Atual

Horóscopo. As derradeiras previsões astrológicas para dezembro

Dezembro encerra o capítulo 2021. Será que o prognóstico dos horóscopos inspira bons presságios? De Carneiro a Peixes, o eclipse solar a 4 de dezembro e o Vénus retrógrado em Capricórnio podem ser fortes fatores de influência. Saiba ao detalhe, signo a signo.

A carregar o vídeo ...
29 de novembro de 2021 Andrea Pereira

Andrea Pereira, praticante de astrologia evolutiva, faz um relato signo a signo e consoante o dia em que nasceu. Conheça alguns dos termos da astrologia no glossário, aqui.

Sol em Carneiro

1º decanato - 21 a 31 de março

Estar em casal ou em equipa pode requerer algum esforço de conciliação e adaptação no início do mês: levar a sua avante pode significar ter que trocar por miúdos a sua originalidade e, como se sente criativa, insista no fator paciência.

A lua nova e o eclipse solar em Sagitário vão trazer-lhe força física e inspiração para mudanças. Sente-se com vontade de planear uma viagem especial. 

A vida amorosa parece estar a sorrir-lhe com compromisso e estabilidade. Anunciam-se momentos decisivos e com bastante reflexão a partir de dia 17 de dezembro. De 12 a 19 espere por tomar decisões relativas a antigos desejos e que se preparam agora para concretizar. A passagem de ano acontecerá com boas vibrações.

2º decanato - 01 a 10 de abril

A lua nova e o eclipse solar irão trazer-lhe um sentido de inspiração inusitado. As interações com os outros vão estar pontuadas por faíscas de bom humor e de excitação.

De 12 a 19 de dezembro há escolhas a fazer em relação ao rumo dos acontecimentos: onde investir e onde não investir. Para que direção seguir? A lua cheia irá trazer-lhe momentos de partilha e de escolha.

Momentos em grupo e em família podem trazer diferenças de valores ao de cima e desafiar o seu temperamento.  Lembre-se de relevar as diferenças e ver mais o que existe em comum.

3º decanato - 11 a 20 de abril

O mês pode começar com espírito de resolução de problemas. Provavelmente terá de usar da sua autoridade para tomar decisões difíceis. As relações íntimas podem ser afetadas. Se pensar no bem de todo o grupo as suas decisões vão ser compreendidas pois terá bons argumentos. A 11 de dezembro o ambiente relacional estará mais leve.

Pode ser um mês em que o peso da responsabilidade estará mais sobre os seus ombros e sentir que está um pouco cansada e que lhe apetecia não ter tanto no prato. Vénus retrógrado está a fazê-la refletir sobre a sua relação amorosa e no que quer mudar.

As festividades terão ainda assim o gosto de estar em família e com os amigos e isso trará as suas recompensas.

Carneiro
Carneiro Foto: Bastian

Sol em Touro

1º decanato - 21 a 30 de abril

As questões financeiras e de carreira estão na sua cabeça. Com o Vénus retrógrado até março há essa necessidade de restruturar e refletir. Sente que há projetos de que deve abandonar e está à espera do momento certo. É altura de cultivar novos sonhos e fé.

Sente que o passado o/a está a agarrar pelos calcanhares. Objetivos que tinha em mente alcançar e qua ainda não foi este ano. Tente perceber o que falhou e ajuste e adapte aquilo que lhe é pedido.

Este será um mês de muita reflexão. Não resista. Às vezes é necessário parar para pôr tudo em perspetiva.

2º decanato - 01 a 10 de maio

No início do mês pode sentir-se mais recolhida. Com vontade de refletir mais do que tomar grandes decisões. A segunda quinzena, das festividades, já vai ser mais convidativa às conversas e às partilhas.

Vénus em Capricórnio está a fazer-lhe refletir sobre contas e sobre a sua relação. Pode sentir que a vida amorosa está muito cristalizada e querer transformar a rotina. Os encontros de família também lhe podem trazer alguma instabilidade e isso levá-la a refletir sobre mudanças a ter em conta.

Tratam-se de momentos de reflexão sobre o que gostaria que mudasse para renovar a sua fé e esperança neste ano que se aproxima.

3º decanato – 11 a 20 de maio

Parece haver um fogo reacendido na relação. Planos estão a ser feitos e reavaliados e isso pode dar espaço para discussão. É tempo de escolhas. A intimidade está favorecida. Amor e amizade são as estrelas deste mês para si.

