Atual

Horóscopos abril 2021: todas as previsões para o seu signo

Amor, trabalho, saúde ou família. Conheça as previsões para cada signo do Zodíaco num mês que promete ser desafiante.

A carregar o vídeo ...
30 de março de 2021 | Andrea Pereira

Quais são as adversidades que pode encontrar em abril? E as potencialidades de crescimento? Andrea Pereira, praticante de astrologia evolutiva, faz um relato signo a signo e consoante o dia em que nasceu. Conheça alguns dos termos da astrologia no glossário, aqui.

Carneiro

Carneiro
Carneiro Foto: Bastian

1º decanato – se nasceu entre 21 e 31 de março

No início do mês o regente do seu signo, Marte, fará um quintil ao seu sol, o que significa energia criativa, tendência a ter iniciativa nos diferentes setores da sua vida e a perceber quais desses novos inícios se podem estender no tempo. A partir de 6 de abril o Mercúrio fará uma conjunção ao seu Sol: assim, poderá ter tendência a pensar muito, mas também a comunicar e a alguma impulsividade, que pode ser maior do que a habitual. Depois do seu aniversário está cheia de poder para começar um novo ciclo, fé e inspiração neste mês de abril para o que vem a caminho, com a influência positiva de Júpiter na segunda e terceira semana do mês.

Leia também

No final do mês, Mercúrio e Vénus em Touro vão fazer um semi-sextil ao Sol deste primeiro decanato que lhe vai trazer uma vontade de saber em que terrenos está a colocar os pés, quer ter segurança nos seus envolvimentos afetivos e profissionais, e a segurança poderá começar a ser uma palavra-chave. Lembre-se de expressar as suas necessidades, vale sempre a pena. Marte em Caranguejo vai fazer uma quadratura ao seu Sol. Na última semana do mês questões familiares de maior vulnerabilidade poderão surgir. Tenha em atenção a sensibilidade dos outros, nem todos têm a sua capacidade de enfrentar o mundo.

2º decanato - se nasceu entre 1 e 10 de abril

Muitos parabéns! Este é o seu mês. Por isso mesmo, o facto de Vénus estar em conjunção ao seu Sol nestes primeiros dias do mês trará uma excitação no ar, vontade de gozar a vida, celebrar o seu aniversário com alegria. Vénus rege as relações, a que temos connosco e com os outros, e rege também o apreciar das coisas boas da vida.

Júpiter em aspeto ao seu Sol pode trazer um sentimento instintivo de mudar a rotina, mudar o seu estilo de vida, inovar de alguma maneira a sua expressão. Fazer algo de especial, fora do comum. No final do mês sentirá aquele estímulo que levará essas ideias à concretização. De 11 a 12 terá conversas estimulantes e elétricas, mas atenção: o tom de voz pode subir pois há muita energia no ar. De 17 a 20 de abril, Marte, o regente do seu signo, está a terminar gémeos e fará um quintil ao seu sol, o que irá estimular um reencontro com amigos, ou muita vontade de ter novas experiências e sair da rotina; pode sentir alguma inquietação devido a tanto estímulo.

Leia também

3º decanato - se nasceu entre 11 e 20 de abril

De 5 de abril a 16 de abril com o Júpiter em sextil ao Sol pode sentir-se inspirada a expandir as suas ideias e a sua originalidade: por vezes é tempo dessa expansão ser vivida internamente, a planear, a criar, outras vezes é tempo de trazer os frutos ao mundo. Espere o tempo certo para agir.

Neste que é o mês do seu aniversário, o planeta Vénus fará uma conjunção ao seu Sol. Tempo para novos inícios, novas ideias. Tempo de descobrir quem é, e o que quer. Liberdade para renascer. Este mês, Saturno faz um quintil ao astro-rei. Este pode ser o momento para avançar com as suas ideias em questões relativas ao trabalho. A partir de dia 12 e até ao final do mês poderá sentir esse espaço para inovar. Boas perspetivas no trabalho.

Se ainda está a sentir o Plutão em quadratura ao Sol tem sentido um forte desejo de mudar, seja em termos dos valores que a têm orientado, seja em termos de experimentar outra forma de ser criativa no mundo, seja em questões relativas ao amor... Experimente e permita-se errar. É importante haver liberdade para errar.

Leia também

Touro

Touro
Touro Foto: Bastian

1º decanato – se nasceu entre 21 e 30 de abril

No início do mês, ainda com Mercúrio em Peixes, pode sentir a influência deste planeta e signo nas suas ideias. Estas podem chegar como uma intuição, ou até em sonhos. Uma inspiração, que pode ser subtil se não estiver atenta.

Leia também

O Júpiter fará um aspeto criativo e positivo ao seu Sol; Aquário e Touro são ambas energias fixas, uma de ar, outra de terra. Num quintil quer-se transformação criativa! Pegue nessas suas ideias fixas, leve-as ao mundo, e pode dar origem a coisas únicas. Logo no início do mês aproveite esta energia.

