Beleza / Produtos

Velas e perfumes? A escolha certa para dar personalidade à casa

A Comporta Perfumes acaba de lançar quatro luxuriantes fragrâncias para a casa. Pelo meio, há uma colaboração com a Vista Alegre da qual nasceu uma peça de decoração tão distinta como os aromas da marca.

A carregar o vídeo ...
24 de agosto de 2021 | Rita Silva Avelar

Tal como os seus perfumes, que são de nicho, também as fragrâncias que a Comporta Perfumes lançou para a casa são especiais e se distancia dos aromas tradicionais. Ao evocar luxúria, conforto e sensualidade, os perfumes desta marca portuguesa fundada por Pedro Simões Dias distinguem-se pela minuciosa combinação de ingredientes, e inspiram-se na Comporta, no litoral alentejano.

Vela e perfume Bravo para a casa, Comporta Perfumes.
Vela e perfume Bravo para a casa, Comporta Perfumes.

Tão marcantes como os perfumes, as fragrâncias de casa, que se materializam em forma de vela (de 290 ml, €62) e perfume para casa (450ml, €75), são a Mosquito, a Camellia, a Chama e a Bravo. Fazem parte da coleção Home Stories Collection, uma novidade que se segue depois do sucesso que os nove perfumes unissexo que Pedro desenvolveu tiveram no mercado português e internacional. Só que desta vez foram pensados para levar o espírito e essência da Comporta para dentro de casa. "Os perfumes são como uma espécie de repertório para cravo, de Sebastian Bach, por serem cheios de nuances" começa por contar o fundador da marca, no palácio Verride, em Lisboa, onde decorreu a apresentação desta coleção.

Vela e perfume para a casa Camellia, Comporta Perfumes.
Vela e perfume para a casa Camellia, Comporta Perfumes.
Vela e perfume para a casa Chama,  Comporta Perfumes.
Vela e perfume para a casa Chama, Comporta Perfumes.
Leia também

"A nossa ideia foi transportar as experiências da Comporta para casa através de quatro cheiros. O Mosquito é tão forte ao nível da marca que irá ter sempre uma declinação em tudo aquilo que fazemos mas há três novos perfumes", explica. "O Mosquito é sobretudo um perfume espacial, limpo, cheio de cítricos." Já o Camellia lembra as notas de "bergamota, chá verde, cardamomo, lírio, são notas florais, leves, aquosas e elegantes." Os outros dois são mais intensos, como explica Pedro Simões Dias. Pulverizar o Bravo é "como estar debaixo de uma figueira" diz. "Evoca o figo com um toque de côco, copaíba, limão, cedar", o que lhe dá um carácter mais doce. Por fim, o Chama, Pedro criou-o inspirando-se "num príncipe francês, que tem vários castelos" e que faz lembrar "festas na fogueira, e evoca notas de caramelo, praliné, mas também de madeiras e couro."

Al-qasar, uma peça em colaboração com a Vista Alegre, €100, Comporta Perfumes.
Al-qasar, uma peça em colaboração com a Vista Alegre, €100, Comporta Perfumes.

Da coleção Home Stories Collection, faz parte uma colaboração com a Vista Alegre. "Trabalhámos com a Vista Alegre para nos criar uma peça exclusiva, e que se inspira no cais palafíticos, nas ondas do mar. É uma peça que convive bem em casa. Chama-se AL-qasr, em árabe, que quer dizer fortaleza ou palácio, já que todas as peças da marca têm um nome próprio." A vela pode ser vendida em separado ou com a peça, e o conjunto custa €145.

Leia também
Saiba mais Vista Alegre, Comporta, Home, Mosquito, Pedro Simões Dias, Perfumes, Camellia, Chama, Bravo, Stories Collection, Comporta Perfumes
Mais Lidas