Encontros com grupos e amigos pode trazer conversas sobre valores à mesa e perceber que há ideias muito díspares da sua. Às vezes mais vale abanar a cabeça sem grandes comentários. Aprenda a discernir quando vale a pena responder.

Está na meta final de resolver questões relacionadas com a sua saúde, mas há ainda a parte final do processo a requerer paciência. Não alastre sintomas sem ir ao médico.

Touro
Touro Foto: Bastian

Gémeos

1º decanato - 21 a 30 de maio

A sua criatividade está a ter picos bem altos. Há muito que não se sentia tão inspirada. Começa o mês com muita interatividade e comunicação. Contactos com outras culturas podem estar enfatizados. Podem ser assinados novos acordos.

A 4 de dezembro, o eclipse solar vai acontecer no signo oposto ao seu, Sagitário. Pode ganhar objetividade sobre aquilo que é mesmo verdade na sua vida e pode tornar-se óbvia a necessidade de aprender a parar.

Na segunda quinzena pode sentir o pavio curto com as suas interações. Lembre-se de ficar mais à escuta e responder no dia a seguir ou passado três dias evitando ser reativa. Atrações do passado podem dar notícias.

2º decanato - 31 a 9 de junho

O eclipse solar do dia 4 de dezembro vai acontecer mesmo em oposição ao seu Sol trazendo-lhe revelações sobre o que quer e, por isso, pode haver uma mudança de direção no seu destino.

Na segunda quinzena, temas profissionais ou de família precisarão do seu ajustamento. Terá que se adaptar aos hábitos dos outros e isso poderá trazer-lhe alguma crise. Ter que fazer escolhas a este nível poderá ser incómodo para si pois pode sentir-se indecisa.

A última semana terá momentos especiais em grupo. Algo de novo e inesperado poderá surgir destes encontros.

3ª decanato - 10 a 20 de junho

O mês começa com uma decisão por tomar. Pensar: o que é que eu quero, quais são as minhas necessidades e como equilibrar com as necessidades e desejos de quem me rodeia. Nessa adaptação algo de muito bom pode acontecer.

No amor e na amizade há surpresas que podem surgir. Algo de fazer sorrir o coração. No final do mês, burocracias podem meter-se no seu caminho. Mantenha o sangue frio para alcançar soluções.

Na vida profissional há detalhes que têm de ser tratados com toda a equipa profissional e que requerem originalidade e pensar fora da caixa. Pode sentir-se meio bloqueada. Conte com conselhos de bons amigos.

Gémeos
Gémeos

Caranguejo

1º decanato - 21 a 30 de junho

Sente que precisa de menos segurança emocional do que é habitual, algo a anda a libertar das suas naturais inseguranças. Boas vibrações no campo das amizades. No dia 8 cuidado com os imprevistos, pode sentir que terá de ser o suporte de alguém ou acalmar os ânimos.

A partir de dia 12 de dezembro situações emocionais do passado podem ressurgir numa tentativa de conexão o que pode trazer algum sentimento de bloqueio e crise.

A última semana do ano será pontuada com brindes e boa disposição. Pode sentir muita afinidade com aqueles que lhe são próximos.

2º decanato – 1 a 10 de julho

Na primeira quinzena do mês sentirá que está com falta de espírito prático ou que isso estará em falta à sua volta, de alguma maneira. O trabalho em equipa exigirá muito esforço de adaptação e poderá não ter a paciência necessária.

No início da segunda quinzena pode sentir falta de energia física, mas que no fundo será por necessidade de descanso da agitação emocional, devido a mal-entendidos. Questões do passado podem voltar para serem resolvidas.

O segredo para este mês é uma hora por dia isolar-se e fazer algo de que realmente gosta para poder não pensar em mais nada.

3º decanato – 11 a 21 de julho

Depois de um ano mais complicado, parece que o amor sorri nestas últimas semanas. A 4 de dezembro o eclipse solar e a lua nova trar-lhe-ão uma mudança de direção no amor. Na intimidade pode sentir que está a conhecer mais profundamente alguém, os seus hábitos e manias.

Momentos em grupo e família podem não ser os mais apetecidos neste mês, algo em si precisa de silêncio. Até porque a sua cabeça poderá estar orientada para outros "cantos".