Devido ao aspeto de tensão entre Marte e o seu Sol no início do mês, pode sentir que está a fazer um esforço de mudança em relação aos seus recursos materiais e valores, mas que os resultados chegam em conta-gotas. Ao mesmo tempo, com esta influência, quer sentir-se ágil, mas não tem a energia que gostava de ter! No final do mês, já com o Marte em Caranguejo, vai querer estar mais recolhida, em família e sem agitação.

Na terceira semana de abril, Vénus no seu signo e em conjunção ao seu Sol vai reforçar alguns traços da sua expressão no mundo: a necessidade de ter segurança nos seus próprios valores, a sua relação com os seus recursos materiais e os seus talentos. Esta conjunção pode, por isso, deixá-la mais introspetiva em relação ao que necessita nesta volta ao sol. Já de 2 a 23 de abril, o Mercúrio em Touro e o Sol em Touro em conjunção ao seu Sol vai reforçar esta tendência de muito foco interno e naquilo que precisa para si.

2º decanato -  se nasceu entre 1 e 10 de maio

Leia também

Está numa altura de reflexão quanto a novos inícios. No final do mês com a conjunção de Mercúrio e Vénus ao seu Sol, de 25 a 27 de abril, será altura de colocar tudo em marcha. Com a sua capacidade produtiva e a influência destes dois planetas em Touro tem possibilidades de grande alcance. Cuidado para não ser demasiado inflexível.

De 12 a 15 de abril pode sentir a necessidade de discutir ideias, argumentar ou até mesmo ter vontade de expandir os seus horizontes mentais. É uma boa altura para se encontrar com aquele amigo com quem costuma ter conversas sobre as grandes questões.

Com a influência do Neptuno sobre o seu Sol pode sentir que é altura de sonhar. Neptuno em Peixes pode trazer-lhe uma inspiração há muito não sentida e se a sua área de atividade está ligada a este lado criativo da vida pode sentir-se mesmo inspirada.

A aproximação de Saturno em quadratura ao Sol pode trazer-lhe alguma crise de valores relativa às responsabilidades que está a sentir neste momento no seu trabalho ou família. A crise passa por querer determinar novos valores. Uma nova forma de viver nesta sociedade. Este sentimento de responsabilidade vai tornar-se mais forte em direção ao final do mês. Pode haver medo de avançar para o desconhecido. Pense assim: todos os dias dá um passo pequeno e assim é mais fácil, lá diz o ditado: gota a gota…

Leia também

3º decanato – se nasceu entre 11 e 20 de maio

Mercúrio em Peixes e em sextil ao seu Sol, logo no início do mês, pode dar-lhe inspiração para criar imagens, para escrever ou simplesmente andar mais sonhadora. A energia de Mercúrio, que é uma energia mental, comunicativa, de descoberta do mundo, vai estar mais forte no final do mês, mas sempre presente.

As suas relações podem estar a desafiá-la a abrir os seus horizontes com a influência de Júpiter em Aquário em quadratura ao seu Sol. Amigos podem estar a pressionar-lhe os botões certos e por isso sente-se provocada. É bom sair da sua zona de conforto. Arrisque. Esta influência será mais forte na primeira quinzena do mês.

De 10 a 30 de abril, com Saturno em aspeto ao Sol: poderá haver algo que está a tentar fazer, que sente como sendo especial e que tem mesmo de concretizar. Este mês pode realmente sentir que as coisas estão a acontecer. Se ainda estiver a sentir os efeitos do Plutão trígono Sol, podemos mesmo estar a falar de um sentimento especial em relação ao seu trabalho, a forma como quer ter propósito no mundo. Com Saturno em Aquário pode haver um reconhecimento do seu trabalho. Com o Quíron a fazer uma semi-quadratura ao seu Sol logo no início do mês há mesmo esta vontade de curar o seu sentimento de criatividade no mundo.

Leia também

Gémeos

Gémeos
Gémeos

1º decanato - se nasceu entre 21 e 30 de maio

O mês vai começar com muita vontade de explorar novas ideias e alternativas. Mercúrio em Carneiro, em sextil ao seu Sol, vai acentuar essa tendência geminiana para procurar novas experiências e aprender coisas novas. Pode estar com uma curiosidade ainda maior sobre diferentes temas. Com a influência de Carneiro está disposta a iniciar novos ciclos. O planeta Vénus em Carneiro estará a influenciar o seu Sol de uma forma positiva e irá estimular novas formas de ver as coisas.

Leia também

Neptuno em Peixes a fazer um quintil ao seu Sol pode levá-la a querer fazer as coisas em grande! Deixe-se sonhar e aproveite a inspiração. Pode sentir-se romântica e fazer surpresas a quem mais ama.

Com o Marte em Caranguejo já no final do mês a iniciar um ciclo em relação ao seu Sol, vai dar por si a querer estar mais perto da sua família e a precisar do apoio emocional das pessoas que lhe são próximas nessas suas novas ideias e inspirações.

2º decanato - se nasceu entre 31 e 9 de junho

Com a influência de Vénus em Carneiro está a sentir uma certa impetuosidade no amor, que é bem-vinda. Durante o mês de abril, Vénus estará sempre a deitar "uns brilhos" sobre o seu Sol em Gémeos, até ao dia 14, com essa influência ariana. Depois, com a entrada de Vénus em Touro, pode deixar-se influenciar pela sensualidade taurina. Pode ter bons momentos no amor. 

