Beleza / Wellness

Dentes saudáveis? Evite estes alimentos

De produtos com açúcares escondidos a bebidas gaseificadas, eis a lista de inimigos da saúde oral.

Foto: Freepik
30 de agosto de 2022 Ana Filipa Damião

Há muito que os dentistas alertam para a nocividade de certos alimentos, como gomas ou chocolates, no que toca à saúde oral, mas sabia que não são apenas os doces que prejudicam o bem-estar dos dentes?

Não obstante a idade do indivíduo, há que ter cuidado com o consumo excessivo de sumos de fruta, de refrigerantes, bolos, produtos processados e até cereais refinados, apenas para enumerar alguns exemplos. Isto porque são alimentos que contém grandes quantidades de açúcar, muitas vezes "escondidas" nos rótulos.  

Mas porque é que o açúcar é prejudicial? Porque a boca tem bactérias que se alimentam dele e que, ao fazê-lo, produzem ácidos que destroem o esmalte, a camada externa do dente e o tecido mais resistente do corpo humano. Por outras palavras, é a primeira barreira de proteção do dente contra danos externos e, sem ela, a dentina (camada interna) fica vulnerável.

À lista juntam-se as bebidas ácidas, como os refrigerantes com gás (menos a água gaseificada), as energéticas e as frutas cítricas, como limão ou laranja. "Além do açúcar adicionado, contêm ácido cítrico e ácido fosfórico, que irão também dissolver o esmalte", causar erosão e levar a cáries, avançou Élodie Terrer, dentista, ao site da Madame Fígaro. Atenção ainda aos líquidos que reduzem o fluxo da saliva - como o álcool - dado que esta protege também os dentes das bactérias más.

Lavar os dentes após as refeições é, assim, um dos maiores erros para quem quer proteger a saúde oral, visto que a comida permanece em contacto com o esmalte por muito tempo, danificando-o. Como tal, a solução passa por escovar os dentes 15 minutos depois de comer, sem esquecer o fio dental, além de limitar o consumo dos alimentos nocivos.

Saiba mais
Saúde, Educação, Açúcar, Dentes, Saúde Oral
Leia também
As Mais Lidas