Moda

Simone Rocha, 10 anos de carreira reinterpretados para a H&M

É a designer do romance e da feminilidade clássicas atualizados para séc. XXI e sempre com uma boa dose de punk. Simone Rocha viajou pelo arquivo da sua marca para desenhar as peças da sua colaboração com a gigante sueca, como nos conta numa entrevista ao lado de Ann-Sofie Johansson, creative adviser da H&M.

Simone Rocha
Simone Rocha Foto: D.R.
03 de março de 2021

O que nos podem contar sobre as peças-chave desta coleção?

Simone Rocha: A coleção Simone Rocha x H&M permitiu que me expandisse para áreas pelas quais há muito estava fascinada, como roupa masculina e roupa infantil. É a primeira vez que crio uma coleção para a família inteira – o que é muito emocionante. Não poderia acontecer em melhor altura, uma vez que celebrámos recentemente os 10 anos da marca. Naturalmente, estamos numa altura de reflexão. Passámos muito tempo a olhar para os nossos arquivos enquanto construíamos esta coleção, e a pensar muito sobre os estilos-chave, detalhes e assinaturas pelos quais nos tornámos conhecidos. Há vários elementos que os fãs da marca reconhecerão: vestidos em tule, estampados florais e tartans, adornos de pérolas, brincos cintilantes, malhas de estilo Aran, gabardinas e, claro, os sapatos de estilo brogue. Cada peça nesta coleção –masculina, feminina e de criança – foi concebida para dialogar com as outras; uma unidade, uma identidade. Assim, os vestidos em tule combinam com os fatos em tule; há um trench coat para ele e outro para ela; e para as crianças, as silhuetas de adulto foram redimensionadas para criar miniaturas adoráveis de clássicos.

Ann-Sofie Johansson: Nesta colaboração, uma das coisas que nos chamou à atenção na Simone foi o facto de a sua marca ter um estilo tão único, um ponto de vista tão claro. Sinto que a coleção Simone Rocha x H&M realça o que define a Simone e a sua estética. O volume, a decoração, as suas bonitas criações, trabalhadas no seu próprio atelier, o que é muito raro. E, claro, as joias. É uma verdadeira amálgama de criações ao longo de 10 anos.

Simone Rocha e Ann-Sofie Johansson
Simone Rocha e Ann-Sofie Johansson Foto: D.R.
Leia também

Quais as histórias por trás de algumas destas peças?

SR: Penso que a coleção Simone Rocha x H&M representa totalmente a Simone Rocha. Há uma paleta de cores que adoramos: cremes, rosas, vermelhos. E há referências à Irlanda, como por exemplo nas malhas com efeitos entrelaçados, o que é extremamente especial para mim. Passei muito tempo a refletir sobre a primeira coleção com pérolas que fizemos na primavera/verão de 2014 – senti que esse foi um momento em que estabeleci a minha identidade. Foi quando apresentei a pérola como identidade da marca pela primeira vez, e agora é a nossa assinatura. Também pensei na coleção primavera/verão 2016, que foi parcialmente inspirada pelo fotógrafo japonês Nobuyoshi Araki. Da mesma forma, passei algum tempo a revisitar a coleção [inspirada em] Ana Bolena, para o outono/inverno 2014, e a misturar elementos desta, como o vestido em tartan feito com um tecido fino chamado seersucker, com elementos mais recentes, como os tules plissados da coleção Red Dolls, da primavera/verão 2018. Queria pegar nos detalhes de arquivo e reinventá-los. Assim, não são meras reedições, é pegar nas coisas e adaptá-las para os dias de hoje.

ASJ: Essa é uma das características únicas desta colaboração com a H&M; dá aos designers a possibilidade de realmente refletirem sobre as suas assinaturas, bem como oferecer a um público totalmente novo um vislumbre do seu mundo.

A carregar o vídeo ...
Leia também

Simone, como descreve o estilo e o processo criativo artesanal, que é tão característico na sua marca?

SR: Bem, em todas as nossas coleções, o foco está na longevidade das peças, na ideia de que podem ser misturadas, combinadas, e estilizadas de diferentes formas. Essa é a essência desta coleção - os aventais em tule que podem ser usados sobre vestidos, as malhas que podem ser estilizadas sobre camisas, e as meias que combinam com a roupa. Os tecidos são uma parte importante da minha marca, por isso queria ter a certeza que as novas criações ainda tinham esse toque pessoal e essa identidade. Tivemos o mesmo cuidado e atenção com os tecidos desta coleção como se fosse para as nossas coleções Simone Rocha. Há neoprenes, tweeds, popelina de algodão, sarja levemente acolchoada, camisolas esponjosas e broderie anglaise. Em termos de detalhes, usámos padrões florais, que é uma assinatura nossa e expandimo-la. E claro, há versões dos meus acessórios clássicos: os laços, as joias, as malas e um sapato estilo brogue com pérolas. As minhas coleções são sempre intergeracionais – para mim, é uma forma natural de trabalhar. Espero que tenhamos capturado a mesma diversidade dentro desta coleção. Adoro a ideia de todos os tipos de pessoas vestirem e divertirem-se com esta coleção.

Coleção Simone Rocha x H&M
Coleção Simone Rocha x H&M

Esta é a primeira vez que apresenta uma linha de roupa infantil. As suas coleções refletem frequentemente temas como a família, a maternidade, e a Simone também é mãe – como é que isso a influenciou nesta parceria?

Leia também

SR: Estão-me sempre a perguntar sobre a roupa infantil – e, claro, faço peças para a minha própria filha, para os amigos e para a família. Mas agora aconteceu, finalmente. Por fim tive a oportunidade de fazê-lo da maneira certa. O processo de reformular peças em tamanhos menores foi simplesmente adorável, e está em sintonia com a forma como eu trabalho enquanto designer, já que a escala é algo com que muitas vezes gostamos de brincar. Há muitas versões miniatura de clássicos, como um pequeno vestido de popelina de algodão branco e uma versão mini do nosso vestido de mangas volumosas em cloqué. Há blusas com pequenas pérolas, pequenos casacos de caxemira com botões de pérola e bonitos casacos de caxemira vermelha Aran para os meninos.  

Coleção Simone Rocha x H&M
Coleção Simone Rocha x H&M


Leia também
Saiba mais moda, entrevista exclusiva, Simone Rocha, H&M, colaboração, coleção, Ann-Sofie Johansson
Mais Lidas