Leia também

No plano mental há tendência a ter energia, mas cuidado para não chocar de frente com as suas ideias. Mercúrio em Carneiro em sextil ao seu Sol pode fazê-la identificar-se muito com as suas opiniões, lembre-se de escutar o outro e de ser paciente. Estará bastante criativa, principalmente nas duas primeiras semanas.

No final do mês com o Saturno a fazer um trígono ao Sol esperam-se acordos selados: seja no amor, seja na vida profissional. Trata-se de um aspeto poderoso para a sua vida profissional, pode significar maior visibilidade no mundo.

3ª decanato - se nasceu entre 10 e 20 de junho

É altura de colher os frutos do seu trabalho. O trígono de Júpiter ao Sol está a fazer expandir o seu propósito na sociedade. O Sol pode também estar ligado às suas relações de amor e amizade e este Júpiter pode trazer-lhe assim um sentimento de harmonia junto dos seus. Aquário pode por vezes trazer a inovação e o progresso: será que está a pôr em prática as suas novas ideias para ser mais amiga do ambiente?

A influência do Úrano em semiquadratura ao seu Sol pode estar a fazer com que se queira libertar do passado e queira começar um novo ciclo, com Úrano em Touro pode mesma estar a pensar em tornar a sua casa mais ecológica.

Com Vénus em Carneiro em sextil ao seu Sol e o regente em conjunção ao seu Sol, parece que o seu início do mês vai ser passado com muita energia! Tenha cuidado com a impulsividade e escute o outro para não o atropelar! Tenha cuidado para não falar demais. Com a influência de Neptuno em quadratura ao Sol pode achar que está a ver tudo com toda a clareza, mas depois aperceber-se que não tinha toda a informação necessária. Se tiver de ter conversas mais sérias com alguém, espere pela entrada de Vénus e Mercúrio em Touro na segunda quinzena do mês. Nos últimos 10 dias do mês o Quíron em trânsito vai estar a fazer um quintil ao seu Sol, poderá ser uma boa altura para fazer rotinas de saúde e tratar de si.

Caranguejo

Caranguejo
Caranguejo

1º decanato - se nasceu entre 21 e 30 de junho

O mês pode começar com alguns bloqueios na comunicação: aquilo que é importante para si pode não ser importante para o outro. Tente arranjar um meio termo. Com a influência de Mercúrio em Carneiro logo no início do mês cuidado com a impulsividade. A partir de 14 de abril as comunicações estarão a fluir melhor assim como os seus processos mentais. Essa boa influência durará até praticamente ao final do mês.

Vénus estará em aspetos positivos ao seu Sol praticamente todo o mês trazendo alguma vontade de ter prazer na vida. Aproveite, está claro, sem exageros. Às vezes o prazer engorda, e com as influências de Vénus, o doce e o salgado apetecem! A influência será mais forte quando Vénus entrar em Touro e fizer um sextil ao seu Sol de 16 a 17 de abril.

Marte em conjunção ao seu Sol de 26 a 29 de abril pode torná-la extremamente emotiva e com alguma reatividade. É uma energia de alguma intimidade, boa para estar com pessoas com quem pode mesmo estar sem defesas.

Surpresas originais no final do mês com o Úrano séptil ao Sol - pode ousar a fazer algo bem diferente. O que será?

2º decanato – se nasceu entre 1 e 10 de julho

É altura de perceber as limitações pessoais em relação à sociedade, trabalho, família e a forma como essas limitações estão a impactar o seu mundo emocional e sensação de segurança. O que é que pode e não pode ser bom para si, e como relacionar essa identidade com uma função social. Há um sentimento de humildade e de sacrifício que sente que tem de ser feito de forma a ultrapassar essas limitações.

A partir de 18 de abril pode conseguir alcançar bons resultados no seu trabalho, mas é provável que sinta que lhe sai dos poros e emocionalmente pode sentir-se esgotada. Com o Nódo Norte em sextil ao Sol pode estar a iniciar um novo processo emocional relacionado com a forma como vai pôr em prática aquela que é a sua filosofia de vida. São ainda passos de bebé, mas já está a caminho. Transforme-os em palavras, ajuda. Mesmo no final do mês o Úrano em sextil ao seu Sol vai dar-lhe gás para encontrar esses recursos internos que procura para se libertar. O Quíron em quadratura ao seu Sol mostra-lhe o quanto às vezes lhe custa ter a segurança emocional para confiar no seu instinto: é tempo de curar.

Mesmo no início do mês pode sentir-se mais sensível mentalmente e com vontade de ter conversas com alguma profundidade. Algumas dessas conversas podem-se provar mesmo importantes. O planeta Vénus em aspeto harmonioso ao Sol na segunda quinzena do mês de abril trar-lhe-á oportunidades de partilha, criatividade e divertimento. Mercúrio junta-se ao planeta Vénus no final de abril e vai ter oportunidade de descansar.

