Beleza

Anúncio da Nike é criticado por ter modelo com pelos nas axilas

A cantora Annahstasia foi alvo de críticas por aparecer numa campanha onde mostrou os pelos das axilas. Esta campanha foi uma verdadeira ação de empoderamento feminino.

Foto: Instagram @nikewomen
29 de abril de 2019 | Camila Lamartine

As últimas campanhas de publicidade da Nike têm vindo a representar as mulheres, cada vez mais, de forma não estereotipada, fazendo um apelo em relação à diversidade feminina, sempre em linha de pensamento com o movimento feminista. É o caso da celebração dos 30 anos do slogan ‘Just do it’, cuja estrela foi mais uma vez a tenista Serena Williams, sob o lema: ‘Mostra-lhes o que a loucura [feminina] consegue fazer.’

Depois de diversas campanhas neste segmento, a Nike divulgou no seu próprio perfil do Instagram um novo anúncio publicitário com a cantora e artista visual Annahstasia. Os comentários depreciativos começaram a surgir, tudo porque a nigeriana aparece com os pelos das axilas à mostra, como tantas outras celebridades como Madonna ou Jemina Kirke já o fizeram. Em contrapartida, houve quem agradecesse à marca pela representatividade e apoio ao corpo natural.

No seu perfil pessoal, Annahstasia aparece com pelos à mostra frequentemente, além de manter sempre um aspecto mais natural, não se importando com os comentários, em gerais machistas, motivo pelo qual deu boas vindas aos críticos com o comentário na sua história na mesma rede social: "Bem-vindos todos os haters. Vão aprender a amar-me e amar os outros em geral".
 

Ver esta publicação no Instagram

Big mood @annahstasia.

Uma publicação partilhada por NikeWomen (@nikewomen) a

Saiba mais Nike, Pelos na axila, Annahstasia, pelo, feminista, empoderamento feminino, Rosto&Corpo
Relacionadas

19 celebridades que não se depilam (e que se orgulham disso)

De Sophia Loren na década de 50 a Lady Gaga pré Met Gala 2019, estas mulheres ultrapassam preconceitos e ideias feitas de beleza para mostrar que os pelos também são um traço de personalidade do corpo feminino. E que os ideais de beleza estão finalmente a mudar.

Mais Lidas