Junte-se ao nosso canal de WhatsApp e aceda diretamente aos temas Máxima do momento. Seguir
Atual

Horóscopo de dezembro. Touro, Virgem, Capricornio

Dezembro traz desafios financeiros para Touro, introspeção vital para Virgem e conversas profissionais marcantes para Capricórnio. O Elemento Terra enfrenta um mês de reflexões e mudanças astrais.

29 de novembro de 2023 Andrea Pereira

Elemento Terra

Touro

1º decanato - 20 a 30 de abril

O início do mês será marcado por alguma falta de vitalidade, talvez por causa de algum resfriado. Aconselha-se que descanse e cuide de si.

O mês será de foco elevado nas questões materiais, em que, havendo um sentimento de abundância, há também zelo em conservar o que ganhou, em simultâneo, gerando uma sensação de crise entre a poupança e a expansão que deseja. Ainda assim, na segunda semana do mês, os astros apontam para investimentos avultados ou para o receber de dinheiro como resultado dos seus esforços. O tempo é de reflexão sobre investimentos a serem feitos, e tomada de decisões sobre os mesmos. Os astros parecem estar do seu lado, no entanto aconselha-se que espere até janeiro para tomar decisões concretas.

Na segunda semana do mês, o amor fala alto! Há paixão no ar e os pássaros estão a cantar. Muita atração no ar. Será uma altura de imensa apreciação estética e de indulgência nos muitos prazeres da vida. De 17 a 19 de dezembro a sua intuição parece que estará incrível, por isso aposte na sorte grande. Também será o caso de conversas serem promotoras de mudanças fundamentais nos seus pontos de vista e crenças. A última semana do mês será vivida em grande, prevendo-se momentos muito especiais e em excelente companhia.

2º decanato - 1 a 10 de maio

Há algo a fluir no ar que leva a que este mês seja de criatividade e bem-estar no contexto das suas relações, com partilha de momentos com amigos e família. Mesmo na vida profissional, há inspiração a rolar e tudo parece correr de feição.

Na segunda semana, aposte no reforço do seu sistema imunitário pois parece suscetível a pequenas maleitas ou constipações. Será altura para descansar e cuidar de si.

No início da segunda quinzena, o amor pode estar à espreita. Atrações fortes têm tudo para estar no seu caminho. As mesmas influências indicam a possibilidade de investimentos importantes ou ainda uma tendência para gozar dos prazeres da vida com abundância!

A última semana do mês, será investida na planificação de projetos que impliquem muitos pormenores. Será uma altura de reflexão sobre as mudanças a concretizar num futuro próximo, consoante os recursos disponíveis.

3º decanato – 11 a 20 de maio

Padrões emocionais do passado regressam para serem tornados conscientes e metamorfoseados. Talvez seja uma tendência para ciúmes, ou para se sentir à parte nas suas relações, ou talvez enfrentar dificuldades de expressão das suas necessidades. Alguma crise emocional terá lugar e o objetivo é trazer esta noção de confiança em si mesma/o de forma a conseguir ver com clareza aquilo de que realmente precisa e de operar as mudanças necessárias.

Profissionalmente, está alinhada/o com as forças criativas. Há espaço para os seus novos propósitos desde que se abra à vida, com fé nas diferentes possibilidades. A lua nova a 12, no signo de Sagitário, mostra alguns desafios à sua necessidade de estabilidade, trazendo a necessidade de se ajustar a diferenças culturais ou a viagens que precisam de ser feitas, mesmo tendo pouca energia vital. Reforce o seu sistema imunitário pois sentirá menos vitalidade na terceira semana do mês.

Os astros advertem para a necessidade de organização no que se refere a documentos, questões profissionais e financeiras. Faça por ter cópias de ficheiros do seu trabalho, pois as energias são de algumas dificuldades na resolução de pequenos problemas de comunicação e burocracias.

Na última semana do mês, o amor pode pregar as suas partidas, havendo lugar para imprevistos. Ainda assim os afetos pairam no ar e o amor está a vibrar.

Virgem

1º decanato - 23 de agosto a 01 de setembro

Este será um mês de reflexão sobre aquilo que realmente quer e tem valor para si. Quererá tomar conta dos seus recursos materiais e pensar nos passos a dar a seguir, no sentido da sua evolução. Para isso terá de perceber e ser muito honesta/o consigo: O que é que já não está a funcionar na sua vida? Realinhe-se com os seus valores naturais e abandone os julgamentos internos e as críticas habituais.

Nas relações íntimas, o ambiente é de afeto, de criatividade e boa disposição, o que tenderá a aliviar o sentimento de carga e responsabilidade, que tem sentido nos últimos meses. É uma boa altura para cuidar da sua saúde com suplementos que lhe dêem energia e boa disposição.

Este poderá ser um mês de boas notícias e prosperidade tanto ao nível profissional como financeiro. No último dia do ano, os astros apontam para a necessidade de ponderação e equilíbrio no contexto das relações e no campo económico. Pode haver excessos dos quais depois se arrependerá.

2º decanato - 2 a 11 de setembro

Ao olhar para trás, para o ano que já se vê em perspetiva, percebe que, no presente, está a usufruir de oportunidades que surgiram neste ciclo de 2023. Mesmo no que se refere a novas amizades ou contactos que trouxeram uma nova leveza à sua vida.

Profissionalmente e em questões familiares, é importante perceber aquilo que não pode mudar, de momento, e adaptar-se às circunstâncias. Talvez sejam procedimentos com os quais não de identifica, mas que estão muito instalados, ou situações com as quais não concorda, mas há uma maioria concordante.

