Celebridades

"O Substituto". O que nos revela o título do livro autobiográfico do príncipe Harry?

Depois do documentário Harry & Meghan, é a vez do príncipe lançar uma auto-biografia em que vai abordar os anos vividos com a sua mãe, Diana, a relação com Meghan e a saída da Firma, e ainda a avó, a recém falecida Isabel II.

'The Crown' (2016).
'The Crown' (2016). Foto: IMDB
27 de dezembro de 2022 Rita Silva Avelar
Em julho passado, a editora Penguin Random House anunciou que vinha aí um livro autobiográfico escrito pelo príncipe Harry. Só não sabiamos ainda como o documentário que lançou pela Netflix com Meghan Markle o poria ainda mais sob as luzes dos holofotes.

Harry, que a princípio era uma criança tímida e reservada - ninguém esqueceu o ar apagado e solitário de 1997, quando, no funeral da mãe, a princesa Diana, surgiu ao lado do irmão e do pai com um fato mais sério que a sua idade. Tinha então apenas 7 anos (à partida, será também desse momento e de outros que viveu ao lado da mãe que vai falar neste seu novo livro). Depois, tornou-se um verdadeiro party boy - sim, os jornais ingleses fizeram várias manchetes sobre as noites de farra de Harry.

Mais tarde, na adolescência, há quem diga que não era Harry o mais festeiro dos dois irmãos, na verdade. No seu livro Royal Warfare, o historiador Robert Lacey garante que Harry foi vítima de uma estratégia levada a cabo pela Firma, que precisou de encobrir os excessos de embriaguez do futuro monarca, pondo o "substituto" no centro das atenções, como uma distração. Assim, a imprensa britânica apelidou-o de vários nomes, como "o mauzão de Buckingham" ou "Dirty Harry". Nomes que certamente deixaram marcas psicológicas num Harry ainda adolescente.

Ao longo da sua adolescência, Harry teve várias namoradas, até que chegou Meghan, com quem casou, e com quem também se afastou do seio da família real britânica para ir viver na Califórnia com a reformada atriz e os dois filhos que entretanto tiveram juntos.

Sabe-se agora, às portas de o livro ser editado, que o título será "Spare", que em português significa substituto, uma clara alusão a ser o irmão mais velho - Harry tem 38, o irmão William tem 40 e é o primeiro na linha de sucessão ao trono depois do pai, atual rei, Carlos III. O filho mais velho de William e Kate, George, é o segundo na linha, seguido pela irmã mais nova, a princesa Charlotte, com o príncipe Louis a ocupar o 4º lugar. Harry só surge em 5º lugar, e o sexto é o seu filho mais velho, Archie Mountbatten-Windsor.

O príncipe sempre soube qual era ao seu lugar, o número dois: aos 4 anos, numa discussão com o seu irmão, terá dito "Um dia serás rei, não eu. Então posso fazer o que quiser". Aguardamos a saída do livro, que está marcada para janeiro de 2023.
Saiba mais
Celebridades, Discussão, Realeza, Meghan, Harry, Príncipe
Leia também
As Mais Lidas