Atual

Horóscopo junho: todas as previsões para o seu signo

Amor, trabalho, saúde ou família. Num mês que promete ser uma montanha russa de emoções e acontecimentos, saiba tudo o que o seu signo do Zodíaco lhe reserva.

A carregar o vídeo ...
28 de maio de 2021 | Andrea Pereira

Quais são as adversidades que pode encontrar ao longo do mês de maio? E as potencialidades de crescimento pessoal e profissional? Andrea Pereira, praticante de astrologia evolutiva, faz um relato signo a signo e consoante o dia em que nasceu. Conheça alguns dos termos da astrologia no glossário, aqui.

Sol em Carneiro

Carneiro
Carneiro Foto: Bastian

1º decanato - 21 a 31 de março

Com o Saturno retrógado em Aquário em aspeto ao Sol é altura de rever algumas das ações e iniciativas que teve no passado recente e melhorá-las. Depois de um primeiro ciclo em que deu forma a uma ideia (no trabalho ou no amor), já teve oportunidade de perceber o que correu bem e menos bem. Agora pode repetir o processo de forma mais eficaz.

Leia também

Na 2ª semana de junho com Vénus em Caranguejo, em quadratura ao Sol em Carneiro, pode haver muita sensibilidade no ar e a sua afirmação no mundo é por hábito muito instintiva o que pode, às vezes, ferir suscetibilidades. Não leve a peito as reações, explique apenas as suas intenções.

Na última semana do mês com Marte em Leão trígono ao Sol ninguém a consegue parar. Podem surgir boas oportunidades na vida a dois. Aproveite esta semana para fazer o que tem a fazer pois vai sentir-se especialmente bem.

2º decanato - 01 a 10 de abril

Júpiter em Peixes em aspeto ao Sol em Carneiro cria uma energia de entusiasmo que está a obrigá-la a sair do sofá e a correr riscos, parece que é tempo de sonhar! Siga o instinto. Na segunda semana, eventos que não pode bem controlar podem colocá-la em situações imprevisíveis. Sem saber, estará no sítio certo, à hora certa, confie no destino.

Leia também

Na terceira semana Vénus em Caranguejo fará uma quadratura ao Sol: pode querer libertar-se de algumas questões emocionais, seja no trabalho, seja na família, questões que sente que limitam a sua necessidade de independência. Saiba afirmar o seu espaço sem magoar os outros.

No final do mês, o Mercúrio retrógado em Gémeos fará um sextil ao seu Sol. Terá de equilibrar instinto, intuição e capacidade de atenção: reveja, verifique, repense, pergunte outra vez a, certifique-se.

3º decanato - 11 a 20 de abril

Com a quantidade de aspetos que tem ao seu Sol parece que está a viver uma fase determinante para a sua alma. O Plutão continua a desafiá-la a encontrar a direção que quer dar à sua vida profissional e à sua vida amorosa. As energias de Júpiter e de Saturno estão a injetá-la de otimismo e capacidade de concretização criativa. Na primeira semana do mês, o Marte em Caranguejo pode deixá-la com mais receios. Tem medo de arriscar? Assuma os seus medos, aproveite a energia do Mercúrio sextil Sol e diga o que tem a dizer.

Leia também

Poderá estar à beira de se apaixonar com intensidade. Na terceira semana do mês, com Vénus em Caranguejo em quadratura ao Sol, terá muita vontade de viver uma relação amorosa. A influência do Saturno em aspeto ao seu Sol pode significar um compromisso mais sério, seja numa nova relação ou numa relação que já existe. Vai passar por momentos fortes emocionalmente. Cuidado com a impulsividade.

Sol em Touro

Touro
Touro Foto: Bastian

1º decanato - 21 a 30 de abril

Leia também

Na segunda semana de junho, Vénus em Caranguejo fará um sextil ao seu Sol. Poderá sentir-se inspirada a fazer uma mudança do seu visual, mudar a decoração da sua casa ou simplesmente a cozinhar algo especial e diferente. Aproveite esta energia para trazer rasgos de beleza ao seu dia-a-dia.

Na terceira semana do mês, com Mercúrio retrógado em aspeto de tensão ao Sol, pode sentir dificuldade em expressar as suas ideias. Procure exemplos de como melhor comunicar o que precisa fora do seu contexto habitual.

