Atual Emma Becker. A minha história na prostituição. “No bordel não via homens, mas seres humanos"

A escritora francesa Emma Becker trabalhou durante dois anos e meio num bordel em Berlim, onde a prostituição é legal e conta com proteção social. A Casa é um livro desconcertante, que aproxima o leitor de uma realidade que a sociedade tenta camuflar. Em França, como em Portugal, a prostituição é tolerada sem se enquadrar num quadro legal. Poderá esta publicação abrir o diálogo?

Billie Holiday (1915-1959) A vida trágica de uma diva do jazz

Tantas vezes apresentada como uma vítima de si mesma e dos efeitos colaterais da fama, a cantora Billie Holiday volta agora ao grande écran como um ícone da luta contra o racismo, que também foi. Essa é a leitura proposta por dois filmes com estreia marcada para maio, um dos quais - United States vs Billie Holiday - valeu a Andra Day a nomeação para o Óscar.

Celebridades Hollywood era delas

Cem anos antes do movimento #MeToo, o poder em Hollywood pertencia às mulheres. Realizadoras, guionistas e chefes de estúdio eram as mais bem pagas de toda a indústria, e as maiores estrelas. Mary Pickford, Lois Weber ou Frances Marion são hoje nomes quase esquecidos. Mas as vedetas e showrunners da atualidade deveriam lembrar-se deles.

Culturas Vozes maiores: estas são as mulheres do jazz

Dos caveaux fumarentos às salas climatizadas foi a pulso, mais uma vez, que as mulheres, particularmente as que cantam, conquistaram espaço e controlo numa música de exigência e de prazer, de técnica e de emoção. Com vozes que já conquistaram a eternidade e com muitos capítulos de combate pelos direitos civis, de abusos de todo o género e de poderosas resiliências. Está tudo à vista na música e, mais especificamente, no jazz.

+Carregar mais