Nos últimos dias do mês revelações de amor e declarações de amizade no horizonte. Financeiramente pode sentir que foi longe demais nos seus gastos.

Caranguejo
Caranguejo

Leão

1º decanato - 22 a 31 de julho

Está com vontade de celebrar. Para si, expandir o coração e encher os outros de amor está no seu ADN. Pode também dar a volta à cabeça e à casa para ser mais criativa. Pode estar com vontade de decorar a casa, comprar roupa para celebrar as diferentes ocasiões deste mês. 

De 12 a 18 reencontros com o seu passado podem dar frutos muito positivos, seja ao nível do amor ou da profissão.

Mais para o final do ano, amigos podem querer coisas diferentes e os festejos podem ser difíceis de organizar. Podem acontecer desencontros. Pode estar muito excitada por que tudo aconteça, e o resto do grupo mais esmorecido.

2º decanato - 1 a 11 de agosto

O mês começa com bastante energia e vontade de passear e viajar! A 4 de dezembro o eclipse solar vai-lhe trazer novos ventos na vida amorosa e familiar. Uma mudança de direção e conversas que a podem surpreender.

Nas reuniões de família pode sentir que algumas conversas podem não fluir. No trabalho pode sentir tudo menos vontade de trabalhar. Terá que fazer algum esforço para enfrentar algum tipo de bloqueio comunicativo, na última semana do mês.

Aproveite o tempo com os mais pequenos. Junto deles vai sentir-se em casa, como se pudesse ser a criança que sente que é. O dia da passagem de ano vai ser vivo com energia.

3º decanato - 12 a 22 de agosto

É tempo de conhecer melhor os seus amigos e grupos onde se move: família, trabalho, amigos. Algumas verdades podem vir à tona. Momentos com muito boa disposição estão na calha.

No amor a energia pode ser de ajustamento e adaptação. Financeiramente, pode haver alguns bloqueios e isso interferir com a paz de espírito.

A 4 de dezembro o eclipse solar pode trazer um desbloqueio que se pode manifestar com alguma tensão. Seja flexível no ambiente familiar, modere o sentido de autoridade. 

Leão
Leão

Virgem

1º decanato - 23 de agosto a 1 de setembro

Muito trabalho neste mês de dezembro, mas também reconhecimento pelo seu esforço e capacidades. Continua num processo de escolhas. Sente que tem de ter muito discernimento para fazer a escolha adequada em relação ao seu rumo profissional.

A 4 de dezembro o eclipse solar vai trazer-lhe acontecimentos inesperados, mas que lhe darão um sentimento de "estava no lugar certo, à hora certa".

Na segunda quinzena, pode ter um instinto emocional para ir para uma determinada direção. Oiça a sua intuição, mas não seja impulsiva. Escreva num papel aquilo que sente e depois partilhe e pondere as suas ações.

2º decanato - 2 a 11 de setembro

O eclipse solar a 4 de dezembro pode desencadear uma crise existencial em que grandes conclusões podem ser alcançadas. A partir da segunda quinzena vai sentir vontade de pôr em prática mudanças substanciais.

A última semana será de alegre comunicação em família. Estará mesmo com o espírito de partilha que a época de festas convida.

Júpiter em Peixes, mesmo no final do mês, vai convidá-la a encher-se de otimismo e fé para 2022.

3º decanato - 12 a 22 de setembro

Parece que o sapatinho da Cinderela entrou no pé! Sente que o amor está a sorrir. A época festiva vai ter uma aura de amor e carinho.

No trabalho pode sentir que não lhe dão descanso. Muito a fazer e o trabalho em grupo pode não estar tão inspirado quanto isso. Continua a pensar como desenvolver aquele talento para ganhar mais uns trocos e ter o seu propósito realizado.

A 19 de dezembro a lua cheia em Gémeos pode trazer-lhe noção da lista de desejos para 2022, pode estar cheia de vontade de pôr desejos antigos em processo de concretização. Pode ser um momento de reflexão.

Virgem
Virgem

Balança

1º decanato - 23 de setembro a 1 de outubro

O eclipse solar vai trazer uma mudança de visão sobre o seu caminho. Talvez conversas com os outros podem trazer-lhe luzes sobre que rumo seguir. Dentro das suas ideias, projetos a dois ou em grupo podem-se desenhar no futuro.

