Prazeres

5 programas de outono para relaxar na Madeira

Um destino tropical aqui tão perto, a Madeira é o paraíso que mora ao lado com encantos por descobrir do Norte ao Sul da ilha, incluindo massagens com vinho da Madeira ou passeios de barco junto à costa sul.

Foto: José Afonso
24 de setembro de 2021 | Rita Silva Avelar

Não há muitos destinos onde possamos dizer que o tempo está sempre bom para um mergulho. Tropical, não é raro que as quatro estações do ano passem por este arquipélago português num só dia, sobretudo se compararmos Norte e Sul da ilha. Se em São Vicente chove, é possível que em Ponta de Sol esteja um sol abrasador. Sim, é seguro afirmar que é perfeitamente possível mergulhar no oceano, fazer trilhos na Natureza ou passear de t-shirt pelo Funchal nas quatro estações. A pensar nas férias da rentrée, sugerimos cinco programas para fazer na Madeira, seja no Funchal ou fora do centro.

Para os amantes de vinho

Condições meteorológicas à parte, é em São Vicente que se situa uma das maiores áreas de vinha da ilha, pertencentes à Quinta do Barbusano, um projeto vinícola de António Oliveira e Freitas. Para amantes de vinho, vale a pena fazer uma prova e um tour nesta quinta, onde também se pode almoçar a famosa espetada madeirense com semilhas e salada da época, terminando a refeição com uma deliciosa sobremesa de mousse de maracujá que é receita da casa, com alguma sorte.

Os vinhos da Quinta do Barbusano.
Os vinhos da Quinta do Barbusano. Foto: José Afonso
Leia também

E claro, pode (e deve) fazer uma prova de vinho detalhada, aprendendo mais sobre as castas que se cultivam na Madeira, e mais precisamente sobre os vinhos da Quinta do Barbusano, dos rosés aos tintos.

Quinta do Barbusano.
Quinta do Barbusano. Foto: José Afonso

Esta experiência pode inclui-se no Full Day Wine Tour com a Discovering Madeira a bordo da carrinha de Sofia Maul, contadora de histórias, que nos leva pela ilha à descoberta de tradições e dizeres antigos. Por norma, a experiência inicía na Blandy's Madeira, um negócio que vai na sétima geração e produz dos melhores vinhos Madeira da ilha, e termina com o projeto de Duarte e Sofia Caldeira, pai e filha à frente da marca de vinhos e espumantes Terras do Avô (estes últimos, várias vezes premiados, incluindo medalha de ouro no concurso Brut Experiences), que são produzidos com uvas de produção própria e algumas adquiridas a pequenos agricultores da zona do Seixal, pertencente a Porto Moniz. Aqui, é possível fazer provas e comer os deliciosos petiscos que Sofia e a mãe preparam. 

Blandy's Madeira.
Blandy's Madeira. Foto: José Afonso
Leia também

Para aproveitar o melhor da costa sul

Se optar por sair de terra, faço-o a bordo do iate 3M's de Pedro Mendes Gomes, da Rota dos Cetáceos, que promete levar os tripulantes em aventuras por mar, com uma vista deslumbrante sobre a costa da ilha, incluindo mergulhar em águas azul turquesa e quem sabe fazer snorkeling para avistar os peixes no fundo do mar, entre os ansiados mergulhos. Este programa inclui almoço a bordo com petiscos da região de onde parte o iate, que é o Caniçal, tais como salada de polvo, atum de escabeche ou camarões frescos. Com sorte, avistam-se golfinhos e baleias, e há até um programa que permite que nade com os primeiros, mediante consulta das condições climatéricas e alguma sorte.

A experiência a bordo do iate da Rota dos Cetáceos.
A experiência a bordo do iate da Rota dos Cetáceos. Foto: José Afonso

Para relaxar e desfrutar da Natureza

Leia também

Para sugestão de alojamento, e no Funchal, a Quinta da Casa Branca é o spot ideal para descobrir a Madeira de outros tempos. Uma propriedade histórica erguida em meados do século XIX, que pertenceu à família britânica Leacock descendente de um comerciante de vinho Madeira, está cheia de espécies exóticas como a sumaúma, a dombeia, a marcamia e a vigandia, ou os ficus, as bananeiras de jardim, as oliveiras, as árvores de fogo, as chamas da floresta e as araucárias. Na quinta há um Health Club, para desfrutar do spa, se a ideia for apostar numa estadia reparadora. Em 2002 houve uma renovação, e foram construídos novos quartos, sendo que hoje dia há duas piscinas e dois restaurantes no hotel.

Quinta da Casa Branca.
Quinta da Casa Branca. Foto: José Afonso

Para quem fica alojado na Quinta da Casa Branca durante a passagem pela ilha, é fácil render-se aos vários espaços gastronómicos, como o The Dining Room, às mãos do chef Carlos Magno, sendo que os menus de degustação mudam todos os dias e repetem a cada duas semanas. Entre as sugestões, há pratos como tataki de atum com sésamo e pesto de rúcula, espada em tempura com riso de lapas e funcho ou leitão e porco ibérico BT com milfolhas de batata vitelotte (o preço é de €82 por pessoa com pairing de vinhos, e €70 sem) ou o Garden Pavilion, aberto das 7h30 às 18h, onde também é servido o pequeno almoço.

Um dos pratos do The Dining Room, às mãos do chef Carlos Magno.
Um dos pratos do The Dining Room, às mãos do chef Carlos Magno. Foto: José Afonso

Para fazer uma massagem com vinho Madeira

Outro dos programas que inclui vinho, no caso o vinho Madeira, são as massagens com este elixir no spa do The Vine Hotel, no Funchal. Com propriedades rejuvenescedoras incríveis, a massagem com o vinho Madeira deixa a pele suave, hidratada e proporciona momentos de puro relaxamento e bem-estar. Depois, pode seguir para o spa, ficando a relaxar na sauna. Uma massagem de 50 minutos custa €75, e vale todos os cêntimos.

Para comer e beber um copo

Se ficar na Quinta da Casa Branca, siga em direção ao mar, que todos os caminhos hão-de ir dar ao Avista Restaurant & Lounge, na estrada Monumental, se assim o desejar. Com uma vista esplendorosa sobre o Atlântico, aqui brinda-se com classe e também se pode petiscar. Há dos mais clássicos, como o camarão al diablo (€10), aos mais improváveis, como o caranguejo de casca mole exótico, com molho de gengibre doce, sementes de sésamo, amendoim, papaia, mango e ananás (€21).

Fachada do Avista Restaurant & Lounge.
Fachada do Avista Restaurant & Lounge. Foto: José Afonso

Se desejar uma refeição completa, o menu inclui propostas irrecusáveis como filete de espada preto com crosta de tomate, cebola, azeitona, beurre blanc e broa de milho (€19,50), vieiras com risoto da estação (€21) ou presa de porco preto com alho confitado, agrião, mostarda em grão e pickles de chalota. Para beber, há cocktails de assinatura como os clássicos negroni, cosmopolitan ou daiquiri, mas também a famosa poncha da Madeira.

Petiscos no Avista Restaurant & Lounge.
Petiscos no Avista Restaurant & Lounge. Foto: José Afonso
Saiba mais Madeira, Visit Madeira, Destinos, Porto Santos, Férias, Férias de Outono, Estação, Porto Santo, Funchal, Ponta de Sol, Turismo na Madeira, Quinta da Casa branca, The Wanderer, Rota dos Cetáceos, The Vines, Férias, Massagem, Vinho Madeira, Passeio de Barco, Garage Madeira, Carros Antigos, Quinta do Barbusano
Mais Lidas