Atual

Horóscopo: todas as previsões para maio

Amor, trabalho, saúde ou família. Num mês que promete ser uma montanha russa de emoções e acontecimentos, saiba tudo o que o seu signo do Zodíaco lhe reserva.

A carregar o vídeo ...
30 de abril de 2021 | Andrea Pereira

Quais são as adversidades que pode encontrar ao longo do mês maio? E as potencialidades de crescimento pessoal e profissional? Andrea Pereira, praticante de astrologia evolutiva, faz um relato signo a signo e consoante o dia em que nasceu. Conheça alguns dos termos da astrologia no glossário, aqui.

Sol em Carneiro

Carneiro
Carneiro Foto: Bastian

1º decanato - 21 a 31 de março

Leia também

Maio começa com o regente do seu signo a fazer quadratura ao seu Sol: Marte! Em Caranguejo pode ser uma insegurança emocional que está a interferir com a sua impulsividade natural. Ou pode ser que alguém muito sensível esteja sempre a dar-lhe essa resposta de que é muito bruta ou impulsiva.

Ao mesmo tempo, o Vénus, ainda em Touro, em semiquadratura ao Sol, faz com que toda a parte financeira esteja a ser estimulada. O que pode favorecer, por exemplo, a criação de novos recursos para necessidades familiares. 

Este mês o Saturno em Aquário fará um séptil ao seu Sol. Um aspeto que lhe pode trazer essa capacidade de se libertar com criatividade. Na segunda semana do mês, o Mercúrio em Gémeos irá fazer um sextil ao seu Sol, o que vai estimular essa produção de ideias. Entre grupos de amigos ou conhecidos pode surgir uma oportunidade imperdível.

Na terceira semana, com o Marte em biseptil ao Sol, decisões que tome podem ser de mudança na área emocional ou familiar. Poderá sentir que está a fazer um realinhamento e ter um sentimento de libertação.

Leia também

2º decanato - 01 a 10 de abril

Júpiter em semiquadratura o seu Sol: os valores aquarianos estão a precipitá-la para recomeços, com uma rebeldia a que se calhar não estava habituada. Talvez transformações na sua vida, nas suas relações, façam com que tenha uma nova percepção da realidade. Isto pode levá-la ao germinar novos projetos, ainda sem forma, mas com promessa de inovação.

Na terceira semana do mês, Marte em Caranguejo vai fazer uma quadratura ao seu Sol. Pode sentir que as suas ações provocam os outros no seu meio familiar e vice-versa. Lembre-se que sendo muito instintiva e com poder pessoal deve estar atenta à reação do mundo cá fora a si, de forma a aprender a adaptar-se no caso de perceber que, sem querer, foi longe demais. Nesta semana Júpiter continuará em semiquadratura ao seu Sol, mas já em Peixes! Emoções libertadas pela ação do Marte podem levá-la a querer ficar mais "interior", a isolar-se.

O Saturno está também em aspeto ao seu Sol este mês, num sextil que lhe trará um sentimento de maior segurança na questão financeira. Começará a sentir mais esta influência a partir da segunda quinzena.

Leia também

3º decanato - 11 a 20 de abril

O mês começa com as energias criativas de Saturno e de Marte em quintil ao seu Sol. Terá novos projetos profissionais que estão a entusiasmá-la pela sua originalidade. O seu sentimento de independência pode estar forte assim como a capacidade de iniciativa. Pode sentir-se alinhada com a sua essência. O ambiente familiar e profissional pode levar à harmonia.

A segunda quinzena do mês será boa para as relações com os aspetos de Vénus em Gémeos ao seu Sol. Apetece-lhe sair, conversar, travar amizades, está numa daquelas fases em que se sente inteira e confiante.

O seu decanato está a sentir a influência do Plutão quadratura Sol, por isso, no seu campo de visão, está a ideia de criar um propósito especial para a vida, aprender a ganhar controlo e a domar a sua força de vontade, assim como ligar o seu destino a algo que seja socialmente relevante. Trata-se de uma fase de regeneração e atualização do seu propósito.

Leia também

Sol em Touro

Touro
Touro Foto: Bastian

1º decanato - 21 a 30 de abril

Com o Marte em sextil ao Sol neste início de mês, há uma vontade de viver esta energia familiar de forma revigorante. O lado taurino, que a leva a querer estar onde se sente confortável e seguro pode estar a apontar muito para esse conforto dos que melhor a conhecem. Se tem filhos essa energia pode ainda tornar-se mais criativa na terceira semana do mês! Muita alegria e expressão de sentimentos no meio familiar. Se ainda não é mãe, é possível que o tema esteja muito presente ou a conexão seja com crianças das quais não seja a progenitora. A energia de Marte em Caranguejo em aspeto ao seu Sol pode ser expressa através de criatividade a partir da sua casa ou a partir de conexões familiares.