3º decanato – se nasceu entre 11 e 21 de julho

Pode estar a sentir que as suas capacidades neste mundo digital estão a ser postas à prova. Há um sentimento de ajustamento à realidade social que está mesmo a puxar por si e pelos seus limites. De 9 a 10 de abril as suas ideias podem ser inspiradas, ande sempre com papel e caneta. Neste mês, o Neptuno está a fazer um trígono ao seu Sol ampliando as suas potencialidades e dando-lhe uma capacidade de lidar com o que vai surgindo um pouco acima da média.

A partir de 17 de abril, Úrano, Mercúrio e Vénus vão fazer um quintil ao seu Sol dando-lhe sorte e audácia para fazer frente aos desafios. O final do mês pode trazer algum colorido à vida pessoal e pode querer tratar de si de alguma maneira especial: fazer uma terapia, uma massagem, fazer algo mais alternativo. Até porque merece! 

Leão

Leão
Leão

1º decanato - se nasceu entre 22 e 31 de julho

Abril vai começar com vontade de se empenhar em novas experiências e ao longo do mês essa vai ser a intenção: pôr em prática os seus novos projetos, as suas novas ideias. Logo no início do mês Mercúrio em Carneiro vai fazer um trígono ao seu Sol e dar-lhe a chama que precisa. Pode, no entanto, na terceira quinzena do mês sentir alguma faísca nas suas relações (por causa da quadratura de Vénus e do Mercúrio ao Sol). Essa faísca pode ser boa se for bem aproveitada. Atenção que a partir de 21 de abril boas oportunidades podem aparecer, mesmo no meio da rotina habitual: por exemplo um esclarecimento sobre si própria de que estava mesmo a precisar. Os últimos três dias do mês vão dar espaço a bons momentos de diversão.

No começo de abril há desejos que começam a ganhar forma. A energia de Gémeos está a levá-la a novos inícios e com a influência do Nódo Norte em Gémeos há um forte desejo emocional de que algo especial aconteça a partir dessas novas ideias e desejos. O Mercúrio em Carneiro em trígono ao seu Sol na 1ª semana do mês dá-lhe a frescura mental de que precisa assim como a energia. De 20 a 28 de abril já com o Mercúrio em Touro as ideias terão tendência a ser mais planificadas, mas cuidado com a energia fixa não só de Touro como de Leão: não seja inflexível. A partir de 21 de abril e até ao final do mês esta integração do bem comum nas suas ideias pode levá-la a conseguir de facto algo bem especial.

Na vida afetiva, com a influência de Vénus em Carneiro pode ter este sentimento de início e de instinto em algumas relações que parecem prometer. Na segunda quinzena com Vénus em Touro em quadratura ao seu Sol a vida em família pode estar enfatizada assim como a relação com os filhos. No final do mês, Vénus e Mercúrio em conjunção em aspeto ao seu Sol trazem harmonia, expressão e criatividade nos relacionamentos em geral.

2º decanato - se nasceu entre 1 e 11 de agosto

Pode sentir que está a brilhar, que tem um magnetismo especial e que realmente todos lhe apreciam as suas qualidades, qual leoa a passear na savana. A razão: Vénus em Carneiro em trígono ao seu Sol está a acentuar-lhe esse sentimento de destino especial. Na última semana do mês pode sentir uma quebra na autoconfiança talvez as suas relações sejam afetadas por questões externas ou familiares: com Vénus e Mercúrio quadratura ao Sol é mais tempo de escutar do que insistir nas suas ideias não deixando, no entanto, de transmitir o que é importante para si.

A melhor altura para comunicar neste mês será na segunda semana de abril com a influência do mercúrio em trígono ao Sol e Marte em Gémeos. Mesmo nos últimos dias do mês pode sentir uma avalanche de responsabilidades que se podem acumular devido à influência de Saturno e com o Neptuno em Peixes a fazer um biquintil ao seu Sol. Vai poder apurar as suas capacidades, perceber quais são os seus fortes e aquilo em que vale a pena investir. Os seus talentos podem tornar-se mais claros.

3º decanato - se nasceu entre 12 e 22 de agosto

Algumas pessoas deste decanato continuam com a influência do Plutão em Capricórnio a fazer uma inconjunção ao seu Sol: um sentimento de que têm que readaptar o seu propósito no mundo e nas suas relações pessoais. Este mês o Quíron em Carneiro estará a fazer uma sesquiquadratura ao seu Sol providenciando uma vontade forte de curar este sentimento de procura de algo especial em si na interação com o mundo. Apesar de no início do mês sentir alguma confusão mental devido à influência de Peixes, com a entrada de Mercúrio em Carneiro sentirá  um maior sentido de direção e na verdade este mês poderá revelar-se surpreendente.

Na segunda semana de abril o amor pode sorrir com manifestações de afeto que podem ser significativas com a influência de Júpiter em oposição ao seu Sol e do Neptuno em Peixes, apimentado pelo Vénus em trígono ao Sol. Não será apenas o pólen no ar, parece que o amor também paira! Não estando numa relação estes trânsitos podem expressar-se noutro tipo de afetos e relações e até mesmo no seu sentido de vitalidade e alegria. Afinal na segunda quinzena, Marte em sextil ao Sol vem juntar-se a esta corrente de vitalidade. A 17 de abril Mercúrio em trígono ao Sol vem trazer uma satisfação mental que pode ser aproveitada de forma muito criativa ao nível profissional.