Sente-se determinada a fazer escolhas que ecoem com o seu sentimento de propósito no mundo. Está cheia de ideias.

Na segunda quinzena apetece-lhe viajar, mas assuntos pendentes da vida profissional podem atravessar-se no caminho ou tirar-lhe a paz e o descanso no seu passeio. Júpiter a entrar em Peixes no final do mês vai encher-lhe o coração de poesia e fé.

2º decanato – 2 a 11 de outubro

No início do mês os planetas em Sagitário podem dar-lhe vontade de planear viagens ou contactos com o exterior. O eclipse solar a 4 de dezembro pode trazer transformações relativas a filosofias, valores, viagens.

Marte em Escorpião está a dar-lhe vontade de apimentar a vida amorosa de formas originais. No geral esta é uma fase chave para os seus relacionamentos. Pode ser espicaçada a abandonar hábitos antigos.

No trabalho tem de se adaptar a costumes e formas diferentes de trabalho devido a contextos diferentes que se atravessam no caminho. Há imprevistos financeiros no caminho e sente que tem que ser cautelosa.

3º decanato – 12 a 22 de outubro

Vénus retrógrado vai criar alguma tensão nos relacionamentos e na expressão daquilo que é realmente importante para si. Pode haver também dificuldade em expressar a sua autoridade. O escape poderá ser sair da rotina, passear e espairecer.

O eclipse solar a 4 de dezembro que desafiá-la a pôr em marcha aquilo que são as suas visões, passar das palavras à ação. Entre 12 e 19 de dezembro poderá ter ideias do passado a quererem ser ativadas na realidade.

As festividades podem ser passadas com alguma frustração. Sente que a tratam ainda como uma criança? Pode ter a sensação de que se está sempre a sacrificar pelo outro. Lembre-se de dizer o que realmente quer.

Balança
Balança Foto: Bastian

Escorpião

1º decanato - 23 de outubro a 1 de novembro

Depois de um mês de intensidade é agora altura de novos inícios, de pôr novos planos em marcha. Tem a terra à frente e é altura de lançar semente e desenhar planos. Não descure esta parte essencial do processo.

O eclipse solar a 4 de dezembro pode trazer-lhe essa clareza daquilo que realmente precisa e do que procura para si. O que pode ser complicado é fazer escolhas pois sente que tem que pensar não só em si como nos seus. Faça isso e será recompensada.

A entrada de Júpiter em Peixes no final do ano vai dar-lhe um sentimento de renovação de fé. Harmonia e paz vão ser os tons das festividades.

2º decanato - 2 a 11 de novembro

Vénus retrógrado em Capricórnio vai trazer-lhe planos de construção dos alicerces do seu futuro o que se pode manifestar em obras e aquisição de bens ou num sentido mais abrangente. No entanto pode contar com alguns atrasos.

Pode ser uma altura de sorte. Alguém pode entrar na sua vida sem dar conta. Se não for pela porta principal, poderá ser pela janela. Com o Vénus retrógrado espere pode desenvolvimentos lentos.

Os últimos dez dias do ano poderão ter uma energia fora do comum com grande vivência de amor familiar e com ideias criativas a borbulhar.

3º decanato - 12 a 21 de novembro

Os seus amigos podem ser desafiantes na relação consigo logo no início do mês. Talvez queiram mais de si do que aquilo que consegue dar de momento.

O trabalho continua a florescer. Parece que há algo de harmonioso em trabalhar consigo, as pessoas gostam de si e sentem que respeita os limites. Tratar da sua saúde continua a ser um objetivo na sua lista de afazeres.

A 4 de dezembro no eclipse solar vai sentir tanta energia que não vai saber o que fazer com ela. Aproveite-a em objetivos tangíveis. Planifique esse dia para concretização. Se não canalizar essa energia pode depois ser ativada como raiva ou irritação.

Escorpião
Escorpião

Sagitário

1º decanato - 22 de novembro a 1º de dezembro

Se nasceu a dia 1 de dezembro este ainda é o seu mês! Muitos parabéns. Mercúrio e Sol estão em Sagitário e há por isso uma energia no ar que lhe é muito familiar. Uma tendência à boa disposição, ao convívio e à partilha que lhe é muito natural.