Na semana de 20 de junho, com Marte em Leão e quadratura Sol em Touro, pode ter vontade de ser altamente criativa, mas ter tendência em insistir muito nos seus desejos sem perceber que pode chocar com os desejos de outras pessoas. Seja flexível e aprenda a respirar fundo. Em termos físicos e sexuais espere a mesma força e será aconselhável escoar esta energia de alguma maneira!

2º decanato - 01 a 10 de maio

Este é mês em que se vai sentir extremamente criativa e, com o Úrano conjunção Sol, pode ter grandes intuições e capacidade de libertação na sua vida. Com o Saturno quadratura Úrano a influenciar o seu Sol terá de usar da sua inventividade para se adaptar às circunstâncias atuais. Um teste à sua resiliência e capacidade de adaptação. É tempo de usar o espírito criativo e não baixar os braços. Depois desta fase pode sentir que mudou de pele.

Na segunda semana do mês, com o Marte em Caranguejo em quintil ao seu Sol, questões familiare podem ser o motor de grandes reviravoltas e decisões. Mudanças para melhor podem estar no horizonte depois de algumas reflexões. Os últimos dez dias do mês serão dados a conversas que podem trazer um sentido de cura ao seu mundo emocional. Estão beneficiadas as relações de amizade com a influência do Vénus ao Sol.

3º decanato – 11 a 20 de maio

Marte em Caranguejo em sextil ao Sol pode trazer, na primeira semana do mês, uma enorme vontade de estar em ambiente familiar e de amigos. Esse suporte emocional dá-lhe o conforto e segurança que precisa no momento.

Com Saturno em aspeto positivo ao Sol, as transformações sociais atuais estão a atrair para a sua vida situações que lhe podem ser favoráveis e colocá-la no lugar certo à hora certa. O Plutão retrógado volta a estar em trígono mais exato ao Sol e fá-la sentir-se especial no que diz respeito ao amor e ao trabalho.

Marte em Leão em quintil ao Sol a partir da terceira semana do mês vai trazer-lhe um sentimento renovado de vitalidade. Aproveite porque estará com energia e alegria para dar e vender. Bons momentos no amor podem acontecer.

Gémeos

Gémeos
Gémeos

1º decanato - 21 a 30 de maio

Com o Neptuno em Peixes em aspeto ao Sol, lembranças do passado podem trazer ideias para o presente. Alguma inspiração ou uma faísca de alguma coisa nova a concretizar. Pode estar prestes a nascer uma novidade na sua vida. Em termos profissionais essas ideias podem mesmo trazer muito sucesso.

Na segunda semana do mês o Quíron faz um séptil ao Sol o que pode significar que a sua capacidade de iniciativa pode ser reconhecida, havendo um sentimento de cura desse seu lado instintivo: confie na sua intuição.

No início da segunda quinzena de junho o sextil de Marte em Leão traz bons ventos para as relações amorosas e vontade de celebrar. O aspeto positivo vai ser depois reforçado com Vénus em Leão mais perto do final do mês.

2º decanato - 31 a 9 de junho

É possível que esteja com a confiança em alta. Em parte, por ser o mês do seu aniversário, o que lhe dá um certo estímulo energético, mas não haja dúvida de que os astros estão a dar uma ajuda! O Úrano está a fazê-la dar passos audazes na sua vida pessoal e profissional.

O Saturno em trígono ao Sol está a levá-la a assumir responsabilidades em tempos de crise. As suas capacidades e autoridade parecem inspirar confiança nas pessoas à sua volta. O Júpiter está a soprar ventos de criatividade, se calhar está a acordar com ideias a meio da noite! Se alguém algum dia lhe deu a entender que não conseguia fazer aquilo a que se propunha se calhar neste mês pode sorrir e olhar de cima do pódio. Em mês de aniversário, o Vénus também vai sorrir: os amigos vão estar demonstrativos nos afetos e é claro que o sentimento de ser especial vai estar no pico.

3ª decanato - 10 a 20 de junho

É o seu aniversário! E o mês começa com o Mercúrio retrógado mesmo em cima do seu Sol. Só lhe apetece estar na esplanada de cocktail na mão e a apanhar Sol. A mente não está virada para os detalhes, mas por vezes tem de ser. Na segunda semana tem mesmo que ter cuidado com algum lapso que possa acontecer em termos comunicativos: repita tudo três vezes, esclareça e verifique.