Virgem

Virgem
Virgem

1º decanato - se nasceu entre 23 de agosto e 1 de setembro

Este poderá ser um mês muito orientado para a verificação das suas capacidades no mundo. Nas primeiras duas semanas é possível que sinta que estará mais num sentimento de esforço para conseguir que as coisas funcionem a nível profissional e pessoal. Na primeira semana poderá sentir-se um pouco aquém com a sesquiquadratura de Vénus ao seu Sol, aquela sombra da perfeição pode pairar sobre a sua cabeça. Utilize a sua mente analítica para perceber como pode tirar o melhor partido das suas qualidades em relação ao que lhe é pedido.

A segunda quinzena do mês será a mais adequada a passar tempo com as pessoas que lhe são próximas, Vénus e Mercúrio estarão em trígono ao seu Sol e a partir de 27 de abril o Marte fará um sextil ao Sol. Estes últimos dias do mês podem mesmo trazer o desejo de intimidade e proteção emocional.

2º decanato - se nasceu entre 2 e 11 de setembro

No começo do mês as nuvens por cima da sua cabeça podem estar um pouco carregadas, pode sentir necessidade de analisar mais as coisas, um sentimento de culpa e de imperfeição. Esses sentimentos estão provavelmente a mostrar-lhe que precisa de um tempo para a sua autocura e assim o mostra o Quíron em apeto ao seu Sol: o arquétipo de Carneiro convida-o a seguir mais o seu instinto e não exagerar na racionalização, que a leva por vezes ao congelamento.

A tendência é que o ambiente vá ficando mais leve e na última semana os astros limpam o céu e têm excelentes trânsitos para se entregar à beleza da sua casa, da natureza, das suas relações. Nos últimos dias do mês, Marte em Caranguejo em quintil ao seu Sol convida-a a partilhar do seu espaço com os que ama num ambiente criativo e de boa disposição. Bons momentos para a intimidade são de se esperar.

3º decanato - se nasceu entre 12 e 22 de setembro

Este é um mês em que parece estar a fazer contas à vida: vai ou fica, quer ou não quer, gosta ou não gosta. Pode dar uns passinhos à frente e uns passinhos atrás. É claro que esta indecisão pode estar a interferir com os seus sentimentos de autoestima. Que valores seguir? Em que acreditar? Podem ser perguntas em cima da mesa para uma Virgem quando o Júpiter faz uma inconjunção ao Sol. Situações que lhe podem recordar episódios do passado parecem estar a repetir-se e não quer nada que se repitam, ou quer? Na última semana do mês esta questão relativa aos seus valores e aos conselhos a seguir estará mais clara, também com a ajuda do Mercúrio em Touro em trígono ao seu Sol.

No amor parece ser tempo de análise e nas finanças tempo de poupança e de encontrar novos recursos: como ganhar mais dinheiro? Pode querer criar uma nova fonte de rendimento devido à influência de Úrano em Touro no seu Sol.

Na segunda semana de abril Marte em Gémeos em quadratura ao Sol pode estar a deixar a sua mente em papas. Cuidado com conflitos por coisas menores ou apenas por ansiedade. Se for preciso gaste energia em exercício físico, pois pode sentir que há energia mental a mais.

Balança

Balança
Balança Foto: Bastian

1º decanato - se nasceu entre 23 de setembro e 1 de outubro

Numa perspetiva geral deste mês, com Úrano e Júpiter em biquintil ao seu Sol, será um momento para refletir na criatividade do uso dos seus talentos e na forma como eles são ou não valorizados atualmente. Também pode pesar o fator inovação na utilização dos seus recursos no meio profissional.

De 5 a 6 de abril, com o Mercúrio em oposição ao Sol, a comunicação com os outros estará enfatizada, como conseguir o equilíbrio entre escutar e falar e como dar igual importância ao que o outro expressa serão pontos a ser realçados na sua experiência. Com a influência de Marte terá bons resultados dessas interações. Com o avançar do mês, a tendência é ir ficando mais recolhida com os seus pensamentos, não tão disposta à partilha das suas ideias, mas talvez mais reflexiva.

Na sua vida afetiva poderá estar também mais recolhida, mais analítica e com alguma tendência a reparar nas pequenas coisas. Lembre-se de ser construtiva.

2º decanato – se nasceu entre 2 e 11 de outubro

Tem estado com um sentimento de destino especial, emocionalmente sente que as suas ideias têm futuro e até alguma genialidade. Este é um mês em que muito se pode concretizar, por isso é tempo de arregaçar as mangas. Os astros vão ajudar, com Saturno trígono ao Sol a partir de dia 12. Há realmente concretização à vista no caminho das ideias que tem vindo a cozinhar.

O Júpiter em sesquiquadratura ao Sol indica que essas ideias vão precisar de ser ajustadas à sua realidade e que isso levará a um ajustamento necessário. Em termos amorosos pode estar mais introspetiva, os trânsitos são de maior análise. Mesmo em termos mentais este será um mês de reflexão, de pesos e contrapesos.

