Celebridades

“Só é difícil se fores um homem com alguma coisa a esconder”. Ator Idris Elba fala sobre o MeToo

Numa entrevista recente, o ator britânico demonstrou o seu apoio ao movimento contra o assédio e agressão sexuais.
Por Sara Nascimento, 18.12.2018

Várias têm sido as reações ao movimento MeToo desde que este "desabrochou" no último ano, mas sempre mais raras (e cuidadosas) quando vindas do sexo masculino.

Recentemente eleito pela revista People como o Sexiest Man Alive, Idris Elba demonstrou o seu apoio ao movimento MeToo numa entrevista ao jornal britânico The Sunday Times. O ator foi questionado sobre se era difícil ser um homem em Hollywood devido à forte presença do movimento contra agressões e abusos sexuais.

Ao contrário do que aconteceu com outros atores, a resposta de Elba, simples e direta ao assunto, provocou uma onda de reacções postitivas. "Só é difícil se fores um homem com alguma coisa a esconder," disse.  

Mulheres como a realizadora Shonda Rhimes ou Valerie Jarrett, que fez parte da administração Obama, já demonstraram a sua empatia através da rede social Twitter.

Não é a primeira vez que o ator demonstra o seu apoio aos movimentos de afirmação feminina do último ano. Num discurso perante o Parlamento britânico, em 2016, o ator reinvidicou a contratação de mais mulheres a trabalhar em Hollywood, tanto à frente como atrás das câmeras, assim como cargos como em cargos de poder.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!