Leia também

Mesmo no final do mês, Vénus e Mercúrio em conjunção vão fazer um séptil ao seu Sol, trazendo um miminho extra do seu mundo de relações. Quem sabe uma oportunidade para desacelerar da energia geminiana com o mercúrio retrógado. Pode ser também um momento de descanso para ler um bom livro, ouvir música, contactar com o lado mais belo da sua vida.

2º decanato - 1 a 10 de maio

Este é o seu mês! Muitos parabéns!

Algumas taurinas estão a ter desafios quanto à sua carreira, a sentir-se algo limitadas nos seus movimentos, devido à quadratura do Saturno ao Sol. Sem dúvida que é um teste à capacidade de ser flexível, dobrar sem quebrar! Saturno – que salienta o lado social - está a impor-se à sua criatividade e sentimento de propósito. A questão profissional e familiar estará muitas vezes no centro dessas questões. Este Saturno obriga a taurina a reavaliar e a criar novos limites para si, sair da zona de conforto. O Júpiter em Peixes a fazer um quintil ao seu Sol vai dar-lhe uma fé renovada na última semana do mês. Quer sejam novas perspetivas, ou uma inspiração, algo vai levá-la a novas explorações. Também o aspeto de Neptuno ao seu Sol mostra que há esse fator de inspiração acentuado neste mês de maio.

Leia também

Mercúrio e vénus em aspeto ao seu sol na segunda quinzena do mês vão trazer aquelas faíscas de boa disposição, conversas na esplanada ao sol, amizades frescas e sorridentes.

3º decanato – 11 a 20 de maio

A primeira semana começa com Mercúrio e Vénus em conjunção ao Sol! O espírito é de comunicação, expressão de afetos. Afinal não é o nosso aniversário todos os dias. Também pode ser um período de tempo em que a sua faceta de teimosia se vai notar mais nesta primeira semana ainda com Mercúrio e Vénus no seu signo. Ao mesmo tempo, Marte em semiquadratura ao Sol vai deixá-la cheia de energia, um pouco como aquelas crianças que comeram muito açúcar! A segunda quinzena será bastante mais calma.

O Plutão retrógado vai voltar a tocar o Sol, por isso vai reviver situações de grande criatividade e prosperidade e talvez ter a oportunidade de agir de outra forma. Por vezes o Plutão trígono Sol pode trazer ao de cima questões amorosas. Quem sabe não irá reviver uma situação em que terá a oportunidade de agir de maneira diferente, com novos valores.

Quíron em aspeto ao Sol pode provocá-la a ter mais energia e a não ceder à preguiça taurina. Ou será que pensa demasiado antes de tomar a iniciativa?

Gémeos

Gémeos
Gémeos

1º decanato - 21 a 30 de maio

Este é o mês em que o Sol entra em Gémeos! Não apenas o Sol, como também Vénus e Mercúrio. Mercúrio ira ficar retrógado em Gémeos no final do mês. Por isso lembre-se da regra dos três: verificar tudo três vezes. Assim, pode sentir-se muito acelerada, com muitos assuntos para tratar, muitos afetos com que lidar, principalmente a partir da segunda semana de maio quando o Mercúrio e o Vénus farão conjunção ao seu Sol.

Conciliar a vida familiar com todos os seus compromissos poderá ser difícil na terceira semana do mês com o Marte em aspeto ao Sol. E por altura do seu aniversário nem vai saber bem como arranjar tempo para celebrar.

O Neptuno em aspeto convida-a a parar e provavelmente quando o Mercúrio ficar retrógado a 29 de maio, vai ser nisso que irá pensar: que precisa de descansar.

2º decanato - 31 a 9 de junho

Começa o mês com o Saturno em trígono ao seu Sol. As sementeiras que fez há algum tempo começam a agora a florir e a dar fruto! É tempo de colher os frutos dos seus esforços passados, mas é ainda tempo de muito trabalho e responsabilidade.

Júpiter a entrar em Peixes a partir da segunda quinzena de maio vai fazer um aspeto favorável ao Sol. Um aspeto de destino especial. Pode sentir que está divinamente inspirada e até ter vontade de se recolher mais, ter mais tempo para si.

Com Mercúrio em Gémeos a fazerem uma conjunção ao Sol, a sua mente vai estar mais ativa do que é habitual, tantas ideias e tão pouco tempo para as por em prática.

Muitas relações podem também querer a sua atenção e a vontade de afeto também é grande. À medida que o mês vai terminando esta convocatória do Júpiter ao silêncio vai começar a ficar mais forte.

