Prazeres

A autenticidade da cozinha de Laffan no Atlântico

O chef, premiado com estrela Michelin, aliou a tradição aos sabores genuínos do mar na nova carta do restaurante do Intercontinental Cascais-Estoril.

14 de dezembro de 2018 | Rita Silva Avelar

Miguel Laffan está de volta a casa. Queremos com isto dizer que o chef voltou às suas origens, Cascais (onde nasceu e cresceu), assumindo a cozinha do restaurante Atlântico. Mas fez mais: homenageou o mar de uma ponta à outra, esse que lhe traz o melhor aos pratos que confecciona, que é o peixe. A carta, com um cunho nacional forte, explora a proximidade do mar e a relação de Laffan com pescadores, produtores e fornecedores locais. Desta sinergia surgem seis capítulos, o "Mariscador de Cascais" onde há petiscos como gamba branca ao natural (150g, €16), os percebes "das Berlengas" (200g, €18) e amêijoas à Bulhão Pato (300g, €22). Segue-se o Atlântico Twist, uma proposta de entradas inovadoras como tártaro de atum, o original (€16), o Tom Yam Kum de lavagante (€18), os camarões ao alho nobre com chili e coentros frescos (€16), as vieiras com cogumelos selvagens e sabayon trufado (€19) e o escalope de foie gras grelhado com salada de beterraba e framboesas (€18).

O terceiro capítulo, Pasta e Risotto, traz massa fresca e saborosa em pratos como tagliattelle de marisco com molho de champanhe e açafrão (€26) e risotto de espargos verdes com parmesão de 12 meses (€22). Chegamos finalmente ao capítulo Peixe, como incontornáveis pratos como o polvo à lagareiro com batata a murro (€26), o pregado com molho de caril e manjericão (€28), robalo da linha com molho à francesa (€32) ou atum dos Açores com molho de soja e gengibre (€30). Para os amantes da carne, o chef Miguel Laffan surpreende com o capítulo da Carne com sugestões como vazia de novilho maturado 30 dias (€30) ou costeletas de cordeiro (€30). Não há como passar o capítulo sobremesas, onde brilham sugestões como textura de framboesa e pistácio (€9) ou mousse de queijo chèvre com mel e alfazema (€7).

Miguel Laffan passou pela cozinha do L’And Vineyards, em Montemor-o-Novo, onde ganhou a sua estrela Michelin (a primeira e única estrela do Guia Vermelho para a região) em 2011. Mas já antes tinha dado cartas do seu talento quando passou pela cozinha do Fortaleza do Guincho, então sob a consultoria do chef Antoine Westermann (3* Michelin). Dali, foi para o Le Jardin des Remparts, de Roland Chanliaud (Beune, França, 1* Michelin), e a seguir para o Le Clous de la Violette, de Jean-Marc Banzo (Aix-en-Provence, França, 2* Michelin). Do seu currículo fazem ainda parte, já como chef Executivo, o Hotel Casa Velha do Palheiroe o Hotel Quinta da Casa Branca (ambos no Funchal) até ter ingressado no L’And Vineyards.

O Atlântico integra o Intercontinental Estoril, o hotel que acaba de ser premiado na categoria Luxury Coastal Hotel e o InterContinental Lisbon no segmento Luxury Hotel & Conference Centre. Um hotel luxuoso com um design clássico e contemporâneo, de cinco estrelas, o InterContinental é uma verdadeira janela aberta para o oceano e todos os seus quartos estão contemplados com vistas deslumbrantes sobre o mar. Dispõe ainda de um espaço de SPA e wellness, composto por quatro salas de tratamento, uma piscina interior, sauna, banho turco e cascata de gelo, que o tornam o destino perfeito para uns dias de "reset" total.

Onde? Avenida Marginal, 8023, Monte Estoril Quando? Aberto todos os dias, das 12h30 às 15h30 e das 19h às 23h. Como reservar? 218 291 049.

1 de 12
2 de 12
3 de 12
4 de 12
5 de 12
6 de 12
7 de 12
8 de 12
9 de 12
10 de 12
11 de 12
12 de 12
Saiba mais Miguel Laffan, Cascais, Intercontinental Cascais, Michelin, Atlântico, Atlântico Cascais, Cozinha, Laffan, Restaurante, Costa, Degustação, Viagens&Gourmet
Relacionadas
Mais Lidas