Celebridades

Depois de ser mãe, Cameron Diaz explica porque não deverá voltar a ser atriz

A atriz explicou as razões que a impendem de voltar a um set de cinema, pelo menos nos próximos tempos.

Cameron Diaz
Cameron Diaz Foto: Getty Images
22 de fevereiro de 2021 | Rita Silva Avelar

Quem se lembra de Cameron Diaz em Doidos por Mary (1998), Vanilla Sky (2001) ou Os Anjos de Charlie (2000)? Até 2014 pudemos vê-la, sobretudo, em comédias românticas, mas desde Annie, de Will Gluck, que nunca mais se estreou em nenhum filme. A atriz já tinha falado abertamente sobre o facto de ter decidido afastar-se de Hollywood

Numa entrevista em contexto do lançamento da sua marca de vinhos, a Avaline, Diaz confessou que depois de ter descoberto a maternidade - em 2019 foi mãe de Raddix, com o companheiro Benji Madden - poderá não voltar à representação.

No programa SiriusXM Quarantined, disse: "Será que alguma vez voltarei a fazer um filme? Não estou à espera que isso aconteça, mas será que o farei? Não sei. Não faço a menor ideia" explicou, acrescentando que a maternidade tornou-se uma das suas principais prioridades e que, afastar-se do filho, que tem um ano, "14 ou 16 horas do dia" para ter de estar "numa rodagem de um filme" está fora dos seus planos.



Leia também
"Eu não teria sido a mãe que sou agora se tivesse escolhido fazer isso em qualquer outro momento da minha vida. Lamento que existam tantas mães que não o podem [fazer], que têm de ir trabalhar, ou o que quer que tenham de fazer" diz sobre as mulheres que não podem dar-se ao luxo de se dedicar a 100% à maternidade. "Sinto-me tão abençoada agora que posso estar aqui com o meu filho e que posso ser a mãe que consigo ser... É uma bênção tão grande, sou uma privilegiada, e estou muito, muito grata."

Leia também
Saiba mais Maternidade, Hollywood, Celebridades, Cameron Diaz, Mães, Atriz, Personalidades
Mais Lidas