3ª decanato - 10 a 20 de junho

Neptuno em Peixes em quadratura ao Sol pode estar a deixá-la muito confusa. Pode passar por ciclos de confusão e clareza e descobrir técnicas ou recursos que lhe possam trazer essa clareza é de grande importância. Com Peixes, o movimento é importante para trazermos a energia mental e emocional mais para o corpo. Técnicas de meditação, respiração e terapias diversas também se aconselham.

Úrano em aspeto, está a trazer-lhe a inspiração para encontrar novos caminhos e experiências, mesmo que seja de uma forma muito subconsciente. A tendência é a procura de novas formas de se expressar no mundo e de encontrar novas formas de rendimento.

Quíron em quintil está, de uma forma subconsciente, a trazer-lhe essa intenção de trabalhar a sua criatividade, uma forma de viver mais autêntica. Trate de si e siga esse caminho de autenticidade.

Caranguejo

Caranguejo
Caranguejo

1º decanato - 21 a 30 de junho

Pairam ventos de liberdade à sua volta com o Úrano séptil ao Sol. Inspiração vinda de uma nova ocupação ou de novas ideias que estão a levá-la à transformação. Pode haver um lado criativo a puxá-la para agir de uma forma diferente no mundo.

Na última semana do mês Júpiter começará a fazer um trígono ao Sol, isso poderá manifestar-se como uma energia bastante positiva nos seus relacionamentos em geral. Pode ser um aspeto que ainda aumenta mais a sua vontade de expressão no mundo ou ainda a vontade de estar em família. O Sol está muito ligado a uma energia infantil.

Júpiter em Peixes, em trígono ao Sol em Caranguejo traz definitivamente uma intuição mais apurada. Essa intuição pode ser utilizada de forma afetuosa com a cumplicidade com os que mais ama, mas também de forma profissional, de forma a conseguir perceber quais as melhores apostas a fazer. Uma boa fase para jogos da sorte.

2º decanato – 1 a 10 de julho

Um mês com muito a acontecer para este decanato. Com maio a começar com Júpiter numa sesquiquadratura ao Sol, pode haver a necessidade de aprender bastante sobre alguma área ou situação para poder completar de forma eficaz uma tarefa. Isso leva a que tenha que fazer um esforço considerável de adaptação. Quase como uma missão.

No final da primeira quinzena sentirá um rasgo de energia com o Marte em conjunção. As emoções e a sua energia alinham-se e poderá concretizar bastante daquilo que necessita. Em tempos de Mercúrio e Vénus em Gémeos há sempre muito a fazer, a comunicar. Com o Saturno em aspeto ao Sol pode sentir que tem muito nos seus ombros e estar ansiosa por terminar esta fase: pergunte ao outro lado da equação de que forma pode ser mais útil para adaptar os seus esforços ao que a situação pede e não estar a fazer mais do que é necessário. Cuidado com conflitos com a autoridade ou conflitos colaterais, descarregando nos mais próximos o seu cansaço.

3º decanato – 11 a 21 de julho

O mês começa com o Úrano e o Sol a fazerem um quintil ao astro-rei! Parece que há uma inspiração de liberdade a influenciá-la: quer ser criativa, sair das linhas a direito, e essa vontade está muito relacionada com a forma como gere os seus recursos financeiros e internos, os seus talentos. Pode também ter vontade de se libertar emocionalmente, sexualmente, e na expressão dos seus afetos.

No trabalho, com Júpiter a fazer um biquintil ao seu Sol, é uma altura de pessoas e medidas. Pode haver muita comparação com o outro para aprender, por um lado, e para perceber qual é o seu lugar na ordem das coisas, por outro.

Com o Neptuno em trígono, há muita vontade de trazer clareza ao seu mundo emocional, a quem é, e pode trabalhar ativamente nessa descoberta. O Quíron também em aspeto, pode dar uma ajuda! Uma clareza pode surgir sobre alguns lados da sua personalidade para os quais não estava ciente.

Leão

Leão
Leão

1º decanato - 22 a 31 de julho

O Nódo Norte e o Vénus em Gémeos estão a influenciar o seu Sol na segunda semana do mês. As perguntas: "que escolha devo fazer? O que é que é mesmo importante para mim?" Podem estar no horizonte. À medida que o tempo avança e com a entrada de Júpiter em Peixes a tendência poderá ser perceber que terá de esperar até tomar uma decisão. Com a influência dos planetas em Gémeos, o Sol (a partir de dia 20), Mercúrio e Vénus, esta ideia de que há vários caminhos possíveis pode estar muito presente. Por isso, é tempo de indagar as diferentes possibilidades com uma curiosidade natural. Conversas com pessoas que lhe são queridas podem trazer-lhe diferentes luzes para o seu caminho.