Com o Neptuno quadratura Sol e a influência de Marte em Caranguejo, pode sentir que na sua família as emoções estão no ar, a sensibilidade ao rubro. Por um lado, afeto e carinho, por outro pode ter vontade de se isolar de alguns lados menos amenos.

Com a influência de Quíron no seu Sol pode estar a sentir vontade de estudar algo novo relacionado com o seu autoconhecimento ou cura. Terapias alternativas podem estar na sua mira. Poderá ter vontade de cuidar de si e da sua saúde.

Caranguejo

Caranguejo
Caranguejo

1º decanato - 21 a 30 de junho

O mês começa com Júpiter e Lua em Peixes em trígono ao seu Sol o que pode indicar romantismo e sensibilidade no ar. Alguém a encanta? Estará a encantar alguém? Vénus em conjunção ao Sol aumentam as probabilidades de sorte no campo afetivo.

Além deste lado mais romântico, há um espírito criativo no ar e talvez camaleónico. Em mês de aniversário, as amizades também se destacam no campo do coração! Com a influência do Úrano pode atravessar uma fase mais desinibida, em que se sente mais capaz de tomar a iniciativa e arriscar mais nas diferentes áreas da vida. A chegada do verão traz-lhe uma certa alegria ao coração. Neste início do mês, com Vénus e Marte em Caranguejo, sente uma harmonia no ar.

No final do mês, Vénus e Marte em Leão promovem-lhe novos desejos para este ano solar que está mesmo a começar. Quando morder a vela, que desejos vai pedir? Aceda ao seu lado criativo e pense no que pode sair de si. Terá boas influências.

2º decanato – 1 a 10 de julho

Com Saturno retrógado em aspeto de tensão ao Sol, o trabalho e as relações mais íntimas podem estar a causar pressão e bloqueio. A ideia é procurar trazer clareza ao que a está a bloquear ou a agarrar por situações de dependência ou segurança emocional. Talvez necessite de se adaptar às circunstâncias através de uma reflexão sobre aquilo que a faz sentir inadequada ou insegura de forma a poder reforçar estes aspetos da sua personalidade e ir ao mundo com uma renovada atitude emocional. O Úrano em Touro está a ajudá-la a expressar melhor as suas necessidades, o que pode promover um equilíbrio na tensão saturniana. Tome conta de si, pois a saúde pode estar comprometida com a tensão a que tem estado sujeita.

O Quíron em quadratura ao Sol está a desafiá-la a curar o seu lado instintivo. Como expressar aquilo que para si é importante, as suas ideias? Como descobrir o rumo para transformar a sua vida? Talvez esta pressão pela qual está a passar tenha esse propósito. A 11 de junho, o Vénus em conjunção ao Sol traz-lhe um momento de maior afetividade para com o mundo e talvez algumas conversas venham trazer aquele cuidado de que necessita.

3º decanato – 11 a 21 de julho

Com Neptuno trígono Sol, a sua vontade é dar mergulhos no mar e aproveitar o verão! O Sol a brilhar está a chamá-la! É altura de celebrar o facto de estar forte e pode mesmo conhecer alguém por quem sentira uma grande atração. A influência de Úrano traz-lhe também energia solar e criatividade.

Em termos profissionais este Neptuno pode trazer-lhe oportunidades ou bastante criatividade. Atreva-se a sonhar, pois, com a energia de Neptuno, pode mesmo conseguir tornar alguns dos seus sonhos realidade.

A segunda quinzena brinda-a com o Vénus em conjunção ao Sol, aumentando a energia vital de partilha e familiaridade com o mundo. Atenção que Vénus em Caranguejo deixa-a mais suscetível, as emoções mudam que nem as marés, por isso aligeire, não leve tudo a peito.

Leão

Leão
Leão

1º decanato - 22 a 31 de julho

Pode sentir que a sua força de Leoa está um pouco inibida. Talvez haja alguma situação que sai da sua zona de conforto e que está a obrigá-la a uma reflexão sobre os seus valores para que se adapte à situação de forma conveniente. Com o Nódo Norte em Gémeos em aspeto ao Sol, pode precisar de fazer uma escolha e daí a reflexão necessária. A confiança no seu instinto está a ser colocada em dúvida. Talvez seja necessário descansar a parte mais racional e seguir a sua intuição.

