Prazeres

Esta vinha ardeu nos incêndios de 2017. Mas deixou um vinho irrepetível

Quando a parcela 45 da Quinta dos Carvalhais ardeu, a enóloga Beatriz Cabral de Almeida e sua equipa não desanimaram. Agora, nasce o exclusivo Parcela 45 tinto, de apenas 2036 garrafas.

11 de novembro de 2020 | Rita Silva Avelar
No verão de 2017, uma parte do país foi consumido pelas chamas. Foram longos meses marcados pelo fogo, que consumiu matas, aldeias e vilas, e esgotou membros incansáveis das populações e sobretudo dos bombeiros. Mangualde não foi excepção, e os incêndios também chegaram à Quinta dos Carvalhais, no Dão. Além de o fogo ter consumido várias zonas da vinha, consumiu o terreno onde estava plantado o melhor alfrocheiro de que havia registo na história da quinta. Beatriz Cabral de Almeida, enóloga da casa, lembra esses momentos como se fossem hoje. "No final da vindima de 2017, mais propriamente a 15 de outubro, a Quinta dos Carvalhais não foi poupada aos incêndios que aconteceram um pouco por todo o país. Algumas parcelas de vinha ficaram em muito mau estado e a Parcela 45 não foi exceção" conta.
Beatriz Cabral de Almeida, enóloga da Quinta dos Carvalhais
Beatriz Cabral de Almeida, enóloga da Quinta dos Carvalhais


"Como dizíamos lá em Carvalhais, esta era a parcela das colmeias, pois sempre a olhámos como abelhas à volta de flores. A Parcela 45 ficava numa zona mais alta relativamente às outras duas parcelas [a 46 e a 47] num solo granítico com alguma areia e retenção de água moderada, mas suficiente para o bom desenrolar do ciclo vegetativo" revela, recordando que este era "um local lindo, com floresta e a Serra da Estrela na paisagem circundante! Um local especial, como este Alfrocheiro que dali nasceu. Conseguimos vindimar a Parcela 45 no momento perfeito de equilíbrio entre fruta do bosque, frescura e estrutura. Poucos dias mais tarde, com o vinho já em plena fermentação em barrica, surgiu um incêndio na propriedade e a vinha desta parcela foi arrasada."

Mas houve uma parte boa nesta história. "Felizmente, as uvas daquele que consideramos o melhor Alfrocheiro de sempre da Quinta dos Carvalhais foram colhidas a tempo." Foi dessas uvas que nasceu o Quinta dos Carvalhais Parcela 45 Tinto 2017, um vinho feito exclusivamente com esse alfrocheiro."Resta-nos agora a memória de como a natureza funcionou tão bem. O Parcela 45 é um vinho especial e também irrepetível, um bom presságio para o novo Alfrocheiro entretanto plantado no mesmo local" explica a enóloga.
Quinta dos Carvalhais Parcela 45 Tinto 2017
Quinta dos Carvalhais Parcela 45 Tinto 2017


Uma das castas mais privilegiadas no Dão devido ao seu terroir especial, o alfrocheiro dá um toque diferente aos vinhos. "São vinhos que lembram um perfume suave, vinhos muito frescos e delicados, com uma estrutura elegante e aromas subtis, como cogumelos e frutos silvestres. Quando em lote, juntamente com outras castas, o Alfrocheiro traz elegância e envolvimento ao conjunto" explica Beatriz Cabral de Almeida.
Quinta dos Carvalhais
Quinta dos Carvalhais


No início deste ano foram replantados 28 hectares dos 50 hectares que a vinha da Quinta dos Carvalhais tem, e no local da Parcela 45 voltou a ser plantado alfrocheiro. Além disso, a quinta aproveitou para dar um novo rumo ao projeto vinícola. "Como se costuma dizer, há males que vêm por bem. A equipa de enologia e viticultura da Quinta dos Carvalhais aproveitou a replantação de parte da vinha para colocar em prática, no terreno, alguns resultados de estudos e experiências que têm vindo a ser feitos. Assim, do estudo de solo e terroir da Quinta dos Carvalhais, por exemplo, percebemos que existem diferentes tipos de solo na propriedade, alguns dos quais mais específicos e adequados para a plantação de determinadas castas" explica, acrescentado que "por essa razão, voltámos a plantar as mesmas castas que antes ali tínhamos e ainda aproveitámos para introduzir a Tinta Pinheira, uma casta que caiu um pouco em desuso, mas que agora irá certamente contribuir para diferenciarmos a nossa oferta e obtermos vinhos mais elegantes, frescos e delicados" conclui a enóloga.

Leia também
Quinta dos Carvalhais Parcela 45 Tinto 2017 está à venda por €54 e só existem 2036 garrafas do mesmo.
Leia também
Saiba mais Quinta dos Carvalhais, Alfrocheiro da Parcela 47, Tinta Pinheira, Vinho, Casa Vinícola, Beatriz Cabral de Almeida
Relacionadas
Mais Lidas