Beleza / Wellness

Saiba se sofre de depressão de "alto-funcionamento"

É um tipo de depressão mais leve, mas não deixa de ser menos perigosa, visto que os seus sintomas podem ser ainda mais difíceis de reconhecer.

Foto: Pexels
09 de maio de 2022 Ana Filipa Damião

Quando o tema é depressão, e em como esta doença mental se reflete na vida real, não existem respostas 100% certas - mesmo para a ciência. O assunto foi tema de conversa num episódio recente do programa Red table Talk, no qual a apresentadora Jada Pinkett Smith falou com os pais de Cheslie Kryst, uma antiga Miss EUA que cometeu suicídio no início do ano. Durante o episódio, a mãe da jovem confessou que, embora a filha tivesse uma personalidade vibrante e parecesse feliz, estava a lutar contra uma depressão, denominada distimia, também conhecida por depressão de "alto-funcionamento" (ou high functioning depression). Este é um transtorno persistente do humor caracterizado por uma depressão com sintomas mais "leves", mas crónica.

"Quando uma pessoa está a sofrer por causa de uma distimia, pode parecer que está bem por fora", explicou Lizandra Leigertwood, psicoterapeuta, à edição inglesa da revista Glamour. "Ela é capaz de fazer as tarefas do dia-a-dia, ainda se levanta todos os dias e vai trabalhar, pode ser social e encontrar-se com os amigos. Pode sorrir e parecer completamente bem". Esta é uma doença que leva os indivíduos a colocarem uma máscara ao redor de todos, e é mais propensa a desenvolver-se naqueles que sofreram traumas na infância ou que têm registo de depressão na família. "São pessoas que tendem a ter metas altas, e por isso o seu alto-funcionamento parece-lhes algo natural. Lutam frequentemente com o perfecionismo e autocriticam-se muito", avançou a especialista. Além disso, não gostam de pedir ajuda, com receio de se tornarem um fardo.

Assim, a distimia é um transtorno qu tende para a depressão quase diária, pelo menos durante dois anos, no caso de adultos, ou um ano, no caso de adolescentes e crianças, e que pode apresentar os seguinte sintomas:

  • Desânimo;
  • Mau humor;
  • Infelicidade;
  • Indecisão;
  • Dificuldades cognitivas (memória e/ou atenção);
  • Baixa autoestima;
  • Sentimentos de desespero;
  • Alterações de apetite e de peso;
  • Insónia ou Hiper insónia;
  • Fadiga/falta de energia;
  • Pensamentos suicídas;
  • Sente-se desconectado dos outros.
Saiba mais
saúde, educação, depressão, distimia, suicídio
Leia também
As Mais Lidas