A 13 de junho, vai sentir Marte em conjunção Sol através de rasgos de energia, força, vitalidade e paixão. Adivinham-se novos inícios e quem sabe uma escolha, uma decisão.

Nos últimos dias do mês, o Vénus em Leão pode fazer o coração bater mais forte. Também pode procurar sentir-se mais bonita e estar centrada em dar o melhor de si a si mesma. Este Vénus pode significar um compromisso que é selado a seu favor. Boa sorte!

2º decanato - 1 a 11 de agosto

Pode sentir que as responsabilidades que estão sobre os seus ombros são demais e ter uma vontade enorme de se libertar. Saturno retrógado está a trazer de volta uma carga e pressão já conhecida e sente que é exagerada. As circunstâncias profissionais e sociais podem ser a influência principal. Trata-se de um momento de ganhar objetividade sobre o que é da sua responsabilidade e até que ponto a sua autoridade é suficiente para o que tem em mãos. Pode delegar? Se calhar deve.

A influência de Úrano já a sentir-se no seu Sol pode estar a trazer uma rebeldia e uma vontade de fugir. Manter o equilíbrio é importante, assim como não ceder à precipitação de conclusões. Ganhe objetividade nas relações que podem apresentar-se desafiantes. Com Úrano é bom fazer yoga, meditação e terapia. Férias também são bem-vindas.

3º decanato - 12 a 22 de agosto

Pode sentir que este é um tempo de decisões na sua carreira, decisões difíceis de tomar, mas com o Úrano biseptil Plutão, esta situação de bloqueio está a fazê-la procurar soluções que vão acabar por lhe ser úteis na redefinição de um novo caminho. Em termos físicos pode sentir-se com pouca energia e talvez seja importante perceber como está de saúde. Isto por causa da influência do Quíron e do Plutão no seu Sol.

Com o Plutão em aspeto de tensão ao Sol, também as relações podem estar em revisão, ou pode sentir-se um pouco mais bloqueada. Logo no início do mês poderá ser uma boa altura para esclarecer algumas questões nas suas relações em geral.

Com Marte e Vénus em Leão, vai sentir-se alinhada com a sua própria energia e carisma. Trate de si. Lembre-se de arranjar espaço para carregar as suas baterias e ser a sua melhor amiga.

Virgem

Virgem
Virgem

1º decanato - 23 de agosto a 01 de setembro

Neste início do mês, se souber conectar-se com o seu mundo emocional, os seus verdadeiros desejos e intenções, e tiver a coragem de seguir esse lado mais emocional pode fazer descobertas importantes sobre os próximos passos a dar em questões familiares e de carreira. Virgem é capaz de grande intuição. Tem que estar atenta.

Com a oposição de Júpiter em Peixes ao seu Sol esta ideia de seguir a sua intuição, visão e sonhos pode estar enfatizada este mês, por isso procure esse equilíbrio entre sonho e praticabilidade. Faça um bom plano e não paralise, para o Virgem o movimento é o segredo e não a ideia de perfeição.

Plutão em Capricórnio em aspeto ao seu Sol está a convidá-la a aprender com os outros. Procure exemplos a seguir, mas aprenda também a ver como se destaca na diferença. O mesmo na sua relação amorosa, familiar ou nas suas relações no geral, pode ser altura de olhar à volta, seguir conselhos e orientação.

2º decanato - 2 a 11 de setembro

Alterações e imprevistos podem deixar-lhe os nervos em franja. Há uma necessidade de se adaptar a tempos instáveis e de usar os seus recursos da maneira mais inteligente. Esta pressão pode afetar a vida afetiva e a saúde, por isso cuide de si e procure ter momentos de pausa de tudo. Caminhe no verde.

Na terceira semana do mês, a família pode dar-lhe um maior suporte emocional, que vai agradecer. Esse refúgio no carinho familiar vai dar-lhe vitalidade e bem-estar. À medida que o Úrano se aproxima do seu Sol a caminho do trígono, a genialidade pode bater-lhe à porta. Soluções antes não pensadas e vistas podem tornar-se claras. A adversidade faz a inventividade.