Com Júpiter em Peixes na segunda metade do mês, pode achar que o seu lado expansivo está mais recolhido e a preparar ideias para um futuro próximo. Talvez algo que estivesse à espera que acontecesse, não correu como planeado e agora está mais refletiva. É como se tivesse à sua frente uma caixa de aguarelas e uma tela em branco à frente. Está a escolher as cores que vão habitar essa tela nos próximos ciclos e a sentir as influências à sua volta.

2º decanato - 1 a 11 de agosto

Com Saturno em oposição ao Sol está a ganhar objetividade sobre muita da pressão mental presente neste momento na sua vida e talvez a influenciá-la a olhar mais para o seu mundo emocional e para as suas necessidades com a influência de Marte em Caranguejo a ajudar.

Com o Neptuno também em aspeto pode haver um sentimento de consciência da realidade, mas pontuada com alguma desilusão. Se sentir que são demasiadas as responsabilidades do momento, tente lembrar-se que também isto passará. As nossas perspetivas estão em constante mudança.

No campo mental, Mercúrio em Gémeos estará ativo a trazer-lhe-a algumas ideias dispersas. Com o Marte a terminar a volta em relação ao seu Sol pode sentir que está a terminar antigos desejos e a preparar-se para uma nova volta no carrossel com novas ideias e novas escolhas.

3º decanato - 12 a 22 de agosto

Pode sentir que já teve momentos na vida com mais energia, com mais entusiasmo. Se é das do seu decanato que tem o Plutão retrógado numa inconjunção ao seu Sol pode estar a sentir-se bloqueada nas suas relações e vida profissional. Ou do lado positivo estar a passar por um momento de grande clareza daquilo que se tem de transformar, ou usando a linguagem plutoniana: metamorfosear.

Na primeira semana de maio Mercúrio e Vénus ainda em Touro estarão em quadratura, podendo haver preocupação com a questão financeira ou com os valores a ter em conta nesta primeira volta do mês. 

A última quinzena será pontuada com aspetos de maior leveza. Incluindo o Úrano em relação ao seu Sol a trazer-lhe uma lufada de libertação, uma nova inspiração para escolher a estrada a seguir. Vénus e Mercúrio geminianos em sextil trarão conversas inspiradoras entre amigos.

Virgem

Virgem
Virgem

1º decanato - 23 de agosto a 01 de setembro

Estará a passar por uma fase de ajustamentos na sua vida? É muito possível que essas adaptações esteja a acontecer nos diferentes campos da sua vida: familiar e profissional. Ajustamentos moderados, como gosta, mas significativos, ao ponto de sentir uma faísca emocional que lhe diz: é desta! Sente que há um alinhamento a acontecer. Com o Plutão num possível biquintil ao seu Sol este sentimento de alinhamento acontece relativo à sua função na sociedade e sentimento criativo. Estão a tornar-se claras as suas capacidades no contraste com as das outras pessoas que a rodeiam.

Estes ajustamentos com que se depara fazem com que na primeira semana de maio tenha que puxar um pouco pela cabeça para dar conta de novos desafios.

Com a influência de Quíron, esta poderá ser uma boa altura para ver a saúde, aquela rotina anual.

2º decanato - 2 a 11 de setembro

Há perspetivas de uma primeira semana de maio inspirada. Poderá haver um sentimento de calma e paz. Na segunda semana a entrada de Mercúrio em Gémeos vem agitar um bocadinho o mental. A sua tendência já é bastante mercuriana, virada para a análise interna e a influência de Mercúrio em Gémeos vem tornar essa energia mental mais externa e elétrica. Passa rápido.

A segunda quinzena será pautada pelo Marte a fazer um sextil ao Sol. Há um entendimento emocional desta fase de vida em que se encontra. Na última semana será a vez de Vénus em Gémeos agitar o barco! Pode sentir que há demasiadas coisas a tratar e provavelmente terá de delegar e confiar.

Saturno numa inconjunção ao Sol pode trazer as suas ansiedades um pouco ao de cima. A sua tendência a querer ter tudo imaculado ou organizado pode cair no exagero. Isto será mais visível a partir da terceira semana. Saturno em Aquário tem esse condão de trazer o que está mais no inconsciente para a superfície! Há a necessidade de cultivar alguma paciência.

3º decanato - 12 a 22 de setembro

Sabe bem começar o mês com Vénus trígono Sol. Pode sentir que as coisas estão à sua medida nesta primeira semana do mês. O Júpiter em aspeto ao Sol pode trazer alguma prosperidade mesmo nos primeiros dias do mês com este Vénus ainda em Touro.

Haverá tendência a uma energia muito emocional e criativa na segunda semana de maio com o Marte em quintil ao Sol ao mesmo tempo que o Vénus em Gémeos estabelece um sentimento de alinhamento das suas ideias com o emocional.

