Celebridades

Britney Spears: pai da cantora pede fim da tutela após 13 anos

Jamie Spears avançou com uma petição para pôr fim à tutela da filha, depois de controlar diversos aspetos da vida da cantora desde 2008.

Britney Jean Spears
Britney Jean Spears
08 de setembro de 2021 | Ana Damião

Após meses de luta, a cantora norte-americana conseguiu o que desejava – liberdade.

Em agosto, tinha ficado acordado em tribunal que Jamie Spears iria afastar-se do cargo de tutor da filha, mas com a condição que tal fosse feito "na altura certa". Porém, o pai de Britney Spears avançou ontem, dia 7, com uma petição para terminar o acordo de tutela da filha, a qual terá de ser aprovada pela juíza Brenda Penny, de acordo com o Publico.

"Os acontecimentos recentes relacionados com essa tutela puseram em causa se as circunstâncias mudaram a tal ponto que os fundamentos para o estabelecimento de uma tutela podem já não existir ", lê-se no requerimento, citado pela CNN, relativamente à causa que levou a tal decisão.

Britney Spears. Foi no documentário 'I am Britney Jean' (2013) que a cantora falou da doença publicamente.
Britney Spears. Foi no documentário 'I am Britney Jean' (2013) que a cantora falou da doença publicamente. Foto: Getty Images
Leia também

Os advogados de Jamie Spears afirmam que tal como já tinha sido referido, "tudo o que ele quer é o melhor para a sua filha".

"A sra. Spears disse a este tribunal que quer retomar o controlo da sua vida sem uma tutela", lê-se no documento entregue ao tribunal de Los Angeles. "[Britney] quer ser capaz de tomar decisões sobre os seus cuidados de saúde, decidir quando, onde e com que frequência tem terapia. Quer controlar o dinheiro que ganhou com a sua carreira e gastá-lo sem supervisão. Quer casar e ter filhos, se for essa a sua vontade. Em suma, quer viver a vida como desejar, sem as restrições de uma tutela ou de procedimentos judiciais", refere o documento.

Britney Spears nos MTV Video Music Awards em 2015.
Britney Spears nos MTV Video Music Awards em 2015. Foto: Getty Images

Nos últimos meses, Britney tinha recorrido à justiça dos Estados Unidos várias vezes, alegando a tutela do pai como "abusiva". Mathew Rosengart, advogado da mesma, reagiu ao acontecimento declarando que se tratava de uma vitória para a cantora, mas que as investigações relativamente à gestão do património financeiro da filha iriam continuar à mesma. "Parece que o sr. Spears acredita que pode tentar evitar a sua responsabilidade e a justiça", disse Rosengart num email, segundo o The Guardian.

Leia também

Britney foi colocada sob a tutela do pai por questões relacionadas com a sua saúde mental. A próxima audição do caso está marcada para dia 29 de setembro.

Saiba mais Britney Spears, Jamie Spears, Mathew Rosengart, saúde mental, acordo de tutela, questões legais, celebridades, cantores, hollywood, cultura pop, família
Mais Lidas