Beleza / Produtos

Mito. Não, os poros não abrem e fecham

O mito está disseminado e é muitas vezes utilizado para vender produtos e tratamentos. O que não significa que não seja possível minimizar a aparência dos poros – mas com realismo.

Kaia Gerber nos bastidores de Fendi da Fashion Week de Milão primavera/verão 2019.
Kaia Gerber nos bastidores de Fendi da Fashion Week de Milão primavera/verão 2019. Foto: Getty Images
22 de agosto de 2021 | Joana Moreira

Como conseguir uma pele imaculadamente lisa e "perfeita"? Com um filtro do Instagram (ou, para os mais old school, com Photoshop). É essa a única forma de alcançar o padrão irrealista de beleza que tantas vezes é vendido nas redes sociais e fora delas. Porque, na verdade, a pele tem poros. Por todo o corpo temos pequenas aberturas dos folículos pilossebáceos onde se acumula sebo, suor, poluição ou maquilhagem. O tamanho varia de pessoa para pessoa e quem tem pele oleosa terá geralmente poros mais dilatados. Mas há outros fatores que podem influenciar o tamanho dos nossos poros, como a idade, a temperatura, a genética ou mesmo os cuidados de rosto.

Antes de incidir nas estratégias possíveis para minimizar a sua aparência, convém lembrar que é impossível fechar os poros, já que estes fazem parte da estrutura da pele. O que fazer então? Adotar estratégias para evitar a dilatação dos mesmos e apostar na limpeza para a sua desobstrução.

A higienização da pele é o primeiro passo. Ter uma pele limpa fará com que os poros não estejam com sujidade acumulada, o que os deixa mais visíveis. Apostar numa boa rotina de limpeza é, por isso, um bom princípio. Basta escolher um produto adequado ao tipo de pele e fazê-lo de manhã, à noite, ou em ambos momentos, dependendo da necessidade.

Gel Effaclar com efeito micro peeling, €21,80, La Roche Posay
Gel Effaclar com efeito micro peeling, €21,80, La Roche Posay Foto: D.R
Leia também

A esfoliação, publicitada muitas vezes como essencial para livrar a pele de células mortas, é também uma forma de garantir a desobstrução dos poros. Pode escolher entre esfoliantes químicos ou físicos ou até escovas de limpeza, elétricas ou manuais.

Também o tónico, que é para muitos um produto absolutamente dispensável na rotina de beleza, pode ser um aliado para quem queira ajuda neste departamento. Existem produtos desta categoria com efeitos adstringentes que ajudam a contrair temporariamente a pele, minimizando o tamanho dos poros (contudo nunca chegando ao ponto de os "fechar").

Intensive Propolis+Zinc Lotion, €28,40, Esthederm
Intensive Propolis+Zinc Lotion, €28,40, Esthederm Foto: D.R

Além dos cuidados de pele, há outras formas de contornar a aparência visível dos poros e poucas são tão imediatas como a utilização de maquilhagem. Por exemplo, utilizar um primer que preencha os poros – na sua generalidade os que conseguem este efeito têm silicone na sua constituição (lembrando que não há evidência científica que aponte para malefícios do uso do ingrediente na cosmética) – pode ser uma forma fácil de criar o efeito de pele "lisa". Há, também, já protetores solares capazes de dar este efeito. Outra forma é utilizar uma base adequada ao tipo de pele, preferindo texturas mais líquidas em vez de versões em pó – uma base em pó, por norma, evidenciará sempre mais os poros.

Leia também
Protetor Sun Secure Blur com SPF 50, €19,50, SVR
Protetor Sun Secure Blur com SPF 50, €19,50, SVR
Leia também
Saiba mais pele lisa, filtos, cuidados de rosto, maquilhagem, primer, tónico, esfoliação, limpezas de pele, cosmética, beleza
Mais Lidas