Na última semana do mês, Mercúrio retrógado em Gémeos vai estar em quadratura ao seu Sol em Virgem, o que pode ser um impedimento para a clareza e a concentração. Lembre-se de verificar tudo três vezes.

3º decanato - 12 a 22 de setembro

O mês começa com o Mercúrio retrógado em Gémeos a fazer quadratura ao Sol e a trazer aceleração e híperanálise. Cuidado com os pormenores, a mente está menos atenta e com maior tendência a distrações. Respire fundo. Com Marte em Caranguejo a fazer sextil ao Sol, aproveite esta primeira semana para ter pausas num ambiente familiar, para que possa descansar do frenesim mental.

Com o Neptuno em oposição ao Sol, é altura de largar expetativas, cultivar discernimento em direção a novos ideais e projetos. Substitua o sentimento de vazio por fé. Como aquela música diz: "Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar". Pode ser um momento de realinhamento com a sua verdade.

Com o Plutão trígono Sol a reaproximar-se, está novamente  à frente dos seus olhos um novo ciclo para a vida amorosa e para a carreira. Recomece como novos valores.

Balança

Balança
Balança Foto: Bastian

1º decanato - 23 de setembro a 1 de outubro

Pode começar o mês com dúvidas sobre aquilo em que deve acreditar, que valores seguir. Ainda na primeira semana com o Vénus em Caranguejo a questão da segurança emocional pode estar a impedi-la de tomar uma decisão que faça eco com o que realmente deseja. Na terceira semana do mês, Marte entra em Leão acentuando um pouco mais a crise, mas ao mesmo tempo dando-lhe mais certeza da sua vontade.

Na segunda quinzena do mês, Vénus transformará a tensão em ação pois escutará o seu lado emocional e perceberá que tem de ter em conta o que sente na relação com o outro. Nos últimos compassos do mês, com Vénus já em Leão, vai ter mais autoestima e uma noção mais clara daquilo que realmente precisa.

Vai sentir-se mais atraente, mais em forma e pronta a cativar o mundo.

2º decanato – 2 a 11 de outubro

As circunstâncias desafiantes que o mundo atravessa estão a ser domadas por si com perícia e destreza. A sua capacidade de adaptabilidade está a trazer-lhe sucesso nas questões profissionais. No entanto pode sentir que em termos financeiros precisa de maior estabilidade. Plutão em aspeto ao Sol trará o sentimento de que está no caminho certo para atingir sucesso profissional. Continue.

O Quíron em oposição ao seu Sol alerta para a necessidade de cuidar atentamente da sua saúde. Não ignore esses sinais.

Por altura do Santo António, estará mais emocional e a precisar de mais atenção. Com Marte em quintil ao Sol, a sua energia estará definitivamente voltada para as relações afetivas. Marte em Leão procura essa vibração relacional à sua volta. Com a ajuda do Saturno pode ser uma boa altura para o amor.

3º decanato – 12 a 22 de outubro

Mercúrio retrógado em Gémeos e em trígono ao seu Sol vai trazer-lhe ideias inspiradoras para o seu dia-a-dia. Com Marte em quadratura ao Sol pode sentir nesta primeira semana do mês um certo bicho carpinteiro emocional em que hora lhe apetece ir para a direita, ora lhe apetece ir para a esquerda, devido às flutuações de Marte em Caranguejo. O Neptuno em Peixes está a deixá-la confusa em relação ao que quer. Nesta primeira semana, escreva as suas ideias num bloco, mas não é a melhor altura para levá-las a cabo, pois sente-se um pouco insegura.

A partir de dia 20, nas questões afetivas, pode sentir esta vontade de idealizar uma situação na sua vida que obviamente não corresponde à realidade e essa confrontação vai trazer-lhe insegurança emocional e alguma crise ou bloqueio. Terá melhores condições para a vida afetiva na última semana do mês, com Marte em Leão, estará mais segura de si e pronta para a ação.