3º decanato – se nasceu entre 12 e 22 de outubro

Abril reserva-lhe momentos de sucesso profissional e também no amor. A 5 de abril, Júpiter estende-se ao seu Sol, oferecendo-lhe a possibilidade de sucesso no seu serviço à sociedade. Juntamente com Vénus em oposição ao seu Sol, pode sentir que o seu sucesso é partilhado por aqueles de quem gosta. No final da primeira quinzena, Marte em trígono ao Sol dár-lhe-á energia, vitalidade e muita capacidade comunicativa que pode originar convívios bem alegres.

Em termos mentais no final do mês pode sentir algum cansaço. Ressalva apenas para a saúde: com Neptuno em aspeto de bloqueio ao Sol recomenda-se cuidados acrescidos, pois o organismo pode estar mais sensível. Com Neptuno, especial atenção ao sistema imunitário.

Escorpião

Escorpião
Escorpião Foto: Bastian

1º decanato - se nasceu entre 23 de outubro e 1 de novembro

O mês pode começar com uma sensação de que tem demasiado para fazer e para cuidar, e as duas primeiras semanas podem ser passadas com esse sentimento de ajustamento constante. A nivel mental pode estar muito introspetiva e isso pode dar azo a uma tendência para se autoanalisar de forma profunda. Faça-se acompanhar de um bloco e depois partilhe com a sua amiga de coração.

A segunda quinzena trará mais paz de alma e a sensação de que os que ama estão lá para si. Estas duas últimas semanas vão ser de convívio e partilha e nos últimos dias do mês, com Marte em trígono ao seu Sol, o aconchego da sua casa vai ser uma roda-viva de boa disposição. Nas questões de saúde aproveite a primavera para fazer uma dieta de desintoxicação do organismo.  

2º decanato - se nasceu entre 2 e 11 de novembro

Plutão em quintil ao seu Sol tem trazido inúmeras oportunidades de transformação criativa a este decanato. Escorpião é a metamorfose. E com Plutão em aspeto ao seu Sol é metamorfose que se espera. Com Júpiter biseptil ao seu Sol esperam-se oportunidades especiais para este decanato a partir da segunda quinzena, algo que não está à espera. Pode não se sentir muito expressiva em termos afetivos no início do mês, a abertura ao mundo vai acontecer na última semana do mês, e aí a vontade será de convívio e gargalhadas. Em termos mentais estará com tendência ao pormenor e à análise e mesmo a influência de Marte será no sentido de trabalhar e por as mãos à obra. Sente que é tempo de ação, contida, mas eficaz. Mesmo no final do mês o planeta Saturno em Aquário a fazer quadratura ao seu Sol vai levá-la a fazer mudanças na sua estrutura, adaptando-se às necessidades de libertação do passado, o que pode representar um sentimento de responsabilidade acrescida.

3º decanato - se nasceu entre 12 e 21 de novembro

Com Júpiter em quadratura ao Sol a influenciar este seu mês de abril, parece que há novos valores a quererem tomar forma. São valores aquarianos ligados ao progresso, à sua libertação, à cura de medos antigos e quem sabe ao adotar de novas atitudes relativas ao meio-ambiente. Lembre-se que quando estamos a mudar algo há muita experiência e erro, por isso permita-se a errar. O erro leva ao coração.

Mentalmente pode sentir-se mais virada para dentro. Sentir que precisa de tempo para refletir e analisar, as análises escorpiónicas podem ser intensas por isso fazer exercício físico para desbloquear pode ser uma ideia. Gerar energia pode ser difícil para si este mês pois está de facto introspetiva, mesmo os aspetos de Marte ao seu Sol são de alguma contenção. Se calhar merece a pena gerar energia através do autocuidado, pode ser um bom mês para receber uma massagem, para um retiro de yoga ou meditação, mesmo que online.

Sagitário

Sagitário
Sagitário

1º decanato - se nasceu entre 22 de novembro e 1 de dezembro

Com o Plutão em séptil ao Sol e o Úrano em triséptil ao Sol há uma sensação de destino especial neste momento em relação aos valores que quer que orientem a sua vida material e profissional. Pode sentir que tem de escolher entre dois caminhos e se na primeira semana se sente mentalmente ativa e com energia, nas outras três semanas vai-se sentir mais recolhida, a tentar perceber como é que este seu caminho se vai desenvolver nos próximos tempos.

Não estará propriamente expressiva nas relações afetivas e mesmo fisicamente poderá sentir-se com menos energia, principalmente na última semana de abril. Está a viver um momento decisivo para o seu futuro próximo, por isso faça essa reflexão.

2º decanato - se nasceu entre 2 e 11 de dezembro

Pode haver um sentimento de compromisso nos seus relacionamentos e vontade de trabalhar esses compromissos. Vénus em Carneiro dá mais fogo ao Sagitário e pode sentir-se inspirada a acreditar no amor e na amizade, a influência do Júpiter em Aquário em quintil ao seu Sol dará criatividade à forma como se relaciona. Uma influência positiva na segunda quinzena do mês.

Pode ser um mês de grande vitalidade mental, o que significa que terá criatividade acrescida, sobretudo até ao dia 20. No entanto, a sua mente continuará cheia de ideias até terminar abril.  O Úrano a fazer biquintil ao seu Sol pode estar a trazer-lhe uma vontade imensa de conciliar a rotina com valores novos. Um equilíbrio difícil de alcançar. O truque é experimentar.

