Junte-se ao nosso canal de WhatsApp e aceda diretamente aos temas Máxima do momento. Seguir
Celebridades

Isabel II foi alvo de tentativa de homicídio, revela o FBI 40 anos depois

De acordo com documentos divulgados pelo FBI, foi durante uma visita aos EUA, em 1983, que a rainha Isabel II enfrentou uma potencial ameaça de assassinato.

Foto: Reuters
29 de maio de 2023 Vanda Carreto / Com Rita Silva Avelar

Segundo o jornal BBC News, foram divulgados, pelo Federal Bureau of Investigation (FBI), documentos que mostram a ajuda necessária para garantir a segurança da rainha num episódio específico que aconteceu nos anos 80. De acordo com os documentos, um agente que estava a frequentar um bar irlandês, em São Francisco, avisou os colegas do FBI sobre um telefonema de um homem que tinha conhecido no local. O alerta deu-se quando o suspeito disse querer vingança pela morte da sua filha "que tinha sido morta na Irlanda do Norte por uma bala de borracha"

Rainha Isabel II em 2002.
Rainha Isabel II em 2002. Foto: Reuters

A ameaça foi feita no dia 4 de fevereiro de 1983, cerca de um mês antes de a rainha e de o príncipe Filipe visitarem a Califórnia. Citado pela BBC News, o documento diz que este homem, "ia tentar fazer mal à rainha Isabel e iria fazê-lo deixando cair um objeto em cima da Golden Gate Bridge sobre o Royal Yacht Britanni (barco que transportava membros da família real britânica) quando este estivesse a passar por baixo da ponte, ou tentaria matar a rainha quando esta visitasse o Parque Nacional de Yosemite". 

Rainha Isabel II a discursar e o príncipe Filipe a assistir.
Rainha Isabel II a discursar e o príncipe Filipe a assistir. Foto: Reuters

Para responder a esta ameaça, os serviços secretos planearam "fechar os passeios da Golden Gate Bridge quando o barco estivesse a aproximar-se". Segundo o jornal britânico, não se sabe ao certo que medidas chegaram a ser tomadas no parque de Yosemite mas a visita da Rainha chegou a ser realizada. Os documentos relativos a esta ameaça foram partilhados no website de informação do FBI, o Vault, na sequência de um pedido de acesso à Lei da Liberdade de Informação apresentado pelos meios de comunicação social americanos.

Foi também revelada uma intimação direcionada a um piloto que sobrevoou, com um pequeno avião, um parque em Nova Iorque com um cartaz a dizer "Inglaterra, sai da Irlanda". Com isto, os agentes mantiveram-se atentos ao que consideraram ser o potencial real de ameaças à rainha. Durante a sua vida, a rainha Isabel II visitou várias vezes os Estados Unidos, e algumas das visitas ocorreram durante as tensões do país com a Irlanda do Norte. É exemplo disso a visita à Costa Oeste, em 1983.

Rainha Isabel II numa viagem à Escócia em 2021.
Rainha Isabel II numa viagem à Escócia em 2021. Foto: Reuters

Apesar de toda a preocupação, ameaças destas já não eram novidade, citado pela BBC News, o FBI disse em 1989 que "a possibilidade de ameaças contra a monarquia britânica está sempre presente por parte do Exército Republicano Irlandês (IRA)".

Saiba mais
Celebridades, Atualidade, Rainha, FBI, Rainha Isabel II
Leia também

Carlos III doente. Que missão deixa agora a William?

O príncipe de Gales recebeu permissão do rei para continuar a dar prioridade a Kate e aos filhos, em detrimento de seus deveres reais em tempo integral, depois de ter decidido reduzir os compromissos em agenda para apoiar a princesa enquanto ela recupera de uma cirurgia.

As Mais Lidas