Atual

Chegou a primavera! Saiba o que isso significa para o seu signo

O início do ano astrológico é marcado pela entrada do Sol em Carneiro, a primeira casa do signo zodiacal. Vamos percorrer o Sol, nesta viagem pelos 12 segmentos e perceber as mensagens que as diferentes paragens têm para os restantes signos. Junte-se a nós na Viagem do Sol.

Foto: Pexels
05 de abril de 2022 Andrea Pereira

Desde 20 março de 2022 que o Sol entrou em Carneiro, começando um novo ciclo e assinalando, também, o início da primavera. Mercúrio entrou também em Carneiro a 27 de março, acentuando a energia deste arquétipo. Em termos astrológicos, Carneiro representa a primeira casa, regida por Marte. Simboliza o início e a energia que representa esse começo é muitas vezes ilustrada pela imagem da criança a sair do útero da mãe com urgência de começar um novo ciclo de vida. Quando falamos de Carneiro, falamos do desejo instintivo, da nossa vontade e da força pura do poder da ação.

O signo de Carneiro faz parte do elemento de fogo, juntamento com Leão e Sagitário. O elemento fogo, como o próprio nome indica, está relacionado  com tudo o que ativa a nossa vitalidade, o nosso entusiasmo, o nosso sentido de criatividade. Não é à toa, que na linguagem popular, se usa o termo "fazer faísca". Quando estamos em contacto com algo que diz respeito à nossa natureza, algo se acende em nós. Em Astrologia evolutiva o que desejamos tem o propósito de nos alinhar com o propósito da nossa alma e com as aprendizagens necessárias a esse caminho evolutivo. Assim, estarmos conectadas com esta energia do desejo, com a faísca, é importante para percebermos para onde queremos orientar o nosso caminho e daí a necessidade de total liberdade. Os Carneiros podem-se sentir solitários nesta luta pelos seus desejos. Nessa experiência, vão encontrar obstáculos, bloqueios que os farão recuar, refletir, e passar a processos de aprendizagem de forma a superá-los. A sociedade pode também representar um sentimento de repressão desse instinto e é nesta dinâmica que o arquétipo de Carneiro aprende a ter liderança e capacidade de autoridade interna, no lugar da reação de repressão do que é natural e instintivo.

A energia de Carneiro é masculina e é virada para a ação externa, ativando um ciclo para novas experiências e de ação instintiva. A sua modalidade é cardinal, é um dos quatro ângulos do mapa natal, e por isso está ativo o princípio de nos atirarmos para novas experiências sabendo que essa atitude representa sempre algum nível de insegurança. Por isso mesmo, estes novos inícios são por vezes seguidos de um ou dois passos atrás.

É através das novas experiências que entramos num processo de autodescoberta e por isso é uma fase em que somos muitos subjetivos, havendo uma tendência natural para o narcisismo. No entanto, porque é o primeiro signo do zodíaco, a energia é de experiência, mas não de concretização e isso pode trazer muita frustração. Quem nasce neste período deve abrir-se a ao espírito do eterno iniciante, que está a aprender a consolidar, na relação com as coordenadas "Espaço/Tempo". Não tendo essa consciência, a ansiedade e a raiva podem levar a excessiva impulsividade, um sentido pouco saudável de competição, impaciência e sintomas físicos como enxaquecas ou cefaleias.

A energia de Carneiro está também ligada à proteção e defesa da nossa vida e à reação de luta ou fuga. Trata-se, por isso, de uma energia ligada à guerra. Cada um de nós pode usar essa força para lutar por aqueles que são os nossos ideiais e por aquilo que visualizamos como sendo de importância para nós.

No amor, este arquétipo, representa o magnetismo animal e atrai relações muito fortes que vêm desafiar o sentido de identidade, proporcionando uma nova expansão de descoberta. O paradoxo relação/liberdade, é muito forte e  a tendência é a de haver sempre um sentimento de isolamento, mesmo em relação. Estar em conexão com o outro é de extrema importância para os Carneiros porque aprendem através das reações do outro sobre quem são. O desafio é a escuta do outro, de forma a saírem da sua esfera subjetiva.

O convite da energia de Carneiro para estes signos:

Touro: Quebrar a rotina com novos inícios, pois a consolidação e segurança podem ser demasiadas.

Gémeos: O instinto de Carneiro ajuda este arquétipo a escolher uma direção e levá-la em frente. Pode ser o mais rápido, o mais competitivo. Deve apenas moderar os excessos.

Caranguejo: O Caranguejo pode aprender com o Carneiro a arriscar e a não querer ficar apenas no reino da sua segurança emocional e a não deixar que as suas emoções não expressas o prendam em areias movediças.

Leão: Encontra com a energia de Carneiro uma excessiva consciência do seu Ego. Deve ter a coragem de partir para a vida de coração aberto, sem se preocupar com a reação dos outros, aproveitanto o lado mais instintivo de Carneiro. No movimento reside a solução. Trata-se de uma época de ativação do elemento coragem.

Virgem: A energia de Carneiro pode ser de grande utilidade. Com um medo muito grande de errar, os virgens podem aproveitar esta fase solar para a aprendizagem de ajustamento a cada passo de forma a interromper processos de congelamento devido à hiperanálise.

Balança: É dos que mais ganha com a energia de Carneiro. Ter em conta os seus desejos e não apenas a ideia de agradar e da diplomacia. Aprender a dizer não é a sua grande lição.

Escorpião: Nesta fase solar o alinhar do instinto com aquilo que temos de superior interiormente pode ser de grande valor. Internamente, encontrar os mecanismos subconscientes que o fazem desejar algo e perceber se os desejos e intintos estão em linha com um propósito significativo e maior. Trata-se de uma fase de purificação dos desejos, principalmente os que o colocam no centro de uma batalha.

Sagitário: De uma grande harmonia com o seu "irmão de fogo" , esta pode ser uma fase de alinhar os desejos e instintos com uma força espiritual. Sonhos podem tornar-se realidade.

Capricórnios: Os Capricórnios podem aprender com a energia de Carneiro o quebrar rotinas com novas iniciativas, que permitam o sair de realidades cristalizadas que já não fazem sentido. Carneiro convida também a quebrar as repressões sexuais e a seguir o instinto.  

Aquário: A fagulha do instinto de Carneiro é um despertar e acordar para o aquariano, de forma a que este saia das suas salas de vidro mentais.

Peixes: Carneiro pode trazer alguma desilusão ao signo de Peixes que acaba por sentir que "é apenas mais um sonho". Está a aprender a importância da intenção que está por detrás do desejo de forma a alinhar-se com a fé e a esperança. A energia de Carneiro pode acordar o verdadeiro líder no signo de Peixes.

Saiba mais
Atualidade, Zodíaco, Carneiro, Energia, Sol
Leia também
As Mais Lidas