3º decanato - se nasceu entre 12 e 21 de dezembro

Este pode ser um mês que não vai esquecer. Há aqueles momentos em a vida sorri e para este decanato este pode ser um desses! O Júpiter em Aquário em sextil ao seu Sol vai dar-lhe uma sensação de ter pessoas alinhadas consigo na sua vida, nos seus valores e filosofias e, com o Vénus trígono ao Sol, no final da primeira quinzena os afetos correm-lhe bem. Se existirem amores de primavera no ar, Marte em oposição Sol na segunda quinzena de abril pode trazer-lhe relações de alta voltagem! Mas nem tudo gira em torno do amor e estes aspetos podem também trazer visibilidade às suas ideias e valores no mundo profissional ou a hipótese de fazer uma viagem que muito lhe apraz. Com Marte em Gémeos em oposição ao seu Sol pode haver discussões sobre o que é ou não a verdade, não se agarre à sua verdade, seja flexível. Com Úrano a fazer uma sesquiquadratura o Sol pode estar a querer encaixar-se neste mundo mais digital e na verdade ter vontade de estar antes no mundo mais real. Trabalhe na adaptação e mais tarde este será mais um dos seus trunfos.

Capricórnio

1º decanato - se nasceu entre 22 e 31 de dezembro

Na segunda quinzena do mês, Vénus em Touro fará um trígono ao Sol em Capricórnio, o que pode significar que em termos materiais poderá ter boas notícias. Também no que diz respeito às relações amorosas pode haver flores e bombons, morangos e champanhe nesta mistura de Touro com Capricórnio. Em termos mentais e de comunicação haverá boa energia ao longo do mês. Na primeira semana poderá sentir a sua autoridade desafiada de alguma maneira, mas quando Mercúrio entrar em Touro, estará mais no seu elemento. Marte em Caranguejo mesmo no final do mês poderá convidá-la a aceder mais à sua vulnerabilidade. Júpiter e Saturno vão ajudá-la no início de novos projetos. Um bom mês para si, a sorte parece estar do seu lado.

2º decanato - se nasceu entre 1 e 10 de janeiro

Vénus em Carneiro mesmo no início do mês está a criar alguma crise na sua ação no mundo: imprevistos, alguns financeiros, outros nas relações, podem estar a obrigá-la a mudar os seus planos. Na segunda semana, Mercúrio em Carneiro vai acender em si a energia para lidar com possíveis contratempos. Capricórnio pode ter por vezes a tendência a suprimir a sua parte mais instintiva, estas duas primeiras semanas podem ser um momento para trabalhar o seguir o seu instinto.

Júpiter e Saturno em Aquário em aspetos positivos ao seu Sol estão a ajudá-la a iluminar o caminho para o sucesso e as duas últimas semanas do mês serão auspiciosas para negócios e relações afetivas. Os desafios tecnológicos que têm influenciado a sua vida profissional têm sido contornados e quem sabe até tenham frutos positivos. A destacar o trígono de Vénus e Mercúrio em Touro na última semana do mês a trazerem-lhe um sentimento de prosperidade.

3º decanato - se nasceu entre 11 e 20 de janeiro

Pode sentir-se motivada a ter uma ação no mundo, deixar a sua marca, sente que nestes tempos desafiantes se está a conseguir diferenciar e há um receio de perder tudo o que conquistou e voltar atrás. Úrano em touro está a levá-la a caminhar pela originalidade dos seus talentos, pelas tecnologias e com otimismo para mudar o mundo.

Com o Nódo Norte a fazer uma sesquiquadratrura o seu Sol sente que há ainda muito a conquistar e a aprender para alcançar as suas metas. Bem, o Capricórnio sobe as montanhas com força e fé, inspire-se. Nas duas primeiras semanas o planeta Júpiter em semi-sextil ao seu Sol está a dar-lhe essa fé necessária. O Marte em Caranguejo nas duas últimas semanas pode trazer-lhe alguma sensibilidade e confusão e sentir que questões familiares a podem bloquear de alguma maneira. Perante os bloqueios há que ter perseverança para contorná-los e por vezes esperar com resiliência é a alternativa.

Aquário

Aquário
Aquário Foto: Bastian

1º decanato - se nasceu entre 21 e 30 de janeiro

Qual o caminho a seguir, aquariana? Pode haver essa dificuldade em dar os primeiros passos de uma nova vida e deixar o passado. Alguma confusão pode criar a sensação de querer dar um passo em frente, ou um passo atrás. Este será um mês de potencial questionamento interno e também de algum conflito. Na terceira semana do mês, com Vénus e Mercúrio em quadratura ao Sol, pode sentir que não tem os recursos financeiros de que gostaria. Mentalmente poderá ser um mês de muito tráfego e isso será também visível na sua energia física, que tenderá a estar mais em baixo. Esta energia mais mental e interna pode, às vezes, levá-la a sentimentos de baixa autoestima.

Uma boa caminhada com alguém que gosta pode fazer maravilhas, prefira isso à caixa de bombons. Nos últimos dias do mês os raios de luz vão entrar pela janela e trazer uma nova paisagem.           

