Beleza / Wellness

Ter as pernas para cima tem benefícios para a saúde. Mito ou realidade?

A pose em questão está a ganhar popularidade nas redes sociais. Porém, nem todas as vantagens a que lhe são associadas foram comprovadas pela comunidade médica e científica.

Foto: Pexels
14 de abril de 2022 Ana Filipa Damião

A conhecida pose "pernas para cima" está a tomar conta do Tik Tok (3,1 milhões de visualizações), isto porque certos membros da rede social afirmam que estar deitada no chão com as apoiadas na parede é benéfico para a saúde, aliviando dores de cabeça, stress e ansiedade, melhorando a circulação sanguínea e a digestão. Umas das utilizadoras que experimentou a pose durante 15 a 30 minutos todos os dias durante uma semana explicou que passou a respirar e a dormir melhor e que não estava tão ansiosa. Contudo, nem tudo o que reluz é ouro.

Anisha Joshi, osteopata profissional, desmistificou esta "cura milagrosa" em entrevista à revista Glamour. "Ter as pernas na parede pode melhorar as dores de cabeça porque está a dar tempo ao corpo de descansar e relaxar", começa por dizer. Ajuda igualmente na drenagem linfática, principalmente se sofrer de inchaço ou retenção de líquidos nos tornozelos ou joelhos.

@claire.elis lazy girl hack to less gut issues #legsonwall #guthealth ? original sound - musicquotes

Porém, não existem provas que demonstrem resultados quanto ao alívio do stress. "Relaxar todos os dias e estar quieto é uma forma de mindfuless", cujo impacto ajuda na diminuição da tensão e na melhoria do descanso, mas isto pode ser alcançado se se deitar simplesmente no chão durante alguns minutos.

O mesmo acontece com a digestão: é possível que melhore a circulação e, consequentemente, possa ajudar o aparelho digestivo a funcionar melhor, além de alongar a parte inferior das costas, diminuindo a tensão abdominal e lombar, embora tal não esteja comprovado. Por fim, a osteopata desaconselha a prática a mulheres grávidas ou a indivíduos com ciática aguda.

Saiba mais
saúde, tendência, beleza, Tik Tok
Leia também
As Mais Lidas