Junte-se ao nosso canal de WhatsApp e aceda diretamente aos temas Máxima do momento. Seguir
Atual

Horóscopo de dezembro. Caranguejo, Escorpião e Peixes

Dezembro traz desafios e transformações para os signos de Água. Caranguejo enfrenta dilemas emocionais, enquanto Escorpião vive um período de exuberância e mudanças significativas.

29 de novembro de 2023 Andrea Pereira

Elemento Água

Caranguejo

1º decanato - 21 a 30 de junho

O mês será marcado por conversas importantes sobre o que precisa de ser mudado, tanto na área profissional com pessoal. Há um sentimento de querer tomar conta da sua vida e de dominar medos de forma a dar passos em frente que sejam consistentes. Será um tempo de ouvir o ponto de vista dos outros e aceitar as suas ideias e visões.

A família estará em grande foco e  quererá perceber qual e o seu papel no meio do quadro familiar, prevenindo que a gestão familiar fique nos seus ombros, sendo por isso necessário dividir tarefas e ter limites emocionais saudáveis. Ao mesmo tempo, para muitos, sentirão um porto seguro onde podem estar e receber carinho. Se conseguir ter a sua autogestão assegurada, poderá servir de conforto para os outros.

Neste último mês do ano, as finanças estão positivas e até conseguirá pôr algum dinheiro de lado. A última semana do mês é propícia à riqueza de emoções e afetos. O seu ninho será um porto seguro para a criatividade e a boa disposição. Os astros advertem apenas para estados demasiado emocionais que poderão levar a exageros, sendo a lua cheia a 27, no seu signo e decanato (dará por si a querer abraçar meio mundo).

2º decanato – 1 a 10 de julho

Pouca vitalidade a até alguma constipação marcam o início do mês. Será altura para estar em casa a recuperar para ficar boa para as festividades!

Em questões profissionais ou das suas ocupações do dia-a-dia, vai parecer-lhe tudo um excesso, com muita exigência e trabalho. A sua criatividade estará à altura dos acontecimentos, mas ainda assim sentirá alguma exaustão.

Ao nível emocional, a relação interna será de dor, por sentir que não é vista/o nas suas necessidades. Gostaria de ser mais egoísta e de não estar sempre a segurar as pontas dos outros. A lua nova a 12, em Sagitário, trará melhoria nos afetos mas não tanto na energia vital. Quererá divertir-se e estar com os outros, mas sentirá que o seu corpo não responde como gostaria.

3º decanato – 11 a 22 de julho

Este mês será marcado por uma sensação de dilema emocional, entre pensar nos outros e pensar em si. A mestria consiste em encontrar esse equilíbrio onde aplica verdadeiramente a escuta às necessidades do outro e equilibrar essa informação com aquilo que é a sua vontade instintiva.

Ao longo do mês, a sua perceção será de alguma instabilidade, causada pela obrigação de ter de se adaptar a diferentes cenários e apenas querer a estabilidade e conforto do seu lar. Até porque em termos de vitalidade não estará no seu melhor, havendo aqui a possibilidade de alguma maleita que lhe tire a energia. A lua nova a 12, em Sagitário, inicia um ciclo em que terá de ser flexível perante a inconstância do momento.

No campo material, os astros apontam para estabilidade e conforto, apesar de na primeira semana ter muito trabalho e sentir que tudo depende demasiado de si. No campo afetivo, a última semana pode trazer alguns condimentos a esta esfera, mas a sua energia vital não estará orientada para essas direções, não havendo toda a disponibilidade.

Escorpião

1º decanato - 23 de outubro a 1 de novembro

O mês de dezembro será marcado por alguma exuberância, tanto nos afetos, como nas finanças, como também no que concerne aos prazeres da vida: comida e bebida, sexualidade, amor e amizade. Particularmente no dia 9, os astros apontam para importantes transações financeiras e muita atração no ar.

A lua nova em Sagitário, a 12, mostra que se prepara uma mudança de rumo significativa para qual este novo ciclo será determinante! Está em causa a gestão dos seus bens e uma mudança da estrutura em que vive, trazendo novos paradigmas para si e para a sua família. De 17 a 19 terá como radar a sua intuição, que estará altamente apurada.

A família far-se-á muito presente na segunda quinzena, tendo em si um desses aconchegos emocionais inabaláveis. Terá amor para dar e vender. A lua cheia em Caranguejo, a 27, será vivida em plena comunhão com os que ama.

2º decanato - 2 a 11 de novembro

Está numa fase de transição, com muitos projetos apenas agora a brotar da terra, muito no início, e por isso ainda com ações preparatórias a acontecer. A sua criatividade continua a ser vivida com exuberância, seja esta expressa com as suas flores, com a sua arte ou simplesmente com a sua forma de comunicar com os outros.