Os astros apontam para uma tendência para negligenciar questões de saúde ou para que esteja a enfrentar uma crise nesta área da sua vida. À parte das situações de saúde, há a possibilidade de sentir que a sua vida está demasiado rotineira, sem espaço para o instinto, levando à reflexão sobre a necessidade de criar esse espaço. Na segunda semana, novas visões ou pessoas de outra cultura poderão desafiar a sua organização e rotina, estimulando a necessidade de largar o controlo e ser flexível. Também poderá ser o caso de haver espaço para novas aprendizagens e a adaptação aos novos conhecimentos ser difícil.

3º decanato - 12 a 22 de setembro

O mês arranca com alguma ligeireza, para depois se ir adensando algum conflito. Por isso aproveite a boa disposição dos primeiros dias do mês!

Como pano de fundo, tem sentido uma falta de vitalidade e de energia para fazer frente às obrigações do dia-a-dia. Por um lado, a excessiva expectativa de perfeição leva a um sentimento de cansaço e por outro a desilusão de como a ordem das coisas acontece. É uma altura de cultivar humildade perante a vida e de criar um sistema de proteção para quando as coisas não correm como espera.

Novos planos surgem no horizonte, com muito medo de errar como companhia. Lembre-se de dividir os planos por pequenos passos, pois passinho a passinho é mais fácil. A lua nova em Sagitário, a 12, provocará uma mudança disruptiva que obrigará ao cultivo de maior liberdade e exploração. No meio da agitação quererá ter foco, o que se revelará complicado.  

A partir de 23, iniciará uma reflexão profunda sobre o que tem de mudar na sua vida. A lua cheia em Caranguejo, a 27, trará algumas conversas difíceis em que a vulnerabilidade será muita. Algumas verdades têm tudo para vir à superfície e causarem alguma desilusão. Esta última semana do mês, tem tudo para levar a decisões que terão consequências.

Capricórnio

1º decanato 22 a 31 de dezembro

Muitos parabéns Capricórnio! Gostamos da sua capacidade de se disciplinar e alcançar o seu propósito no mundo, assim como da sua capacidade de se reinventar quando percebe que não está no caminho do coração!

A primeira quinzena do mês aponta para a expressão daquilo que de melhor há em si, do que tem vindo a explorar e a trabalhar, podendo agora mostrar os frutos do seu empenho. Este será um mês com muitas conversas importantes, com a parte profissional muito pronunciada. Financeiramente tem tudo para se sentir com abundância. O aspeto também se pode expressar com o ter muitas responsabilidades financeiras. Este será um mês com imprevistos e erros disparatados, por isso tenha cópias do seu trabalho e cuidado com documentos importantes.

Na segunda quinzena, a sua intuição estará muito apurada e terá faro para boas oportunidades. Para comprar prendas este é um bom aspeto pois acertará naquilo que o outro quer! Aposte na sorte grande. Será também uma fase de reflexão importante sobre as áreas onde quer avançar na sua vida, neste contexto, conversas importantes têm tudo para ter lugar, sobre o seu mundo emocional, sobre julgamentos internos e externos dos quais se quer libertar.

A lua cheia, a 27, em Caranguejo, trará equilíbrio, partilha, amor com um tom muito familiar e acolhedor onde as emoções falam alto. A última semana do mês será marcada por boas energias e muita vitalidade.

2º decanato 1 a 10 de janeiro

Tem passado por uma fase em que se depara com a questão julgamento interno e/ou externo. O tema estará particularmente forte neste fechar de ano. Será uma fase de reflexão sobre áreas da sua vida que precisam de uma revisão nas suas crenças e visões, de forma a mudarem. Algumas inspirações poderão ter lugar, tanto ao nível pessoal e doa dia-a-dia, como profissionalmente.

No amor, passos positivos tendem a acontecer na direção da espontaneidade e da leveza da relação. Se de momento não está numa relação, há a possibilidade de conhecer pessoas que trazem esse estímulo criativo e força de viver. As festas serão vividas num ambiente afetuoso.

No que se refere a questões familiares e financeiras, há uma vontade de transformação que não está a acontecer e que traz alguma desilusão e frustração. Há algo fundamental a ser percebido até conseguir operar a transformação total, até conseguir, reconheça a frustração que sente e dê passos pequeninos na direção desejada.

3º decanato 11 a 20 de janeiro

O mês começa com uma sensação de impasse ao nível das relações íntimas. Por um lado, a vontade de agir mais a pensar no "nós" e a ignorar alguns dos seus alertas interiores para pensar em si e nas suas necessidades, por outro lado, terá á convicção de seguir a aquilo que é mesmo o melhor para si. Siga a sua própria moral.

No geral, este será um mês de bastante reflexão até porque quer uma mudança do quadro geral da sua vida, havendo uma enorme dificuldade em fazer esse volte-face, criando uma enorme frustração. Terá de dar passos muito pequenos para iniciar uma mudança de longo alcance. As influências astrais mostram a capacidade e energia para visualizar uma vida diferente, por isso o esforço será em definir metas pequenas em direção a essa visão e transformar essas metas com mini passos.

As festas natalícias acontecerão num ambiente ameno e afetivo. Os astros apontam para energias positivas na expressão dos afetos e no devorar de iguarias. Está propensa/o a escolher o conforto para sua passagem de ano.

Saiba mais
Mundo, Diversão, Signos, zodíaco, Astrologia, Novembro, Previsões, Elemento
As Mais Lidas