Escorpião

Escorpião
Escorpião Foto: Bastian

1º decanato - 23 de outubro a 1 de novembro

Estará a viver um sonho? Belisque-se! Júpiter em trígono ao Sol está a trazer-lhe momentos de alegria no amor e na profissão. Pode sentir-se inspirada, motivada e fazer alguns investimentos certeiros. Na segunda semana pode ter um pico de boa disposição e sentir que a vida familiar e emocional está mesmo em harmonia, mas muita água traz emoções à flor da pele. Tenha isso em consideração.

A partir de dia 13, Marte em Leão em quadratura ao Sol pode trazer algum ambiente de disputa nas suas relações no que se refere a dúvidas sobre que escolha fazer relativamente a alguma oportunidade - com Júpiter em Peixes pode parecer bom demais para ser verdade.

Mesmo nos últimos dias, Vénus em Leão vai fazer com que queira ainda mais atenção na área dos afetos. Pode passar excelentes momentos em família.

2º decanato - 2 a 11 de novembro

As responsabilidades parecem ser muitas, mas vêm aliadas a oportunidades. Está a mudar a sua vida e está a fazê-lo da forma mais criativa que consegue. É uma guerreira e tem as armas certas nas suas mãos. Uma escolha acertada neste mês pode mudar o seu destino.

A partir da segunda semana do mês, Úrano começa a aproximar-se do seu Sol para uma oposição. Alguns acontecimentos deste mês podem levar a uma autêntica transformação da sua situação de vida. Trata-se de um aspeto que durará algum tempo e por isso a transformação não será imediata, mas começa a acontecer este mês.

Na segunda quinzena do mês, as suas relações afetivas vão demonstrar ser o seu suporte. Vai sentir-se apoiada e valorizada. Com a influência de Quíron ao Sol lembre-se de cuidar de si e use as terapias holísticas para fazê-lo, pois estas são regidas por Quíron.

3º decanato - 12 a 21 de novembro

O mês começa cheio de energia aquática: Marte em Caranguejo em trígono ao se Sol e em trígono ao Neptuno. Vai estar intuitiva e assertiva, sabe para onde quer ir e com a ajuda de Neptuno em Peixes estará mesmo sintonizada. Com o Plutão em sextil ao Sol estes são tempos de alguma harmonia e com vontade de estabilizar.

Neptuno em trígono ao Sol inicia um tempo que será de grandes sonhos e perspetivas. Se conseguir manter a clareza e trabalhar as ferramentas da sua intuição será capaz de grandes feitos. Terá de trabalhar o discernimento para não se deixar levar pelo sonho de Peixes.

A partir de dia 20 de junho, com Vénus a ajudar, pode ter uma brisa de sorte para a vida amorosa. Há muita vontade de harmonia, se está solteira pode haver algo no ar… Não apenas pólen.

Sagitário

Sagitário
Sagitário

1º decanato - 22 de novembro a 1 de dezembro

Plutão retrógado em Capricórnio está a por um travão na sua expansão sagitariana. As responsabilidades e o funcionamento da sociedade como ela é estão a estimulá-la a sonhar com algo melhor. Lembre-se que o seu objetivo neste momento é realinhar-se com o seu propósito.

A partir de dia 20, com Marte em Leão, parece que a sua energia se vai acender e vai querer libertar-se dessas limitações. Uma boa altura para pôr em prática o que tem pensado nas últimas semanas.

Mesmo no final do mês, Vénus fará um trígono ao seu Sol. Vai saber o que quer, quais as suas necessidades e vai saber como respondê-las. Pode conhecer alguém que ajudará neste momento da sua vida.

2º decanato - 2 a 11 de dezembro

Pode estar a debater-se com uma decisão na sua vida amorosa ou profissional. Saturno em Aquário em sextil ao Sol e em aspeto ao Vénus em trânsito podem dar-lhe esta sensação de crise numa escolha a fazer. Que regras seguir? Pode sentir que a sua intuição está bloqueada.

Úrano em aspeto também está a criar crise. As circunstâncias atuais estão a colocar-lhe desafios e sente que tem de estar à altura. Com Marte a entrar em Leão terá a oportunidade de ganhar agilidade na procura ativa de respostas: veja o que outros fizeram no seu lugar, pergunte opiniões e pese argumentos.

A partir de dia 20 com o Mercúrio retrógado em oposição ao Sol pode ter conversas que vão ser verdadeiramente esclarecedoras.