Pode sentir que precisa de cuidar de si com o Neptuno em oposição ao Sol. A sua saúde estará a precisar de cuidados? Anda a cometer excessos no trabalho ou na alimentação? Precisará de trazer clareza aos seus propósitos na vida? Neptuno em Peixes pede objetividade e clareza, equilíbrio, descanso e capacidade de ajustar o trabalho às nossas necessidades sem cair em exageros.

Balança

Balança
Balança Foto: Bastian

1º decanato - 23 de setembro a 1 de outubro

Mercúrio e Vénus em Gémeos vão fazer um trígono ao seu Sol! Começará a semana em pé de harmonia e boa disposição. Afinal está literalmente no seu elemento: ar. A sua tendência à comunicação estará amplificada e por isso a graça social pode estar acentuada. Conte com esta harmonia principalmente na segunda semana do mês.

Júpiter em Peixes iluminará uma tendência para o romantismo. Pode colocar expectativas altas naqueles de quem gosta. Nas últimas duas semanas do mês pode mesmo haver romantismo no ar.

Com o Marte em quintil ao Sol aproveite os momentos mais emotivos do mês, mais no final de maio, para dar asas à sua criatividade, utilize o seu sentido apurado de beleza para se embelezar a si, o seu ambiente, para escrever, para criar música ou qualquer outro tipo de talento criativo que possa ter.

2º decanato – 2 a 11 de outubro

Saturno trígono Sol traz-nos muitas vezes um recado de sobriedade, tranquilidade, segurança e até prosperidade. Uma espécie de proteção paternal pode ser sentida com este trânsito ou até sentirmos que nós somos esse abrigo onde nos podemos proteger, assim como os nossos mais queridos. Também Júpiter está em aspeto ao Sol: a juntar-se a este Saturno pode sentir que está a passar por rituais de integração em projetos, ambientes, culturas, grupos. Há que perceber como o sistema funciona para depois poder navegar nele na sua própria maneira individualizada. Um jogo de cintura.

Na terceira semana Mercúrio em Gémeos vai trazer-lhe a energia mental de que necessita! E com o Marte em quadratura ao Sol nem tudo pode ir de acordo com a sua música, cultive a sua diplomacia habitual.

Úrano e Quíron em aspeto ao Sol podem estar a trazer alguma ansiedade inconsciente. Procure técnicas que lhe permitam lidar com a ansiedade, talvez ligada às questões financeiras ou de saúde.

3º decanato – 12 a 22 de outubro

O mês pode começar com sabor a dúvida e confusão. Pode não entender muito bem o que fazer relativamente a alguma questão que envolve valores éticos ou recursos monetários. Ao mesmo tempo sente que a sua vitalidade podia estar melhor.

Com Marte em aspeto ao Sol as suas relações podem ajudar a trazer alguma clareza a este momento. Conversas de coração aberto podem trazer entendimento a questões que estejam mais obscuras.

Na segunda quinzena, Vénus em Gémeos marca o tom trazendo necessidade de tratar de diferentes questões organizativas e de meter mãos às obras. Nos últimos dez dias de maio já poderá por as pernas para o ar enquanto bebe um cocktail com uma palmeirinha! Em grande estilo estará em maior harmonia com o seu meio ambiente. Vénus e Mercúrio em trígono ao Sol marcarão este compasso.

Escorpião
Escorpião
Escorpião

1º decanato - 23 de outubro a 1 de novembro

Neste início de mês poderá sentir uma indefinição. A intensidade de Escorpião faz com que se sinta desconfortável quando há um tom pálido na experiência. Se permitir que a intensidade dê lugar à tranquilidade vai poder aproveitar estes primeiros quinze dias para desacelerar.

Na segunda quinzena o Júpiter fará um trígono ao Sol e poderá sentir que uma fé no futuro começa a nascer. Juntamente com a influência de Marte, poderá estar mesmo feliz com a sua família e sentir que estes a compreendem neste seu momento de menor atividade.

O Júpiter em Peixes vai ajudá-la a embarcar numa viagem de autoconhecimento. Poderá compreender mais profundamente algumas das suas tendências emocionais. Neste mês estará desperta para interesses que a permitam trazer luz às suas dinâmicas internas.

2º decanato - 2 a 11 de novembro

Vai ter um mês de maio cheio de energia. O Plutão em quintil ao astro-rei continua a injetá-la de criatividade em direção aos seus novos projetos. Inspiração não lhe falta. Logo no início do mês o Júpiter ainda em Aquário vai trazer alguma oportunidade que deve ser aproveitada, pois estas não surgem todos os dias.

