Junte-se ao nosso canal de WhatsApp e aceda diretamente aos temas Máxima do momento. Seguir
Atual

Horóscopo de dezembro. Carneiro, Leão e Sagitário

Dezembro incendeia com energia o signo Carneiro, desafia os Leões e chama os Sagitários para a mudança. Reflexões financeiras, vitalidade e surpresas astrais definem o caminho estelar deste mês.

29 de novembro de 2023 Andrea Pereira

Elemento Fogo

Carneiro

1º decanato - 20 a 31 de março

Dezembro arranca com entusiasmo e energia! Há vontade de ir à descoberta de novas experiências e de gozar a vida com os que lhe são queridos. Passeios e viagens estão privilegiados com o aspeto em questão, assim como novas aprendizagens.

Ao longo do mês um dos temas principais serão as questões financeiras. Há a necessidade de ganhar maior autoridade neste campo e por isso terá lugar uma grande reflexão sobre o que tem de mudar. As influências astrais apontam para conversas importantes na área da carreira. Situações familiares têm tudo para estar no campo de atenção, assim como uma reflexão sobre qual o seu papel neste momento no contexto familiar.

Na esfera romântica, a primeira quinzena trará à tona as necessidades das pessoas com quem se relaciona, alguma crise tenderá a surgir sobre pedidos que não são escutados e levados em consideração. As comunicações serão mais favoráveis na segunda quinzena, principalmente na última semana. Na lua cheia em Caranguejo, a 27, haverá a necessidade de abraçar a vulnerabilidade, sua ou de pessoas à sua volta. A relação com a maternidade tem tudo para estar enfatizada, relações com a mãe, com os filhos e com a própria criança interna. Cuidado com comportamentos imaturos por desejos de chamadas de atenção.

2º decanato - 1 a 10 de abril

Tem sido uma fase de resolução ou de tomada de consciência de limitações físicas ou emocionais. Lembre-se que as nossas dores são também os nossos professores e as nossas portas para uma maior evolução. Neste mês de dezembro sentirá, logo no início do mês, uma lufada de ar fresco em que diversão e sentido de humor trarão leveza ao seu dia-a-dia.

A lua nova a 12, no signo de Sagitário, imprimirá a mesma determinação em tirar o melhor partido do seu tempo, havendo possibilidade de passeios e novas experiências que lhe dão um sentimento de autoestima e identidade neste novo ciclo lunar. Verá também a possibilidade de ação construtiva em questões da sua vida que se têm mostrado sensíveis.

Nas relações mais íntimas, na segunda quinzena, haverá alguma crise relativamente ao sentimento de compromisso e ao conciliar de necessidades. Também na esfera financeira, o distinguir entre o que é realmente importante e supérfluo será uma necessidade.

3º decanato - 11 a 20 de abril

As suas dinâmicas relacionais do passado parecem ter regressado em força, acordando padrões e vulnerabilidades antigas e trazendo a necessidade de se centrar no seu instinto, para saber o que precisa mesmo de comunicar nas suas relações. No entanto, oiça o outro se este diz que não tem a sua atenção e escuta. Nos diferentes campos da sua vida, este é um tempo para atrever-se a ir para além do que já é tradição ou costume, dando-lhe um caráter original.

A 12, a lua nova em Sagitário trará um ciclo com necessidade para movimento, liberdade e exploração. Encontrará também espaço para diversão e sentido de humor assim como a possibilidade de ver o quadro maior, com o acordar para novas perspetivas e reflexões. Cuidado com exageros nas respostas emocionais.

A última semana do mês tem tudo para trazer surpresas nas tomadas de direção da sua vida. Estão em curso mudanças que alteram a noção de si própria/o, sentindo-se com motivação e energia para uma nova direção. A lua cheia a 27, no signo de Caranguejo, trará questões relativas aos relacionamentos íntimos, no sentido de se fazerem ajustamentos quanto ao que ambos pretendem para o futuro, na construção de um caminho conjunto. No caso de não haver uma relação íntima, essa ponderação acontecerá no contexto de outras relações ou até em questões financeiras.

Leão

1º decanato - 23 a 31 de julho

O espírito deste último mês do ano é inventivo e esperançoso quanto a iniciativas em mente. Há, no entanto, obstáculos que geram crise para a implementação das novas ideias. É necessário planificar e ter em conta as diferentes regras e procedimentos do mundo de forma a avançar com as mesmas. Isso pode gerar alguma crise. Estes novos planos têm tudo para influenciar os próximos dois anos da sua vida.

Nas relações íntimas, há um processo de metamorfose em curso. As suas relações vão trazer à superfície tudo aquilo que sente que está mal e apenas relações muito estruturadas serão capazes de sobreviver à sua vontade de mudar tudo aquilo que vê como desadequado e desajustado.

A lua nova em Sagitário, a 12, trará um forte sentimento de: se não podes vencê-los, junta-te a eles. A necessidade de se adaptar a valores e filosofias que não são exatamente os seus será uma constante. Há a perfeita consciência de que por vezes temos de embarcar nos costumes dos outros para, quando tivermos oportunidade, podermos influenciar mais com as nossas próprias ideias. No final do ano, sentir-se-á mais na sua pele e não tanto a dançar no ritmo do outro.

2º decanato - 1 a 11 de agosto

Não seria de estranhar se o mês começasse com encontros com pessoas que já não vê há algum tempo, como amizades antigas, daquelas que se vai perdendo o contacto. A energia do início do mês chega com esse conforto dos bons reencontros.

