Moda

A nova campanha da Loewe em homenagem a Constance Spry

Jonathan Anderson homenageia a célebre florista britânica na nova campanha da Loewe.

06 de dezembro de 2017 | Marta Carvalho

Em 1929, a florista Constance Spry abriu a sua primeira loja em Londres. Os seus arranjos pouco ortodoxos, que se inspiravam nas naturezas-mortas dos séculos XVI e XVII e usavam elementos improváveis, rapidamente se tornaram populares no Reino Unido. Cinco anos mais tarde, tinha cerca de 70 empregados e uma loja em Mayfair.

Depois de lançar vários livros que ensinavam a fazer arranjos pouco convencionais – a única regra que dava aos seus leitores era que tinham de estar abertos a qualquer forma de beleza, fosse ela uma rosa ou uma flor selvagem –, Spry criou enormes composições para a casa de Cecil Beaton, para as núpcias do príncipe Eduardo VII e de Wallis Simpson e para a coroação da rainha Isabel II. Dedicada ao cultivo de espécies de rosas já esquecidas, Constance Spry mudou para sempre o mundo até então convencional dos floristas.

Jonathan Anderson, diretor criativo da Loewe, faz agora uma homenagem a Spry na nova campanha da marca para o verão de 2017. Numa série de 13 fotografias tiradas por Steven Meisel, vemos tulipas, peónias e rosas inglesas que compõem enormes arranjos florais iluminados suavemente num jogo de claro-escuro semelhante ao das pinturas renascentistas. "Sou um enorme fã do trabalho de Constance Spry. Acho que ela transformava as flores em composições esculturais", contou Jonathan Anderson à revista AnOther.

As imagens serão colocadas em locais públicos por todo o mundo e já estão a ser partilhadas nas redes sociais.

 

 

 

 

1 de 13
2 de 13
3 de 13
4 de 13
5 de 13
6 de 13
7 de 13
8 de 13
9 de 13
10 de 13
11 de 13
12 de 13
13 de 13
Saiba mais Steven Meisel, AnOther, Jonathan Anderson, Wallis Simpson, Eduardo VII, Constance Spry
Relacionadas
Mais Lidas