Este pode ser um mês em que vai conhecer pessoas mais alinhadas com os seus valores. Há viva troca de ideias com pessoas que admira e que a inspiram. Uma dessas pessoas poderá ficar a fazer parte da sua vida por mais tempo e de forma significativa.

O eclipse solar no seu signo vai levá-la a entrar em contacto com o seu propósito criativo para mais um ano de vida, de uma maneira muito profunda. A segunda quinzena vai ser forte relativamente aos seus desejos, energia sexual e física. Arranje forma de a canalizar.

2º decanato - 2 a 11 de dezembro

É o seu aniversário e está com a moral toda. Sente-se inteira, enérgica e o eclipse solar de 4 de dezembro pode trazer-lhe enormes revelações sobre passos a dar a seguir. Esteja atenta nesse dia a revelações internas ou externas.

No amor e na amizade as relações vão fluir e há surpresas a sair da cartola no seu aniversário. Criatividade e expansão podem marcar este mês. Na última semana vai estar com tanta energia que só as crianças a acompanham.

Profissionalmente ideias a dois podem ter uma reavaliação de como serem levadas à ação de forma eficaz e criativa.

3º decanato - 12 a 21 de dezembro

Parabéns! Os seus amigos vão fazê-la sentir o centro do universo. A celebração vai ser bonita. O eclipse solar no seu signo vai trazer-lhe uma energia renovada e fé no futuro.

No trabalho sente que há desafios que a estão a tirar do seu centro. Novidades que tem de integrar e que estão a ter um grau de dificuldade exigente, será necessária insistência e treino.

Financeiramente sente que tem que fazer algum exercício de contenção para se adaptar a estes tempos que sente como sendo de maior necessidade. Novas ideias de para ter novos recursos estão na berlinda e em reflexão.

Sagitário
Sagitário

Capricórnio

1º decanato 22 a 31 de dezembro

Muitos parabéns, capricorniana! Começa o ano com o Vénus retrógrado no seu signo, poderá ser uma altura de reflexão para mudanças futuras. Há novas estruturas em mente.

Algo de diferente pode apimentar a relação amorosa: uma viagem inesperada, um jantar surpresa. Profissionalmente, pode também receber uma notícia inesperada de algo que pode ver como positivo. O eclipse solar em Sagitário pode ser o catalisador desta energia benéfica.

O início da segunda quinzena pode ser marcado por uma frescura mental com capacidade de visão e de resolução de diferentes tarefas. Está com vontade de terminar os assuntos pendentes para poder começar o Ano Novo da melhor maneira.

2º decanato 1 a 10 de janeiro

O eclipse solar a 4 de dezembro vai trazer-lhe a perfeita noção dos ciclos que precisa de fechar na sua vida e das novas sementes que quer trazer ao mundo. De 12 a 19 de dezembro esse processo de reflexão vai ser aprofundado.

A partir de 19 de dezembro com o Vénus no seu signo em marcha a rés vai sentir uma vontade grande de recolhimento e ao mesmo tempo parece que as relações vão querer a sua atenção. Respeite as suas necessidades emocionais. A Lua Cheia em Gémeos incentiva-a a fazer escolhas.

A época festiva vai ser desafiante pela vontade de recolhimento e também porque dependem de si para organizar tudo. No fim gostará do convívio.

3º decanato 11 a 20 de janeiro

Vénus está plantado no signo de Capricórnio nos próximos meses e, no seu decanato, durante grande parte do tempo.  É agora para si mais claro aquilo de que precisa e aquilo que não quer.

A vida em família está privilegiada e nesta quadra mais do que nunca. Pode sentir que está finalmente a ter um pouco do descanso e da paz merecidos. O eclipse solar a 4 de dezembro vai reforçar a certeza da desaceleração que pretende para o novo ano. 

No amor o ambiente é de calor humano, reflexão e pensamento para a transformação. Podem também surgir pessoas do passado com o Vénus retrógrado ou conhecer-se finalmente aquela pessoa com que temos uma boa conexão.

Capricórnio
Capricórnio Foto: Bastian

Aquário

1º decanato 21 a 30 de janeiro

Começa o mês cheia de criatividade e energia para a ação. O eclipse solar de dia 4 de dezembro pode dar-lhe um sentimento especial de destino, uma inspiração para uma ação que pode mudar o rumo da sua vida neste momento. Siga o instinto.

