Atual

Brigitte Macron, primeira-dama francesa, afastada do marido em dia de eleições?

Ao contrário do que aconteceu em 2017, a professora de 68 anos não surgiu junto a Macron quando foram revelados os resultados da primeira volta das eleições presidênciais francesas.

Foto: Getty Images
12 de abril de 2022 Ana Filipa Damião

No último domingo, 10 de abril, Emmanuel Macron qualificou-se para a segunda volta de eleições presidenciais na França, ao lado da adversária Marine Le Pen. O resultado bastante renhido entre os dois (27,6% VS 23,41%) deu por terminadas as corridas dos restantes concorrentes Jean-Luc Mélenchon, Éric Zemmour, Valérie Pécresse e Yannick Jadot.

Também em 2017, Macron e Le Pen disputavam pela presidência do país. Contudo, houve um pequeno pormenor que tornou a situação atual um pouco diferente da anterior. Se há cinco anos o marido de Brigitte Macron subiu ao pódio de mãos dadas com a mulher, este ano o presidente veio saudar o público sozinho, após o anúncio dos resultados. A primeira-dama optou por permanecer perto do pódio, mas num lugar discreto, de acordo com a revista Madame Fígaro.

Emmanuel Macron dirige-se aos eleitores depois de liderar a primeira volta nas urnas a 10 de Abril de 2022 em Paris, França
Emmanuel Macron dirige-se aos eleitores depois de liderar a primeira volta nas urnas a 10 de Abril de 2022 em Paris, França Foto: Getty Images

Rapidamente, o comportamento inesperado deu azo rumores sobre o casamento dos dois. Ainda para mais com o momento que alegadamente ocorreu depois do presidente descer do pódio, como retratou a imprensa portuguesa. Suspeita-se que quando Macron se dirigiu à mulher para lhe dar um beijo, a mesma tenha desviado o rosto.

Emmanuel Macron beija a mulher Brigitte depois de saber os resultados, 10 de abril de 2022
Emmanuel Macron beija a mulher Brigitte depois de saber os resultados, 10 de abril de 2022 Foto: Getty Images

 Recorde-se que o casal tem uma diferença de 25 anos, sendo que a primeira-dama está quase na casa dos 70, mas que sempre se mostrou apaixonado perante as câmaras.

Emmanuel Macron e Brigitte Macron dirigem-se ao de local de voto na primeira volta das eleições presidenciais francesas, 10 de abril de 2022
Emmanuel Macron e Brigitte Macron dirigem-se ao de local de voto na primeira volta das eleições presidenciais francesas, 10 de abril de 2022 Foto: Getty Images
Saiba mais
mundo, atualidade, Brigitte Macron, Emmanuel Macron, presidente da república
Leia também

E se Portugal tivesse uma Presidente da República?

Maria de Lourdes Pintasilgo candidatou-se em 1986, depois disso tivemos de esperar 30 anos, até 2016, para voltarmos a ter mulheres candidatas à Presidência da República. Nessa altura as candidatas foram Marisa Matias e Maria de Belém. Cinco anos depois, duas mulheres voltam a estar na corrida: Marisa Matias, de novo, e Ana Gomes, pela primeira vez. Falámos com uma socióloga e uma investigadora sobre este momento na política portuguesa.

Hillary Clinton toma o poder e acerta contas em novo livro

Hillary Clinton por duas vezes falhou a conquista do cargo de Presidente dos Estados Unidos. Agora, juntamente com a escritora Louise Penny, ela apresenta a sua própria versão dos acontecimentos do mundo num thriller ficcionado que aproveita a oportunidade para acertar umas contas com antigos adversários. Conversa com as autoras.

Liz Truss, a mulher que pode derrubar Boris Johnson

Se nos tempos mais próximos houver uma corrida à liderança do partido, há uma candidata em que os Conservadores britânicos mais lealistas não param de falar. Entra em cena a mais recente ministra dos Negócios Estrangeiros de Boris Johnson – por vezes, a cavalo num tanque de guerra (qualquer semelhança com Thatcher, absolutamente intencional). Charlotte Edwardes fala com elementos de Westminster acerca de Liz Truss, de momento a mais poderosa mulher na política britânica.

As Mais Lidas