Moda

Adeus saltos altos. A marca de calçado portuguesa que mudou o paradigma

Chama-se Lachoix, é portuguesa e fabricada em território nacional. Os materiais vêm de Itália - mas não só - e a fundadora inspirou-se na sua própria experiência (e frustração) para lançar a marca.

A carregar o vídeo ...
27 de agosto de 2020 | Rita Silva Avelar

Lachoix. O nome pode soar francês, mas a Lachoix nasceu em Portugal às mãos de Fátima Carvalho, que teve a ideia em 2014, trabalhando nela ao longo de quatro anos até ao lançamento oficial. "Sou formada em Turismo e Gestão Hoteleira e sempre trabalhei muito na área comercial. Pelo meio, também tive uma loja de roupa. Sempre tive uma grande ligação à moda, e a Lachoix surge muito mais tarde, quando já estou a atravessar uma fase da vida em que pondero o que quero fazer daqui para a frente. As mulheres têm um lado muito criativo que nem sempre se consegue explorar ou por em prática" revela.

Campanha Verão Lachoix.
Campanha Verão Lachoix. Foto: João Tainha

Queria sentir-se confiante, bonita e poderosa com uns sapatos rasos, mas sem perder a personalidade. "Idealizei uns sapatos diferentes, confortáveis, elegantes, com alguma sofisticação. Foi a pensar em mim e em todas as mulheres." Em dezembro de 2018, nascem os primeiros loafers da Lachoix, que eram confecionados às meras dezenas, numa fase inicial, e após uma busca incessante para encontrar uma fábrica que aceitasse esse desafio. Hoje, os Lachoix são produzidos em duas fábricas, em São João da Madeira e em Felgueiras. "Foi muito difícil. Não se chega a uma fábrica e se encomenda 2 mil pares de sapatos. Eles fabricavam dez ou quinze pares de cada um dos meus modelos. A maior dificuldade foi arranjar uma fábrica que produzisse à medida daquilo que eu queria."

Campanha Verão Lachoix.
Campanha Verão Lachoix. Foto: João Tainha

Em destaque está a coleção veranil Portucale, a primeira Cruise Collection, inspirada em diferentes locais nacionais, como é o caso de Porto Covo, Comporta, Lisboa ou Porto. Os loafers em veludo são os Porto, já os Comporta, fabricados em ráfia, são ideais para os dias de praia, em pele dourada e preto, os Lisboa são versáteis, para usar durante um dia de trabalho ou à noite, e os Porto Covo nascem de uma combinação inesperada de glitter e veludo. A maioria dos tecidos vem de Itália. "Costumo ir à feira anual de tecidos em Milão, mas este ano, com a pandemia, não sei se irei. É também pelos materiais que a Lachoix marca a diferença."

Os preços dos loafers Lachoix da coleção Portucale variam entre os €95 e os €105.

Campanha Verão Lachoix
Campanha Verão Lachoix Foto: João Tainha
Saiba mais Lachoix, Portugal, Lisboa, Fátima Carvalho, Loafers, Portucale, Calçado, Calçado Português, Estilo, Tendências, Fábrica
Relacionadas

Mais de 30 essenciais no regresso às aulas

O verão passa num ápice e o regresso às aulas será atípico em 2020. A fim de preparar o regresso das crianças à escola com calma, elegemos os acessórios e gadgets must-have do próximo ano letivo.

A ModaLisboa está de volta para uma edição especial

A nova edição da ModaLisboa acontece entre 7 e 11 de outubro, desta vez com entrada grátis e livre, no Parque Eduardo VII. O evento teve de se adaptar às condições da pandemia, pelo que vai ter uma grande componente virtual, e bastantes restrições.

Mais Lidas