Celebridades

Para além do caso Margarida Corceiro. Celebridades que tiveram a sua privacidade violada

A modelo e atriz de 19 anos, namorada do jogador de futebol João Félix, está a lidar com a partilha de supostas fotografias privadas.

Foto: @magui_corceiro
25 de março de 2022 Ana Filipa Damião

Uma vez depositada na web, qualquer informação passa a ser pública para todos vermos e praticamente impossível de eliminar. O mesmo acontece com as fotografias íntimas das celebridades, que as pensam guardadas num lugar seguro ou confiam em quem as tirou. A vítima mais recente deste ato foi a modelo e atriz Margarida Corceiro, que tem apenas 19 anos. Segundo os meios de comunicação, as imagens que alegadamente mostram Margarida nua foram tiradas quando esta tinha 15 anos. Mas nenhuma dessa informação foi confirmada.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Margarida Corceiro (@magui_corceiro)

Para pesar de todas as mulheres, a partilha de fotografias roubadas ou tiradas sem consentimento é algo comum. Também em Hollywood são vários os nomes que perfazem a lista de quem teve a sua privacidade completamente violada. Em 2014, um homem hackeou mais de 100 contas iCloud da Apple, onde estavam imagens privadas de Jennifer Lawrence, por exemplo. "Qualquer pessoa pode ver o meu corpo nu sem o meu consentimento, a qualquer altura. Alguém acabou de publicá-las em França. O meu trauma vai existir para sempre", confessou a atriz numa entrevista à Vanity Fair, no ano passado.  

Miley Cyrus foi também vítima de um ato semelhante em 2017 e Demi Lovato em 2013. No caso de Bella Thorne, foi a própria atriz que publicou as suas fotografias em topless depois de ser chantageada com a informação. "Sinto-me nojenta, sinto-me observada, sinto que me roubaram algo que eu queria que apenas uma pessoa especial visse", comentou no Twitter. Igualmente grave foi a polémica de Amanda Seyfried, que em 2017 recorreu à justiça depois de fotografias suas sem roupa e em "momentos íntimos com o antigo namorado" irem parar à internet. Novas imagens do género foram novamente divulgadas em 2019. 

Vanessa Hudgens foi obrigada a lidar com a mesma situação quando tinha apenas 18 anos, e estava a trabalhar para o Disney Channel, nos filmes High School Musical. Numa declaração divulgada na altura pelo seu representante, a jovem pediu perdão aos fãs pelo escândalo, expressou embaraço e arrependimento por ter tirado as nudes e agradeceu à família e aos amigos pelo apoio. Em 2011, foram roubadas e publicadas imagens do telemóvel de Scarlett Johansson. O hacker foi apanhado e condenado a dez anos de prisão. "Foi uma invasão enorme. Como mulher, sinto que é uma coisa tão degradante e horrível para se viver", afirmou a atriz de Vingadores ao jornal The Independent.   

A lista continua - Iggy Azalea, Kaley Cuoco, Dylan Sprouse, Kristen Stewart, Dakota Johnson, Tyler Posey, Rihanna, Hayley Williams, Kim Kardashian, Kristen Dunst, Jessica Alba, Kate Upton, entre outros – e provavelmente nunca terá fim.

Saiba mais
celebridades, Margarida Corceiro, atualidade, consentimento, privacidade, Rihanna, Miley Cyrus, Amanda Seyfried, Scarlett Johansson, Demi Lovato, Bella Thorne
Leia também
As Mais Lidas