Nas questões de saúde, continua a ter de cuidar de si nas diferentes frentes: emocional, física e mental. É uma altura de garantir que tem todos os cuidados dirigido a si.

A lua nova, a 12, em Sagitário, irá marcar o início de um ciclo em que há muito amor partilhado e muita vontade de celebrar. Pode dar por si a cozinhar, a preparar encontros com os que mais gosta e a partilhar o calor da lareira com conversas e chá.

Na segunda quinzena, as comunicações estarão sobre forte análise. Cuidado com erros de interpretação e formalidades que são ignoradas. Tenha cópias de documentos importantes, pois poderá haver crise neste tipo de procedimentos.

3º decanato - 12 a 21 de novembro

Neste mês, culmina um período em que se sente com maior conexão espiritual, com ligações a algo maior, e esse é cada vez mais o seu refúgio. Trata-se de uma fase de cultivo de compaixão por si, pelos outros e de trabalhar uma maior compreensão dos lados menos fáceis.

Ao nível do seu sentimento de propósito, terá tendência a um certo bloqueio em encontrar mesmo o que traz motivação e vontade de cultivar a sua ação no mundo. É um tempo de realinhamento daquela que é a sua missão de momento.

Na segunda quinzena, os astros apontam para um fator surpresa nas questões afetivas e amorosas. Tendo de manter a calma perante alguma instabilidade que encontre. Mas será uma questão de dias e a influência passará. A lua cheia a 27, em Caranguejo, mostra momentos passados com muito afeto e empatia no contexto das suas relações.

Peixes

1º decanato 18 a 29 de fevereiro

Se, profissionalmente, a semana arranca com prosperidade e capacidade de mostrar ao mundo as suas conquistas, emocionalmente, continua a trabalhar questões dolorosas que se prendem com a matriz da sua vida. Sentirá algum cansaço com a rotina habitual, sonhando com uma forma diferente de viver a sua vida e fazendo planos interiores nesse sentido. Estará em curso uma reflexão sobre o que realmente importa, pondo a esfera material para um segundo plano. Os astros apontam para a formalização de acordos que podem acontecer na segunda quinzena.

Nas suas relações mais íntimas, sentirá um equilíbrio entre o dar e o receber, depois de alguma necessidade de ajustamentos das necessidades mútuas. Estando numa relação, sente que há várias possibilidades em aberto de crescimento e de expansão.

Em questões de saúde, este será um tempo de excessos à mesa, havendo queda para alguma voracidade. No geral, será um tempo de vivência de afetos e de partilha. Terá tudo para ocupar papéis de maior responsabilidade na família, dada a fase de alcance de maior maturidade. A lua cheia em Caranguejo, a 27, mostra muitas emoções à flor da pele, talvez devido aos filmes vistos no sofá, que acordam a comoção.

2º decanato 1 a 10 de março

Os astros apontam para muitos conflitos de opiniões e entre formas de estar, no contexto das suas relações, principalmente na primeira quinzena do mês. A tendência será de alguma saturação com a forma como as coisas estão a acontecer, no geral. Na segunda quinzena haverá uma mudança de estado de espírito com alguma resignação com o que não pode mudar, de momento.

Na vida afetiva, os astros parecem trazer leveza a partir da lua nova em Sagitário, a 12, trazendo um período de partilha e calor humano. No entanto, a tendência será a de estar mais com os seus botões, a planear um novo futuro para si.

Na segunda quinzena do mês, será especial em tudo o que envolver criatividade, seja a decorar a casa, a cozinhar ou até a receber as pessoas na sua casa ou na de familiares. No entanto, estará mais na sua onda e menos social. No que se refere à sua vitalidade, os astros apontam para uma nova dieta ou disciplina que tem seguido e com a qual se irá manter.

3º decanato 11 a 19 de março

As energias astrais desenham um mês de desafios a resolver, pouca paciência disponível e muita atenção necessária. Apesar de tudo, são os seus sonhos que estão em causa, e, mesmo roubando muito da sua energia vital, sabe que no fim vai valer a pena.

A tendência do mês é de muito movimento, haverá algum frenesim, principalmente na lua nova, a 12, em Sagitário. Dessa movimentação toda irá surgir uma necessidade forte de parar e descansar até para se restabelecer emocionalmente. À mesa de Natal, haverá um descanso profundo, e as conversas servirão o conforto da alma. 

Mesmo nos últimos dias do mês, adivinha-se alguma desilusão nas relações, devido a conversas que trazem elementos que eram desconhecidos ou simplesmente por perceber que alguém tem valores completamente opostos aos seus, o que pode por água na fogueira da paixão.

Saiba mais
Mundo, Diversão, Signos, zodíaco, Astrologia, Dezembro, Previsões, Elemento água
As Mais Lidas