A primeira quinzena tem influências muito relacionadas com vitalidade, energia e bem-estar. A lua nova a 12, no signo de Sagitário, reforça momentos de convívio e de boa disposição. Nas relações mais íntimas algum stress tende a estar presente, talvez reforçado pelas ocasiões de convívio. No entanto, se num compromisso, as influências astrais são de faíscas e atração.

A segunda quinzena, a das festividades, trará à superfície a sua necessidade de se conformar com as tradições e costumes, mesmo sentindo que, por si, faria as coisas de forma diferente. No que se refere a questões de saúde, tudo aponta que terá muita consciência e conseguirá ter disciplina perante as iguarias na mesa de Natal.

3º decanato - 12 a 22 de agosto

Este tem tudo para ser um mês cheio de boas vibrações. Começa desde logo com o reencontro de amizades consistentes e com conversas bem-dispostas. Também, profissionalmente, as suas ideias saem vitoriosas, havendo uma sensação de concretização.

A lua nova a 12, em Sagitário, trará a necessidade de liberdade e de contacto com a natureza. Iniciará um ciclo de novos sonhos e haverá espaço para reflexões sobre o próximo ano. Apesar de ter noção do muito que há em risco, sente-se com forças e a partir de 22 estará completamente comprometida/o com o seu sentido de visão e objetivos. Esta será uma fase de reflexão e planificação com atenção a pormenores.

A lua cheia a 27, em Caranguejo trará um ciclo de acertar pormenores, conversas importantes para decisões cruciais e muitas dessas conversas relacionadas com o tema da família. Esta fase tem tudo para ser a de preparação de um novo projeto ou de acolher um novo elemento na família. Também poderão estar em causa viagens ou até mesmo mudanças radicais de vida.

Sagitário

1º decanato - 22 de novembro a 1º de dezembro

Muitos parabéns Sagitário! O mundo agradece o seu sentido de humor, a sua capacidade para explorar novos conhecimentos e para transmiti-los! O mês começa com vontade de expansão, seja no que se refere a viagens ou estudos. Os astros apontam, no entanto, para alguma crise quanto às questões materiais. O seu objetivo é conquistar a segurança necessária para poder ter a liberdade que almeja. Adivinham-se esforços nesse sentido.

Fisicamente, está mesmo com muita energia, aconselhando-se muito exercício físico na primeira semana do mês, mas também cuidado para não exagerar. A mesma influência astral trará atrações fortes na esfera da intimidade.

No que diz respeito a assuntos profissionais irá experimentar algum desânimo e fadiga, devido às responsabilidades que tem de ter. Representa, no entanto, uma fase em que há algo essencial a aprender para que possa haver uma mudança de capítulo.

A lua cheia, a 27, no signo de Caranguejo, tem tudo para trazer alguma vulnerabilidade aos seus relacionamentos, havendo a necessidade de falar sobre o que está em cima da mesa, no que se refere a expectativas de cada lado. Os astros apontam para alguma desmotivação no que se refere à área romântica da sua vida.

2º decanato - 2 a 11 de dezembro

Muitos parabéns, Sagitário! Todos apreciamos a sua vontade de expandir conhecimentos e alcançar um entendimento profundo sobre a vida. Continue com essa capacidade de se sintonizar com a natureza e com a sua intuição.

Os astros apontam para uma vontade intensa de mudança, mas com uma tensão interna entre passado e futuro devido a obrigações que tem com a sociedade e com a família, que trazem limitação de movimentos.  Há a necessidade de dar pequenos passos na direção daquilo que acende a faísca e assim lidar com a frustração. Nas relações, situações na sua vida parecem trazer grandes lições, havendo uma sensação de "onde é que já vi isto antes?". As energias estão direcionadas para uma vontade de cura e bem-estar, podendo iniciar cursos nestas áreas.

A lua nova, a 12, no seu signo irá trazer um ciclo de muita motivação e energia. Tornando-a/o alvo de atenções, pela energia atraente e carismática. Tem tudo para orientar essa energia para o exercício físico e até mesmo viagens. Financeiramente, pode não se sentir na melhor forma.

3º decanato - 12 a 21 de dezembro

É o seu aniversário! Muitos parabéns! Admiramos a sua alma de viajante e a sua infinita curiosidade, assim como o amor pelo indomável.

O mês começa com uma abertura grande para as relações e uma capacidade de escuta elevada, assim como de partilha. Nas relações mais íntimas adivinham-se algumas questões relativas a dinheiro, por esta ser uma fase mais crítica.

A lua nova a 12, no seu signo, traz um chamamento para seguir algo que lhe dê entusiasmo e, nesse sentido, tem tudo para indagar a possibilidade de uma nova vida, noutra cultura ou de estudar algo que acenda a chama. A partir de 22 irá pensar nessas novas possibilidades muito a sério, pondo em prática reflexões sobre o que precisa de mudar e as escolhas que virão. Advertências, porém, para um excesso de inocência, tenha planos suplentes e verifique tudo mais do que uma vez.

Mesmo no final do ano, pense bem nas situações em que se mete e pessoas com quem se envolve. Os astros apontam para energias de desilusão. Siga a sua intuição.

Saiba mais
Mundo, Diversão, Signos, zodíaco, Astrologia, Dezembro, Previsões, Elemento fogo
As Mais Lidas