3º decanato - 12 a 21 de dezembro

Começa o mês de junho com Mercúrio retrógado em oposição ao Sol. Conversas com outras pessoas podem trazer-lhe grande objetividade sobre a sua própria intuição e assim ganhar outras perspetivas sobre um assunto em mãos.

Em termos profissionais pode ser uma altura de muito trabalho e em que tem de se desdobrar em diferentes funções. Está a mostrar o que vale e a fazer de tudo pata ter mais recursos para aventuras futuras. Está a trabalhar de olhos postos no futuro, passo a passo quer começar uma nova vida.

Na segunda semana, Marte em Caranguejo pode dar-lhe a sensação de indigestão emocional. Algo pode cair-lhe mal ao nível emocional em questões profissionais ou afetivas. Não leve muito a sério, Caranguejo pode tornar qualquer um demasiado emocional!

Capricórnio

Capricórnio
Capricórnio Foto: Bastian

1º decanato 22 a 31 de dezembro

Quer mudança, libertação, mas isso traz instabilidade e falta de controlo, sentimentos que Capricórnio não adora. No entanto, pode dar pequenos passos na direção dessa transformação e aprender a largar um pouco as rédeas do destino.

A segunda semana do mês começa com Vénus em Oposição ao Sol. Pode ser confrontada com as necessidades das pessoas com quem se relaciona, obrigando-a a ser mais flexível e a deixar-se falar do coração.

No trabalho, na terceira semana, cuidado com as questões de autoridade. A sua capacidade de liderança pode entrar em choque com superiores ou subordinados. Escute os pontos de vista dos outros e faça dessa escuta um trunfo. Adapte o que deseja àquilo que lhe é pedido.

2º decanato 1 a 10 de janeiro

Saturno e Úrano em aspeto ao seu Sol estão a trazer-lhe harmonia no meio do caos. A a sua carreira está a caminhar na direção que gostava. No entanto pode sentir que gostava de afirmar mais a sua individualidade e não ceder tantas vezes à pressão externa.

Também pode acontecer que, por cauda da atual crise social, esteja a ser obrigada a sair da sua zona de conforto. Podem surgir condições para arriscar mais.

Úrano em trígono ao Sol está a lançar dados para novas experiências nos próximos tempos. É tempo de aprender a seguir a sua própria autoridade. A liberdade pode trazer-lhe essa pimenta que sente que a sua vida precisa.

3º decanato 11 a 20 de janeiro

No início do mês, alerta para as comunicações no trabalho e na vida afetiva. Está mesmo em águas movediças para um deslize do qual de pode vir a arrepender mais tarde. Marte em oposição ao Sol pode colocá-la numa posição de suscetibilidade e podem acontecer falhas na comunicação que a levam a não perceber a perspetiva do outro e vice-versa. Com Neptuno em sextil ao Sol pode haver tendência para algum tipo de exagero. Assim, tente não se exaltar e leve tempo para processar ideias e esclarecer dúvidas. Utilize a bengala: "Preciso de refletir sobre essa questão".

Na segunda semana, na vida amorosa e na carreira, questões antigas "voltam à baila" para serem revistas e repensadas. Na terceira semana, Vénus em oposição ao Sol pode acentuar a sua expressão de sentimentos e emoções. Mostre os seus sentimentos, seja verdadeira. Escolhas serão feitas no campo afetivo.

Aquário

Aquário
Aquário Foto: Bastian

1º decanato 21 a 30 de janeiro

A segunda e a terceira semana de junho serão marcadas por inúmeras tarefas que tem de realizar e para a quais terá de ter o máximo de cuidado com os detalhes. Por causa do Mercúrio retrógado, deve rever e verificar tudo várias vezes. Emocionalmente pode sentir-se um pouco aborrecida, pois pode não ter assim tanta vontade de realizar estas tarefas a que se propôs.

No começo da segunda quinzena, com Marte em oposição ao seu Sol, terá de se esforçar para ser o mais disciplinada possível com o seu sentido de missão. Siga a sua criatividade de forma organizada, faça planos e cumpra o que tem a fazer. Lembre-se de escutar o feedback dos outros.

Mesmo no final do mês pode receber um resultado ou resposta positiva de algo que aguarda.

