Beleza / Wellness

As regras de ouro para curar uma ressaca, segundo os especialistas

Dezembro é, por definição, um mês de excessos. Se exagerou no álcool numa noite de festa ou num jantar de amigos eis o que deve fazer na manhã seguinte.

Foto: Pexels
03 de dezembro de 2021 Ana Filipa Damião

As bebidas alcoólicas são obviamente líquidas e daí hidratantes, correto? Nem por isso. A infeliz verdade é que o álcool é um agente altamente desidratante que afeta o nosso corpo todo, cérebro incluído. É por essa razão que acordamos com dores de cabeça descomunais no dia a seguir a uma festa, para não falar das náuseas e do mal-estar geral

Como tal, a primeira regra de ouro é beber muita água ao longo do dia seguinte, mas também sumos ricos em vitamina C ou chá, explicou Florence Foucaut, membro da Associação Francesa de Dietistas e Nutricionistas (AFDN), ao site Madame Fígaro. Além de hidratar, beber chá é uma boa forma de limpar o organismo, como uma espécie de detox. Quanto a sabores, Florence Foucaut sugere o de frutos vermelhos, pelas suas capacidades antioxidantes, e o chá verde.

A segunda regra refere-se às refeições do dia. Aqui, a ideia é simples. Caso esteja com uma grande ressaca, é melhor esperar que o corpo dê sinais de fome antes de ingerir seja o que for. No entanto, se não se sentir muito mal, deve optar por refeições leves para o fígado, pois este é o único órgão que "desintoxica o álcool". Como tal, alimentos com muita gordura devem ser evitados, como bolos ou fast food.  

"A digestão é feita graças à bílis, que é produzida pelo fígado", afirmou a nutricionista. "A digestão de lípidos requer muita bílis, por isso é melhor evitá-los. Caso contrário, são garantidas náuseas e inchaço. Para a primeira refeição do dia, substitua o sumo de laranja por água morna com limão ou sumo de rabanete. Entre os inúmeros benefícios, "a fruta cítrica, graças ao ácido cítrico, estimula a produção de bílis". Já ao almoço, opte por espargos e "carne branca cozida ou grelhada a vapor", aconselha Foucaut. De acordo com a nutricionista Ana Ni Ribeiro, "os espargos verdes podem reduzir os efeitos do álcool e tornar a ressaca mais 'suportável'". 

Também é aconselhável a ingestão de iogurte com banana, pois tem vitamina B5 e B6 (que diminuem no corpo com o excesso de álcool) e ajuda a repor o magnésio e o potássio no organismo. Outros alimentos aliados são ainda os ovos, o pão, os cereais, o arroz branco e as verduras. Por serem ricos em hidratos de carbono, o pão e os cereais ajudam a repôr os níveis de glicose. 

Saiba mais
ressaca, álcool, festas, saúde, bem-estar
Leia também

Enxaquecas. O que comemos pode desencadeá-las?

Que alimentos podem potenciar a dor de cabeça ao nível de enxaqueca? E quais os que podem ajudar na prevenção? A desidratação é um gatilho? Este e outros mitos explicados pela nutricionista Isabel Pedroso Silva.

As Mais Lidas