2º decanato - se nasceu entre 31 de janeiro e 9 de fevereiro

Há a vontade de trazer esse espírito de iniciativa à superfície. Aprender a tirar as ideias do papel para a realidade e a ter a coragem de afirmar a sua individualidade no mundo, estar sozinha no meio do grupo. Essa pode ser a aprendizagem este mês, aquariana! E na verdade Marte, primeiro em Gémeos e a fazer um trígono ao Sol, vai trazer o entusiasmo em relação às ideias e a energia para as levar a cabo. Nos últimos dez dias do mês, Marte em Caranguejo pode desacelerar essa energia, a necessidade de se sentir segura pode refrear o entusiasmo.

A questão financeira na última semana do mês pode ser uma das razões que a faz colocar o pé no travão e a tornar-se mais estratega, a pensar melhor em tudo. Para as relações de amor e amizade as duas primeiras semanas do mês parecem ser as mais propícias. 

3º decanato - se nasceu entre 10 e 19 de fevereiro

Pode sentir que está a finalizar um ciclo e que está a colher os frutos de um longo caminho. Este mês pode querer celebrar novos achados. É que no final de um ciclo, começa-se a preparar outro e os ventos de mudança estão no ar. Pode haver boas novidades nas suas relações pessoais, com Júpiter e Úrano em aspeto positivo ao Sol, Vénus também estará bem colocado, a sua vibração aquariana está a atrair aqueles que têm a mesma onda.

Com Marte em Gémeos a fazer um trígono ao Sol na terceira semana do mês, pode ter a sensação de que "ninguém me para!". Pode ser para si uma fase de libertação, não se importe em ser a pessoa que choca. Aproveite, e já agora: contagie quem está à sua volta! A irreverência é o seu charme.

Peixes

Peixes
Peixes Foto: Bastian

1º decanato - se nasceu entre 20 e 29 de fevereiro

Parece que já anda a sonhar acordada com um futuro diferente. Ainda não sabe bem o quê, mas já o pressente. Este pode ser um mês para sonhar, imaginar, estar mais virada para o interior e refletir sobre qual será a direção da vida depois de terminar este ciclo. As relações estão a ser pontuadas por harmonia ao longo do mês e a sua energia pode ser usada de forma criativa, se não se deixar levar pela preguiça.

No final do mês vai ser quando a sua imaginação criativa estará mais ativa. Para aqueles que se dedicam à espiritualidade, este pode ser um mês com fortes intuições. Sendo este energia muito interna, as comunicações com os outros podem-se tornar um pouco incompletas e pouco claras. Para o Peixes é sempre bom por as águas a mover. Uma caminhada a ver o por do sol não requer tanta conversa, pode ser uma boa ideia de partilha de momentos em silêncio. Um mês para partilhar momentos com menos palavras.

2º decanato - se nasceu entre 1 e 10 de março

Com Saturno a chegar ao final de um ciclo em relação ao seu Sol pode estar na meta final de um projeto, de uma entrega, a tratar de todo os pormenores e, como Peixes, a sentir que falta tudo e mais alguma coisa. O aspeto de Saturno ao Sol é positivo, denota responsabilidade e que as coisas estão de facto bem encaminhado. Depois do mês do seu aniversário há calma no ar. Depois da excitação, Vénus e Mercúrio têm aspetos harmoniosos ao Sol, havendo espaço e silêncio para terminar os tais assuntos pendentes.

A terceira semana do mês, com Marte em Caranguejo, pode ser determinante para questões emocionais, a possibilidade de trazer clareza às suas relações familiares e próximas. Nessa semana será bom trabalhar técnicas como a meditação, o yoga ou até mesmo trabalho com sonhos ou psicanálise. Sol em Peixes e Marte em Caranguejo têm o elemento Água em comum, e Água é intuição. Finalmente, nas suas relações, trabalhe os limites.

3º decanato - se nasceu entre 11 e 20 de março

Vai começar o mês com a mente aguçada, ainda com Mercúrio em Peixes e em conjunção ao seu Sol. Pode confiar na sua intuição. No final do mês, o sextil trará a imaginação que precisa para criar.

O Júpiter em semi-sextil ao seu Sol está a dar-lhe o reconhecimento que precisa pela sua capacidade de guiar os outros quando é necessário. Com o Úrano em semiquadratura ao Sol, a sensação de não ter os recursos necessários para o que gostaria leva-a a "fazer omeletes com menos ovos" do que gostaria. Use os recursos que tem disponíveis e, quem sabe, outros recursos surgirão ao longo do caminho que agora começa..

No final da segunda quinzena, Marte ainda em Gémeos fará uma quadratura ao seu Sol, o que significa muitas ideias e pouca clareza. Isto pode levá-la a algum desacordo sobre o que é verdade ou não, sobre o que é certo ou errado.

Saiba mais Horóscopo, Signos, Abril, Previsões, Andrea Pereira, Abril 2021, Signos, Carneiro, Aquário, Peixes, Capricórnio, Caranguejo, Aquário, Touro, Balança, Sagitário, Virgem, Leão, Escorpião
Mais Lidas