Moda

Tomas Maier já não tem a marca própria

Laços entre a marca e a empresa Kering foram quebrados duas semanas após a saída do designer da Bottega Veneta.

29 de junho de 2018 | Joana Maia Rodrigues

Depois de 17 anos, o designer alemão encerrou o capítulo Bottega Veneta para se dedicar à sua marca homónima. Mas duas semanas após esta decisão, Tomas Maier – a marca – deixa de existir. O site WWD revela que chegou ao fim a parceria entre o designer alemão e a Kering. Tudo começou em 2013, quando a holding francesa detentora da Bottega Venetta investiu 10 milhões de euros na marca de Tomas Maier. A marca teve início em 1997, sobretudo dedicada à criação de fatos de banho e malhas. Esta primavera apresentou uma coleção-cápsula, com a marca Uniqlo.
Ainda não foi apontada uma razão para este divórcio entre a Kering e Tomas Maier, no entanto, não será um caso isolado. Entre as últimas decisões económicas do conglomerado empresarial contam-se a venda da marca Stella McCartney à mesma, a venda da Puma e ainda as negociações para vender a marca escocesa homónima Christopher Kane. 
Ainda não é conhecido o próximo passo do designer Tomas Maier que, apesar desta reviravolta, mostra-se entusiasmado com as perspetivas de futuro.

Saiba mais Tomas Maier, Bottega Veneta, moda, notícias, Kering
Relacionadas
Mais Lidas