Atual

Jessica Chastain: "[Este papel] foi intenso, penetrante e doloroso"

A atriz é Mira em 'Scenes from a Marriage', a nova versão do clássico de Ingmar Bergman já disponível na HBO. Uma mulher à beira de uma revolução pessoal numa série que confronta o espetador com os papéis de género, o amor, o ódio, o desejo, a monogamia e o casamento através da lente de um casal americano contemporâneo.

A carregar o vídeo ...
21 de setembro de 2021

Para Jessica Chastain, Scenes from a Marriage [trad. Lit.: Cenas de Um Casamento] foi uma experiência incomparável, que ocorre "uma só vez na carreira" de alguém. Trabalhar com material emocionalmente difícil e incrivelmente exigente, com o guionista e realizador Hagai Levi, e ser protagonista ao lado de Oscar Isaac estava, afirma, destinado a acontecer.

A já duplamente nomeada para um Óscar da Academia de Cinema norte-americano começou por ser alertada para o projeto por Isaac, seu amigo desde que ambos estudaram artes dramáticas em Julliard, Nova Iorque, há duas décadas. Jessica ficou imediatamente intrigada.

Oscar Isaac e Jessica Chastain em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Oscar Isaac e Jessica Chastain em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

"A notícia chegou-me quase um ano antes de começarmos a gravar", recorda. "O Oscar, que eu conheço desde sempre – andámos na escola juntos –, mandou-me um e-mail ainda antes de estar ligado ao projeto e disse: ‘Olá, ouve, a HBO vai fazer Cenas de Um Casamento. Quero fazer isto contigo.’

Leia também

"Ele disse-me que o Hagai estava envolvido – isto foi, claro, antes da Covid – e eu respondi: ‘Sim, vamos lá tentar entrar os dois nisto.’ Contudo, o meu tempo estava completamente lotado. Eu deveria estar a fazer na altura Uma Casa de Bonecas (do Ibsen) no West End, por isso disse-lhe: ‘Se as pessoas puderem esperar: é que a minha agenda está bastante ocupada – o único problema é esse.’

"E as coisas correram o seu curso normal e não puderam esperar, mas depois veio a Covid, a minha agenda libertou-se bastante, por isso, quando o Oscar voltou a mandar-me um e-mail antes de começar a gravar e me disse "Olá, isto ficou outra vez disponível’, era o timing perfeito. Eu soube muito antes – mesmo antes de o Oscar estar ligado ou de eu estar ligada ao projecto – que aquilo pertencia ao meu mundo, era algo que dava a sensação que tinha de acontecer. E eu soube isso logo no primeiríssimo instante em que li o guião."

Oscar Isaac em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Oscar Isaac em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

A versão original de Cenas de Um Casamento, de Ingmar Bergman, foi primeiro emitida na televisão sueca em 1973, protagonizado por Erland Josephson e Liv Ullmann nos papéis de Johan e Marianne, um casal, de início, aparentemente feliz, cujo casamento passa por uma crise quando o marido tem um caso amoroso. Exibido ao longo de seis episódios, a série captou a atenção do país com uns incríveis mais de 3,5 milhões de espetadores – quase metade da população, na altura – a ligar a televisão para ver o final.

Leia também

A versão de Levi é o releitura contemporânea do original e é uma história dolorosamente honesta, comovente e desoladora acerca de um casal que se ama, mas que está a caminho do divórcio. A nova série limitada de cinco episódios de Levi explora papéis de género, o amor, o ódio, o desejo, a monogamia e o casamento através da lente de um casal americano contemporâneo.

Corey Stoll, Oscar Isaac e Jessica Chastain em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Corey Stoll, Oscar Isaac e Jessica Chastain em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

Isaac é Jonathan, um professor de Filosofia, e Jessica Chastain é Mira, um alto cargo de uma empresa tecnológica que é a principal ganhadora do casal, ao passo que o marido trabalha sobretudo a partir de casa e toma conta da filha de ambos, Ava.

Chastain tem uma ligação pessoal com a série original de Bergman: ela foi dirigida por Liv Ullmann no aclamado filme de 2014 por esta realizado, Miss Julie, e escreveu-lhe antes de começarem as gravações do novo Cenas de Um Casamento.

Leia também
Oscar Isaac e Jessica Chastain em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Oscar Isaac e Jessica Chastain em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

"Mantivemo-nos em contacto", explica Jessica Chastain. "Enviei-lhe um e-mail para perguntar como estava a passar e ela respondeu-me. Sei que muitas pessoas estavam nervosas quanto ao facto de se revisitar Cenas de Um Casamento e eu consigo perceber isso porque, para mim, é uma obra perfeita, especialmente feita naquele período", diz.

"Ela condensa nela realmente tanto do que era o casamento e os papéis de género daquela época. Eu só queria que ficasse claro que eu não estava a interpretar o papel da Marianne – e que não há mais ninguém que não a Liv que conseguisse fazer aquilo, só há uma Marianne e essa é a Liv Ullmann – e eu não queria que ela pensasse que eu estava, num certo sentido, a apossar-me de algo que ela tinha criado e que também não devia ser tocado", continua a atriz. 

Nicole Beharie em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Nicole Beharie em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

"Este é um olhar moderno sobre o casamento. E também, muito interessante, é olhar para a série original e depois olhar para a nossa e ver como os papéis de género mudaram nos últimos 50 anos."

Em contraste com a peça original de Bergman, a nova série passa-se quase inteiramente em casa de Mira e Jonathan, nos arredores de Boston, que vai evoluindo visualmente em conjunto com as suas narrativas inconstantes.