2º decanato 31 de janeiro a 9 de fevereiro

As suas ideias podem valer ouro, principalmente na segunda semana do mês em que Mercúrio em Gémeos vai estar em trígono ao Sol. Com o Mercúrio Retrógado lembre-se apenas de ter cuidado com imprevistos tecnológicos ou com detalhes, pois a mente fica menos orientada para os mesmos.

No campo afetivo parece que vai estar bloqueada na expressão dos afetos, talvez por ter a mente focada noutras ideias. As pessoas à sua volta podem achá-la abstraída ou até com as ideias demasiado dispersas. Há tendência a melhorias na segunda metade do mês.

Com os dois planetas regentes do seu signo em quadratura, este pode ser um mês em que se sente uma equilibrista, a dar o melhor em circunstâncias improváveis. Quer viver a sua vida à sua maneira, com a sua originalidade e nem sempre é fácil.

3º decanato 10 a 19 de fevereiro

O mês começa com uma forte imposição aos seus desejos e vontades. Algo que quer muito parece estar bloqueado e só apetece bater o pé no chão. Não se sente compreendida e isso pode dar uma sensação de derrota. O Aquário pode ser de ideias fixas, por isso pode tentar ser mais flexível para chegar a um meio termo.

Em termos de carreira e vida amorosa parece que algo está no início, ainda sem muita forma. No entanto há um grande estímulo mental e isso costuma ser bom sinal para este signo. No entanto, terá de fazer um esforço para não se fechar no seu mundo e expor as suas ideias com os demais. Esforce-se e terá sorte.

Melhores condições afetivas virão no final do mês. Terá tendência a meter-se um pouco na sua concha. Confie mais em si.

Peixes

Peixes
Peixes Foto: Bastian

1º decanato 20 a 29 de fevereiro

Vénus em Caranguejo faz um trígono ao Sol logo no início do mês, favorecendo o campo dos afetos. Pode ter mesmo vontade de conviver, aproveitar o Sol e estar com quem mais gosta. O mês começa com Marte em trígono ao Neptuno e por isso se estiver apaixonada, pode desligar um pouco de tudo o resto e ficar nas nuvens.

A partir do dia 19 com Marte em Leão pode sentir que não sabe como levar a sua água ao moinho, pode faltar-lhe um sentimento de autoridade. Com Vénus em trígono a Neptuno, pode estar com uma energia mais interna.

Na última semana já estará com a energia mais virada para o exterior e, por isso, se tem algo a dizer ao mundo, espere pela última semana pois estará mais criativa.

2º decanato 1 a 10 de março

Projetos com início neste mês de junho parecem vir desenhados com as ideias corretas. Há uma inspiração acertada para aquilo que tem em mãos e é muito possível que as coisas corram bem - com os ajustamentos certos.

Tudo aquilo que fizer que traga avanço e originalidade ao mundo pode ter o cunho da sorte devido à influência de Úrano e Saturno no seu mapa. Na segunda quinzena, também o Vénus em trígono ao Sol, dar-lhe-á o carisma necessário para cativar quem a rodeia, seja profissionalmente, seja afetivamente.

Na última semana prepare-se para arregaçar as mangas e dar tudo por tudo para trazer beleza e criatividade a algo em que está envolvida.

3º decanato 11 a 20 de março

Começa o mês com muita energia emocional e recetividade. Com o Neptuno a aproximar-se do seu Sol é tempo de fazer planos e sonhar. Como está numa fase um pouco emocional pode sentir alguma dificuldade em expressar-se com clareza. Com o Plutão em sextil ao Sol, há resultados do seu trabalho do passado que podem vir agora ao de cima.

A segunda quinzena de junho será a melhor para o amor. Está mesmo com vontade de se entregar nos braços de alguém e é possível que uma pessoa do seu passado reapareça.

Marte em Leão pode fazer com que tenha de trabalhar para levar os frutos do seu trabalho ao mundo e a sua mente pode estar mais inclinada para a poesia. Concentre-se porque tem muito para fazer fazer.

Saiba mais Horóscopo, Signos, Junho, Previsões, Andrea Pereira, Junho 2021, Signos, Carneiro, Aquário, Peixes, Capricórnio, Caranguejo, Aquário, Touro, Balança, Sagitário, Virgem, Leão, Escorpião
Mais Lidas