Com o Saturno em quadratura poderá ter responsabilidades das quais não pode fugir, burocracias, coisas do dia a dia que exigirão a sua organização e o cumprimento de datas. Mais cuidado: nos últimos três dias do mês com o mercúrio retrógado, verifique tudo três vezes.

A segunda quinzena terá a alegria de Marte em trígono ao Sol. Em Caranguejo, Marte traz-lhe a força das emoções, e pode significar tempo muito bem passado em família. Mas também uma harmonia escorpiónica emocional que nem sempre é possível, poderá estra presente. Com a entrada de Júpiter em Peixes, a sua intuição poderá estar mais forte que nunca, por isso, confie nos seus instintos.

3º decanato - 12 a 21 de novembro

Ganhar objetividade sobre as suas emoções será a ação chave para este mês. Não levar tudo a peito, perceber que o outro anda com as suas próprias questões e emoções.

Na terceira semana começará a sentir os efeitos do Neptuno em trígono. Sente-se cada vez mais conectada com a sua intuição e quer mesmo trabalhar esse seu lado. Também o Plutão sextil Sol volta a estar na sua esfera de influência a trazer-lhe a capacidade de aprimorar as suas qualidades naquele que é o seu caminho profissional e criativo. Quer tornar-se cada vez melhor no que faz.

Já retrógado, o Mercúrio fará um aspeto de bloqueio. Tenha cuidado com tudo aquilo que é passível de se perder ou partir. Regra de ouro: verifique três vezes. Na sua expressão positiva a inconjunção pode até trazer clareza e este Mercúrio em Gémeos na sua variante retrógada é bastante interno, poderá encontrar respostas no mundo interior.

Sagitário

Sagitário
Sagitário

1º decanato - 22 de novembro a 1º de dezembro

O mês começa com as emoções um pouco embrulhadas. Pode sentir-se mais complicado do que é habitual e um pouco duvidoso em relação a si próprio. O Marte em Caranguejo fá-lo questionar sobre o que sente e porque sente o que sente. Antes de uma fase de maior exteriorização há sempre uma fase mais interna: a ideia é regenerarmos emocionalmente para depois irmos lá fora dizer ao mundo como nos sentimos e resolvidos. Ao mesmo tempo, com a entrada de Mercúrio em gémeos vai conseguir ver com objetividade e clareza essas mesmas emoções. Grandes conclusões poderão ser tiradas daí, escreva-as! Na segunda semana do mês poderá ter conversas que lhe vão trazer imensa objetividade ou poderá partilhar estas suas contemplações.

Poderá sentir que a terceira semana do mês vai ser com a energia muito dedicada ao trabalho ou a projetos que tem. O Plutão continua num séptil ao Sol e provocar-lhe essa capacidade de trazer originalidade ao seu caminho e às suas vivências. Que novo rumo seguir? Poderá ser uma questão presente durante alguns ciclos.

2º decanato - 2 a 11 de dezembro

Começa o mês ainda com a influência positiva de Júpiter em Aquário: apetece-lhe uma vida mais nómada, mais livre, mais em contacto com a natureza. Apetece-lhe ser aquelas heroínas e procurar esse arquétipo dentro de si. Quer ter experiências, aventuras. Ainda com a influência de Saturno, as responsabilidades e a estabilidade vão segurando-a.

No início da segunda quinzena vai sentir-se emocionalmente bloqueada. Podem ser questões de conflito externas que a estão a importunar ou simplesmente a necessidade de se adaptar a situações emocionais desconfortáveis.

Nesta terceira semana as suas relações poderá ter o olhar de que necessita para ter maior clareza. Poderá receber bons conselhos e sentira a sua energia mais proativa e focada em direção ao que quer. Saturno retrógado em Aquário voltará a ficar mais próximo do seu Sol voltando a dar-lhe mais segurança nas suas questões pessoais.

3º decanato - 12 a 21 de dezembro

Quem sou eu? Para onde vou? E que formas há para descobrir?

Úrano em aspeto ao seu Sol pode estar a libertá-la para encontrar novas definições de si. Pode interessar-se por todo o tipo de novas tendências que a estimulem e que lhe deem escape a esse sentimento de profundidade e vontade de participar no mundo. Plutão em trânsito está a influenciá-la a dar passos de bebé num novo caminho e há esta sensação de experimentar. Mesmo como o bebé quando começa a caminhar que primeiro vai assim cambaleante e vai caindo, levantando. Requer paciência e inspiração. Procure diferentes grupos, movimentos, vá experimentando.

A última semana do mês será a mais indicada para se abrir ao mundo no que diz respeito a convívio e relações. No início e meio do mês pode sentir-se mais introspetiva e reflexiva.

