Moda

Grupo LVMH vai doar 200 milhões de euros para a reconstrução da Notre-Dame de Paris

Após o incêndio que devastou a catedral parisiense, o grupo de luxo que detém marcas como a Dior ou a Louis Vuitton, anunciou uma doação para auxiliar a reconstrução do monumento.
Por Aline Fernandez, 16.04.2019

Após o grande incêndio na Catedral de Notre-Dame de Paris esta segunda-feira, 15 de abril, o grupo LVMH (Moët Hennessy Louis Vuitton SE), holding francesa especializada em artigos de luxo, detentora de marcas como a Louis Vuitton, Christian Dior, Fendi entre outras, e também a família Arnault, da qual o empresário francês Bernard é o atual presidente e diretor-executivo da LVMH, anunciaram que irão doar €200 milhões para ajudar na reconstrução do momumento que é Património da Humanidade.

No comunicado publicado no site da LVMH, lê-se que: "A família Arnault e o grupo LVMH, solidários com esta tragédia nacional, estão a mobilizar-se pela Notre-Dame e estão associados à reconstrução desta extraordinária catedral, símbolo da França, a sua herança e a sua unidade. Doarão uma soma total de 200 milhões de euros para o fundo dedicado à reconstrução deste trabalho arquitetónico, que faz parte da História da França. Entretanto, o grupo LVMH põe à disposição do Estado e das autoridades interessadas todas as suas equipas, criativos, arquitetónicos, financeiros, para ajudar o longo trabalho de reconstrução, por um lado, e para a angariação de fundos de outras partes, que está a chegar."

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
1 Comentários
Anónimo Acho bem que ajudem
Mas não os ouvi a dizer que davam 200 milhões as pessoas que perderam casas em Moçambique
A ver crianças a comer comida dos contentores do lixo isso a mim é que me dá pena
É que precisam urgente de ajuda para reconstruir as suas vidas para mim é o que está em primeiro lugar as vidas das pessoas
Há 1 semana
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!