Os papéis da vida de Maria João Abreu, uma atriz adorada por todos

Maria João Abreu tinha 57 anos, e uma carreira cheia de personagens de mão cheia, que faziam dela uma referência na representação em Portugal. "Quando me diziam: 'não podes fazer esse projeto porque depois perdes credibilidade', eu respondia: como? Olha a Maria João Abreu" escreve a atriz Inês Aires Pereira, que tinha há pouco tempo contracenado pela primeira vez com a atriz.

Assédio sexual no trabalho: o que é e como reagir se for vítima

Em que consiste o assédio sexual em contexto profissional? O sociólogo Bernardo Coelho, que fez parte da equipa que investigou o tema para um estudo do Centro Interdisciplinar de Estudos de Género, do ISCSP, reúne respostas e soluções para quem passa pela situação e não só.

Julião Sarmento, o artista sem medo

Acabamos de perder, aos 72 anos, um dos maiores, mais modernos, diversos e internacionais artistas portugueses. O seu legado atravessa a pintura, o desenho, a escultura, a fotografia, o filme, a instalação e a performance. E mais houvesse, Julião Sarmento era um exemplo de generosidade e abertura ao mundo. "Era muito intenso, tinha um lado emocional muito forte que ocupava em nós um grande espaço emocional também" lembra Delfim Sardo.

As artes de Julião

É um voyeur que tem as mulheres no centro da narrativa. As telas de Julião Sarmento são elíticas, brancas, aparentemente simples. A simplicidade dá muito que pensar... O sexo, a morte, a passagem do tempo, também. Recordamos esta entrevista ao artista Julião Sarmento, em junho 2012, por Anabela Mota Ribeiro.

Crush #1

Uma jovem cantora capaz de desafiar a sociedade francesa, dois russos que veem nas flores uma forma de expressão artística, um cantor que podia ser tanto um rapper como crooner da memória portuguesa. Homenageamos ainda um fotógrafo que nos deixou um legado de talento. O nosso primeiro Crush é escrito a partir deles.

Jornalista Joana Emídio Marques acusa Manuel Alberto Valente de assédio sexual

"Tudo corria tranquilo, até que ele tirou do bolso uma caixinha de comprimidos que despejou na palma da mão. "Vês?", perguntou, enquanto me punha a mão debaixo do nariz, "não está aqui nenhum comprido azul", relata Joana Emídio Marques sobre o jantar com Manuel Alberto Valente que aconteceu há 10 anos. O editor já negou as acusações.

Dicionário das flores

"Gosto muito do António Lobo Antunes. Uma vez falámos, ou melhor, ele elogiou-me uma gabardine."

+Carregar mais