Capricórnio

Capricórnio
Capricórnio Foto: Bastian

1º decanato 22 a 31 de dezembro

Com Marte em Caranguejo no início de maio, parece que as emoções estão à flor da pele. Contactos com o mundo exterior podem despertar em si reações fortes, trazendo objetividade aquilo que quer mesmo ou que não quer nada que aconteça. Aproveite a oportunidade de autoconhecimento e dê-se a si este privilégio de não querer controlar nada. Treinar essa capacidade de abrir mão. Este aspeto será mais forte mesmo nos primeiros dias de maio. Com o Mercúrio em aspeto ao seu Sol em simultâneo, algumas destas questões emocionais podem surgir em ambiente de troca de ideias, que pode ser muitas vezes o ambiente profissional.

Saturno em Aquário em aspeto ao seu Sol indica que está no início de algo novo que poderá ser do interesse da coletividade. Ao nível mental pode encontrar aqueles obstáculos habituais dos inícios de processo. A primeira quinzena poderá ter como tema essa habilidade de se adaptar e ajustar ao que é necessário. Dar ao grupo as suas capacidades.

2º decanato 1 a 10 de janeiro

Parece que há novos começos para si em diferentes áreas! Tanto Júpiter como Saturno estão a começar novos ciclos em relação ao seu Sol. Tem novos propósitos nas áreas do trabalho e das relações pessoais, e sente que está tudo nesse início em que tudo está ainda a ganhar forma.

A partir da segunda quinzena Marte em Caranguejo fará uma oposição ao seu Sol convidando-a a ganhar consciência de possíveis inibições, a perder o controlo e a mostrar o que sente e a largar os julgamentos que às vezes poderá fazer a si e aos outros. Com a oposição perguntar ao outro quais foram as suas reais intenções, ganhando objetividade sobre o mundo emocional do outro e do seu próprio.

Com a influência de Júpiter e do Saturno este é um momento de expansão gradual em que o que é novo pode trazer ao de cima vulnerabilidades antigas para serem olhadas e libertadas. O Úrano a aproximar-se do seu Sol no final do mês. Para formar um trígono, pode trazer um sentimento de libertação e criatividade fora dos limites comuns.

3º decanato 11 a 20 de janeiro

Mãos à obra tem sido o seu lema e sente que está a receber os frutos desse trabalho. O mês começa com aspetos harmoniosos de Vénus e Mercúrio ao Sol e por isso há um sorriso interno, uma certa serenidade que pode aumentar na segunda semana de maio com a aproximação de Neptuno em sextil ao seu Sol.

O Nódo Norte em Gémeos faz este mês um aspeto de bastante trabalho em relação ao seu Sol. Há trabalho a fazer em ajustar-se emocionalmente aos seus objetivos de longo alcance. Isso requer a capacidade de gémeos de discriminar, categorizar, ver tudo em perspetiva.

Com o Plutão retrógado, há um regresso ao seu Sol. Irá sentir-se mais nos próximos meses, mas já se começa a aproximar. Situações amorosas poderão ser revistas. Não é fora do usual haver a repetição de certas situações para que possamos lidar com elas de diferentes maneiras. O mesmo se aplica a questões relacionadas com carreira e filhos.

Aquário

Aquário
Aquário Foto: Bastian

1º decanato 21 a 30 de janeiro

Nos primeiros dias de maio pode sentir-se um pouco em baixo fisicamente e emocionalmente não muito disponível. Mas será de curta duração. Com o Mercúrio e o Vénus a entrarem em Gémeos e a fazerem um trígono ao seu Sol logo novas ideias a entusiasmarão e essa melancolia do início do mês terá ficado mais dissolvida.

Com Júpiter a dar os seus primeiros passos em Peixes poderá receber uma inspiração para criar algo novo que poderá ocupar bastante a sua atenção mental e emocional até ao final do mês.

Saturno irá ficar retrógado no seu signo a 23 de maio, voltando a colocar-se em marcha em direção ao seu Sol. A sua intuição estará mais forte, mas atenção a padrões emocionais do passado que podem voltar, são aqueles hóspedes que já conhece bem, trate-os bem.

2º decanato 31 de janeiro a 9 de fevereiro

Mercúrio e Vénus em Gémeos trarão aquele gostinho mental a este mês. Ideias e mais ideias e algumas delas poderão ser aproveitadas. Com a ajuda do Júpiter em Peixes pode sentir-se propensa ao autoconhecimento. Pode querer ler muito ou começar um novo curso em algo que lhe dá essa promessa de crescimento. Será uma tendência forte em quase todo o mês, mas principalmente na segunda quinzena.

Marte em Caranguejo pode drenar-lhe um pouco a energia. Será um mês em que provavelmente vai estar com menos vontade de andar de um lado para o outro.