Neptuno em aspeto ao seu Sol está a impulsioná-la a discernir entre o sonho e a realidade, entre fé e sentimento de derrota. Encontre o meio termo.

A energia para a ação vai ser estável ao longo do mês e se está num compromisso haverá um sentimento de parceria nestas novas ideias e desejos. De 12 a 19 ponha as mãos à obra e termine aquilo a que se propõe.

2º decanato 31 de janeiro a 9 de fevereiro

É tempo de cura do se poder de iniciativa. É tempo de acreditar em si e saber que o que tem a fazer passa pela cura desse seu instinto que sabe o que quer. O eclipse solar vai trazer-lhe a noção do que tem a completar na sua vida. É altura de planificar.

Em temas relacionados com a saúde, é tempo de cuidar de si. De 12 a 19 de dezembro pode haver um aumento exponencial do seu sentimento de autoestima e bem-estar. As suas relações podem estar alinhadas com essa estima interna.

A partir de 19 de dezembro, amores ou amizades do passado podem regressar.  Abra a porta e resolva o que houver para resolver.

3º decanato 10 a 19 de fevereiro

Situações de desconfiança nas suas relações podem surgir. Sente que precisa de maior clareza e de saber melhor com quem se relaciona. Investigue e faça as questões pertinentes.

As relações de intimidade podem beneficiar de alegria e expansão, assim como relações com crianças podem estar beneficiadas. Pode sentir-se uma criança, com vontade de descobrir o mundo. Pode também ter vontade de ser mãe.

O eclipse solar vai trazer-lhe um sentimento de criatividade e inovação como há muito não sentia. Se estiver ligada ao artístico pode ser o mês para dar asas à imaginação e dar prendas de Natal criativas aos seus.

Aquário
Aquário Foto: Bastian

Peixes

1º decanato 20 a 29 de fevereiro

Pode sentir uma certa irritação nas relações íntimas, pontuadas com temas sérios e desconfortáveis. A sua tendência para a confusão vai precisar de alguma ajuda durante o Vénus retrógrado em Capricórnio. Utilize um espírito otimista na resolução de conflitos.

O eclipse pode tornar mais óbvio o que tem de mudar no âmbito da sua comunicação com os outros: como conseguir mais clareza? Como estabelecer relações de maior confiança?

A lua cheia em Gémeos a 19 acompanhada da quadratura a Marte pode trazer alguma intensificação nas trocas emocionais. Tente gastar energia em atividade física e em atividades que lhe fazem bem para gastar a energia destes possíveis conflitos.

2º decanato 1 a 10 de março

Começa o mês com imensa necessidade de calma par a enfrentar possíveis mal-entendidos na comunicação com os outros. No eclipse solar a 4 de dezembro respire fundo, situações que estavam no escuro vêm para a claridade e isso pode alterar o curso de algum acontecimento na sua vida.  

Na segunda quinzena os esforços comunicativos terão maiores sucessos. Ainda assim pode sentir que a gestão de recursos materiais pode ser uma fonte de conflito. O Vénus retrógrado pode tornar mais óbvia a sua necessidade de gestão financeira.

Oportunidades latentes do seu passado, ou ao nível pessoal, ou ao nível profissional, podem novamente vir ao de cima para se concretizarem.

3º decanato 11 a 20 de março

Este mês chega com muito trabalho em cima dos ombros para este decanato de Peixes. Está na etapa final de um período de grande exigência. O eclipse solar a 4 de dezembro vai premiá-la pelo seu esforço. Uma mudança forte a sue favor pode estar no caminho.

Mesmo ao nível financeiro há boas novas no caminho. Pode sentir que vai conseguir poupar mais do que pensava para os seus projetos futuros. Ainda assim, os nervos podem estar à flor da pele com algumas despesas inesperadas.

No amor pode encontrar pessoas do passado que lhe voltam a piscar o olho? Será que passa daí? A sua vontade é de leveza, pessoas que vêm com uma mochila emocional carregada podem ser respeitosamente excluídas.

Peixes
Peixes Foto: Bastian
Saiba mais
Vénus, Carneiro, Sagitário, Capricórnio, Lua Cheia, Sol, Júpiter, Gémeos, Peixes, Marte, Signos, Zodíaco, Horóscopo, Andrea Pereira
As Mais Lidas