Jessica Chastain, Nicole Beharie, Corey Stoll e Oscar Isaac em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Jessica Chastain, Nicole Beharie, Corey Stoll e Oscar Isaac em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

Crucialmente, também, Levi inverte os tradicionais papéis de género: "Desde o primeiro momento em que o li – e cheguei ao episódio dois e à troca que tinha sido feita –, tornou-se incrivelmente interessante para mim, porque retrata de facto as mulheres e a minha personagem, a Mira, como um ser humano completamente realizado", diz Jessica Chastain.

"Ao passo que quando olho para o original, a Liv Ullmann é como um deusa – ela um anjo e tão bonita, maravilhosa e fantástica –, mas a personagem do Johan é bastante chauvinista. Gostei bastante da ideia de explorar a noção de uma mulher com complicações e complexidades. E, para mim, essa foi a parte realmente excitante do projecto."

Sunita Mani em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Sunita Mani em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

Cenas de Um Casamento foi filmado num estúdio no estado de Nova Iorque, onde o interior da casa de Jonathan e Mira – no início, um lar feliz, mas, mais tarde, cenário de desgosto quando Mira anuncia que vai partir – foi construído pelo diretor de arte Kevin Thompson e a sua equipa.

Embora apoiados por um elenco excecional que surge em papéis secundários nos episódios um e cinco, Cenas de Um Casamento é essencialmente tocado a quatro mãos, com Chastain e Isaac como Mira e Jonathan meticulosamente desferindo um vaivém tanto de brutais discussões como de manifestações amorosas, cobrindo um período de cinco anos. Foi, diz Chastain, intenso, difícil, penetrante e, por vezes, doloroso.

Oscar Isaac, Jessica Chastain e Sunita Mani em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Oscar Isaac, Jessica Chastain e Sunita Mani em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

"Quando primeiro conhecemos a Mira, ela vive nesta espécie de depressão marital em que se asfixiou e se silenciou – e foi super-interessante explorar tudo isto com o Oscar. Também se tornou difícil e bastante doloroso em episódios mais à frente", conta.

"E quando se está a filmar estas cenas com alguém de quem realmente se gosta – porque há profunda afeição entre mim e o Oscar – torna-se muito complexo e difícil de gerir. Eu acho que isso se nota no trabalho. Foi uma gravação dura para os dois, mas, felizmente, a nossa amizade está bem e nós continuamos a falar-nos, as nossas famílias passaram férias juntas e nós passamos muito tempo juntos."

Oscar Isaac em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Oscar Isaac em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

No entanto, conta Chastain, enquanto filmavam a série, mesmo no início, "eu olhava nos olhos dele e perguntava: ‘Nós vamos continuar a ser amigos depois disto?’ Porque a sensação que dava é que era demasiado perturbador, demasiado intenso. Mas fico muito feliz por dizer que continuamos a ser muito bons amigos."

Levi descreveu as filmagens de Cenas de Um Casamento como "extenuantes, lindas e reais".

"A realidade é que foi divertido porque, de facto, um take de 20 minutos é uma coisa divertida para se estar envolvida: é como se se estivesse a vogar sobre uma onda de energia, mas era também incrivelmente doloroso.

"E a forma como o Hagai trabalha, pelo facto de ele saber tanto acerca de terapia, há tanta coisa que nós somos chamados a ir buscar ao nosso âmago mais profundo, que acabou por ser uma experiência bastante dolorosa – uma experiência em que estou muito muito feliz por ter estado envolvida, mas que não é algo para que olhe para trás e veja de um modo jubiloso. Espero trabalhar com o Hagai e o Oscar diversas vezes mais – e ambos sabem disto –, mas, para mim, eu não olho para esta experiência como tendo sido feliz."

Oscar Isaac e Jessica Chastain em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Oscar Isaac e Jessica Chastain em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

Apesar disso, a atriz tem a certeza que esta série era algo que estava votado a acontecer e não teria perdido a experiência por nada.
Curiosamente, logo no início da sua carreia, Jessica Chastain fez uma audição para o episódio piloto de Em Tratamento, série criada por Levi para a HBO a partir do seu original israelita BeTipul.

"Eu fui e fiz o teste para o episódio piloto e não consegui o papel", disse a rir. "Mas era demasiado nova, por isso não faz mal. E acabou por resultar lindamente, porque estivemos agora os três a fazer isto – este é o trabalho que deveríamos ter feito juntos."

Jessica Chastain e Oscar Isaac em 'Scenes from a marriage', da HBO.
Jessica Chastain e Oscar Isaac em 'Scenes from a marriage', da HBO. Foto: HBO

Entre os filmes de Jessica Chastain incluem-se As Serviçais, 00:30 Hora Negra, A Dívida, Procurem Abrigo, Coriolano, A Árvore da Vida, The Killing Fields – O Campo da Morte, Dos Homens Sem Lei, The Color of Time, Mamã, O Desaparecimento de Eleanor Rigby, Interstellar, Um Ano Muito Violento (em que contracena com Oscar Isaac), Perdido em Marte, O Caçador e a Rainha do Gelo, Miss Sloane – Uma Mulher de Armas, O Jardim da Esperança, Jogo da Alta-Roda, Mulher Que Segue à Frente, X-Men: Fénix Negra, IT – Capítulo Dois e Ava. Em finais de 2021 será vista em The Eyes of Tammy Faye [trad. lit. Os Olhos de Tammy Faye] e The Forgiven [trad. lit. Os Absolvidos].

Tradução: Adelaide Cabral

Saiba mais Jessica Chastain, Tammy Faye, Scenes from a Marriage, HBO, Oscar Isaac, Óscar da Academia de Cinema, Nova Iorque, artes, cultura e entretenimento, cinema, Hollywood
Mais Lidas