Comportamento Três dias num retiro, contados na primeira pessoa

Sou agnóstica, céptica e desconfiada. Fiz um retiro e sobrevivi. Perdão: vivi. Um testemunho de como é fundamental parar, verdadeiramente, quando o mundo nos impele a compactuar com o seu ritmo exacerbado e intenso, ao mesmo tempo que a sociedade nos “pressiona” para estarmos sempre felizes.

Comportamento Em busca do desejo perdido

As parangonas de um jornal anunciaram que mais de metade das mulheres portuguesas tem orgasmos sempre ou quase sempre que têm relações sexuais. E apesar de 75% se queixarem de que andam exaustas, sem tempo para si e insatisfeitas com o corpo e, muitas vezes, com o companheiro, aparentemente nada disto influi na sua performance, afirmando que fazem amor mais de duas vezes por semana, mesmo nas ligações amorosas que já levam 15 ou 20 anos.

+Carregar mais