Com Saturno a ficar retrógado no seu signo pode haver uma rebeldia mais forte em si a partir deste mês e até outubro. Os sonhos podem tornar-se mais fortes, quase como que memórias rebuscadas de baús antigos de um sótão qualquer.

3º decanato 10 a 19 de fevereiro

Estará ligada à corrente? Pode ser uma pergunta a colocar a si própria. Na primeira quinzena poderá dar por si mais ativa e mais faladora do que é habitual. Cheia de vontade de tratar de assuntos e resolver questões e muito assertiva.

Com o Plutão semi-sextil Sol, a terminar o seu lento percurso em direção ao seu Sol, começa a surgir uma intensa vontade de mudar a sua vida e secretamente faz planos. Apetece-lhe guiar a sua vontade para novos propósitos. Fazer uma regeneração cíclica. Trata-se de planos de longo alcance mas já a borbulharem algures em si. Com o Quíron em aspeto ao seu Sol sente que tem ainda que curar essa sua capacidade de confiar na sua capacidade de iniciativa. Como fazer esse trabalho de se destacar no grupo? De ser a líder? Emocionalmente tem vontade de fazer algo especial, atreva-se!

A última semana do mês vai ser passada de uma forma mais plácida. Poderá ter momentos muito agradáveis em família, nos afetos mais íntimos, com bons amigos.

Peixes

Peixes
Peixes Foto: Bastian

1º decanato 20 a 29 de fevereiro

Com Marte em Caranguejo a fazer um trígono ao Sol, sente-se emocionalmente a flutuar. Com Júpiter neste mês de maio a entrar em Peixes, está mesmo a sentir-se em casa. A sua tendência sonhadora e para o escapismo está em altos níveis. Vai depender como usa esta energia, pode usá-la para a transcendência, mas também pode usá-la para ficar a sonhar acordada e a fazer muito pouco das suas tarefas.

O Plutão está também a inspirá-la a navegar por mares nunca antes navegados. Tem vontade de se escapar deste mundo para outro. A inspiração pode servir-lhe para criar novos sonhos na sua vida e se conseguir cativar o lado prático de virgem para si, fazer um bom plano e segui-lo à risca, é capaz de ter o balanço para atingir grandes feitos.

Este será um mês em que a sua imaginação estará em alta! A segunda parte do mês será mais prática, a energia estará mais virada para a ação com o mundo exterior. Mercúrio e Vénus estarão a trazer ideias inspiradas que podem fazer toda a diferença na sua vida profissional.

2º decanato 1 a 10 de março

A sua energia psíquica poderá está muito elevada neste mês de maio. Muita coisa poderá ajudar: Marte em Caranguejo, Júpiter a entrar em Peixes, Saturno a ficar retrógado em Aquário e Mercúrio a ficar retrógado em Gémeos. Há uma tendência muito forte para a mente ficar voltada para dentro e aceder a recantos que normalmente não estão tão disponíveis. Assim, pode estar mais intuitiva, mais criativa, mas também pode ficar mais virada para os seus próprios pensamentos, dependendo como lidar com estas influências.

Saturno em aspeto ao seu Sol pode trazer assuntos por finalizar na sua vida profissional ou relativa a questões mais práticas do dia-a-dia que não pode descurar.

No amor, a segunda quinzena pode ser particularmente positiva, tendo em conta que o Marte em trígono ao Sol vai deixar-lhe uma energia comunicativa, sensível e disponível a amar. Vénus em Gémeos em aspeto ao Sol pode trazer-lhe surpresas na área dos afetos, mesmo no final do mês.

3º decanato 11 a 20 de março

Úrano em aspeto ao seu Sol tem-lhe trazido a vontade de bater o pé. Sente que se quer libertar de valores que a têm limitado, nomeadamente nas questões relativas aos seus recursos e vida profissional. Pode haver frustração pois com este tipo de aspeto muito novo pode haver tendência a dar um passo em frente, dois para atrás. Faz parte.

A partir da segunda quinzena o regente do seu signo irá fazer conjunção ao seu Sol! Será possível ainda ficar mais romântica? Parece que sim. Pode andar nas nuvens e sentir que não anda, que flutua. Com a reaproximação do Plutão em sextil ao Sol pode ser o amor a bater à porta, podem ser amizades que realmente se provam verdadeiras que a deixam mesmo em estado onírico. Porque o Plutão está retrógado pode ser o caso de uma oportunidade profissional do passado se repita e poderá responder a essa oportunidade de uma maneira renovada, com melhores resultados. Esteja atenta.

Saiba mais Horóscopo, Signos, Maio, Previsões, Andrea Pereira, Abril 2021, Signos, Carneiro, Aquário, Peixes, Capricórnio, Caranguejo, Aquário, Touro, Balança, Sagitário, Virgem, Leão, Escorpião
Mais Lidas