercício físico é também fundamental para uma vida saudável e equilibrada.

Saiba mais
Saúde, Educação, Água, Sono
Leia também
As Mais Lidas