Beleza / Wellness

"O maior mito é que comer de forma saudável é caro"

Mark Hyman, especialista em medicina funcional e autor do livro 'A Dieta Pegan', ensina-nos a comer de forma mais saudável, com base em alimentos verdes. "Não existe uma dieta perfeita para cada pessoa no planeta" diz o autor, que conversou com a Máxima.

Foto: DR
02 de maio de 2022 Rita Silva Avelar

"A comida não funciona como medicina, é a Medicina". A frase é de Mark Hyman, médico americano especialista em Medicina Funcional - método de medicina alternativa, sem comprovação científica -, e autor do recém-lançado A Dieta Pegan. Ao longo dos anos, desenvolveu um método focado na cura de doenças crónicas baseado na alimentação, o que deu origem a este regime alimentar. O livro, editado pela Penguin, percorre as possibilidades do mesmo, e é sobre ele que conversou com a Máxima

Como surgiu o seu interesse pela Medicina Funcional? Como descobriu as formas de alimentação saudável?


Cresci bastante consciente da saúde. Quando era criança, aprendi a jardinar, e na faculdade, fui vegan e aprendi a cozinhar com os meus colegas de quarto. Sempre fui muito ativo e tentava cuidar do meu corpo, até que a faculdade de Medicina e o modo de vida na residência atingiram-me duramente. De repente, as longas horas combinadas com a falta de sono e a subsistência através de alimentos processados fizeram-me sentir o seu impacto no meu corpo. Desenvolvi síndrome da fadiga crónica. Todos os sistemas do meu corpo avariaram. Houve dias em que nem sequer conseguia subir as escadas ou sair da cama. Além disso, sofri um envenenamento por mercúrio. Todas estas circunstâncias obrigaram-me a reavaliar o significado de cuidar do corpo. Descobri a Medicina Funcional pouco tempo depois e utilizei os seus princípios para me curar a mim e a milhares de outros.

Em que consiste a dieta Pegan? Quais são os seus fundamentos?

Experimentei todas as dietas à face da terra, incluindo paleo, vegan, comida crua, dietas vegetarianas, e a dieta keto. Também experimentei muitas destas dietas com os meus pacientes. O que eu compreendi ao longo dos últimos mais de 30 anos de prática é que não existe uma dieta perfeita para cada pessoa no mundo. Em vez disso, há um conjunto de princípios que funcionam para todos, e dentro desses princípios há espaço para a exploração, experimentação, e bioindividualidade. Decidi dar um nome a este conjunto de princípios (a dieta pegan) como forma de dizer que podemos combinar o melhor de muitas abordagens dietéticas diferentes numa forma de alimentação que funcione para todos. Se tomarmos o melhor de uma dieta paleo (dieta pobre em amido e açúcar combinada com proteínas e gorduras de qualidade) mais o melhor de uma dieta vegana (muitos alimentos vegetais coloridos), temos essencialmente uma dieta que é inclusiva, rica em nutrientes e boa para o planeta. O meu principal objetivo era criar uma dieta humana sustentável e ótima que qualquer pessoa possa seguir, independentemente das suas preferências dietéticas, filosóficas, sociais e culturais. Acho que a razão pela qual isto se revelou tão importante para tantas pessoas é que não se trata apenas de uma dieta; é um modo de vida, e não se trata de privação ou de ser perfeito a 100% do tempo. Trata-se de escolher alimentos densos em nutrientes 90% do tempo e encontrar o que funciona para si.

Quais são os alimentos básicos desta dieta?

É uma dieta alimentar rica em plantas, completa e real, uma dieta pobre em amido e açúcar, alimentos processados, aditivos, hormonas, antibióticos, OGM's (organismos manipulados geneticamente). É também rica em boas gorduras. Concentra-se em carregar o prato com vegetais não amiláceos como rúcula, brócolos, e couves-de-bruxelas. Acrescente numa palma o tamanho de uma palma de proteína como o biológico, aves de capoeira criadas em pastagens ou peixe selvagem, e certifique-se de que inclui gorduras deliciosas como azeite, nozes e sementes, e abacate. Manter açúcar e amidos a um nível mínimo. E é isso!

Num mundo onde todos os dias surgem dietas, como podemos evitar a ansiedade face a novas fórmulas e combater a desinformação?

A desinformação desenfreada e a confusão no mundo da nutrição é exatamente a razão pela qual criei a dieta pegan. Não existe uma dieta perfeita para cada pessoa no planeta; no entanto, existe um conjunto de princípios que todos podem usar e modificar com base nas suas preferências. O ponto principal é: comer comida verdadeira. Não há como errar. E ouve o teu corpo, ele dir-te-á do que gosta e não gosta se realmente ouvires.

Quais são os maiores mitos no mundo da alimentação saudável?

O maior mito é que comer de forma saudável é caro. Se se ficar pelas frutas, legumes, carnes, grãos inteiros - essencialmente alimentos reais que a natureza fez - pode poupar dinheiro. Uma alimentação saudável torna-se dispendiosa quando as pessoas comem fora ou compram alimentos embalados. Pode fazer uma refeição de arroz selvagem, frango, e verduras para toda a sua família por muito mais barato do que jantar fora.

O que é que de bom – ou mau – as redes sociais como o Tik tok ou o Instagram - podem trazer a este universo?

O tempo excessivo de ecrã não é bom para ninguém, especialmente quando tira tempo ao exercício, meditação, tempo familiar, relaxamento, e a cozinhar refeições saudáveis. Mas... adoro as redes sociais para partilhar ideias, informação, e frequento-as. Neste momento, muitos indivíduos têm acesso a informação sobre o que é necessário para criar um corpo saudável, e isso é uma coisa bonita.

A Dieta Pegan, Mark Hyman
A Dieta Pegan, Mark Hyman

Qual é o melhor conselho que se pode dar àqueles que querem tornar-se mais saudáveis, nunca tendo sido saudáveis?

Pode começar hoje. Comece agora mesmo. Faça pequenas mudanças. Não precisa de correr quilómetros, comer poucos hidratos de carbono, e beber sumo verde num só dia. Faça uma pequena mudança. Tive uma paciente que não conseguia desistir de batatas fritas salgadas. Então pedi-lhe para comer menos uma batata frita por dia até que não comesse mais batatas fritas. Esta pequena mudança levou a mudanças ainda maiores, e agora ela está mais saudável do que nunca.

Saiba mais
wellness, educação, saúde, bem-estar, Pegan, Dieta Pegan, Plantas, Dietas, Mark Hyman
As Mais Lidas