Celebridades

Kate Winslet recorda como a acusaram de ter "peso a mais" durante o Titanic

Duas décadas após a estreia de 'Titanic', sabemos finalmente se a muito debatida morte de Jack, personagem de Leonardo DiCaprio, era inevitável, e porquê.

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, 1998.
Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, 1998.
21 de dezembro de 2022 Ana Filipa Damião

Há mais de 25 anos que o destino de Jack, personagem interpretada por Leonardo DiCaprio no filme Titanic (1997), é altamente contestado e debatido. Os fãs acreditavam até há pouco tempo que tanto Jack como Rose Dawson, papel de Kate Winslet, poderia ter sobrevivido em cima da porta de madeira onde Rose estava após o naufrágio do cruzeiro.  

A atriz recordou recentemente a mítica cena em entrevista ao podcast Happy, Sad, Confused, de Josh Horowitz. "Tenho de ser honesta", começou por dizer. "Penso que não teríamos [Jack e Rose] sobrevivido se estivéssemos ficado os dois naquela porta. Acho que Jack poderia ter-lhe chegado, mas ela iria virar-se [com o peso]… e não teria sido uma ideia sustentável". 

Curiosamente, a vencedora de um Óscar tinha razão. O diretor do filme, James Cameron, encomendou um estudo científico para acabar com o debate de uma vez por todas, como confessou em entrevista ao Postmedia. Poderia ter Jack sobrevivido às águas geladas do Oceano Atlântico? A resposta é não, uma vez que o pedaço de madeira apenas suportava o peso de Rose. "Só um podia ser salvo", confirmou o diretor, embora o objetivo da obra nunca fosse a sobrevivência de Jack. "Tal como aconteceu com Romeu e Julieta. Este é um filme sobre amor, sacrifício e morte. O amor mede-se pelo sacrifício".

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet no filme 'Titanic' (1997).
Leonardo DiCaprio e Kate Winslet no filme 'Titanic' (1997). Foto: D.R

Dito isto, tal não justifica o modo como os meios de comunicação trataram Kate Winslet na altura. A jovem foi sujeita a comentários inapropriados sobre o seu corpo e peso devido à famosa cena, como contou durante o podcast. "Aparentemente, eu era demasiado gorda. Não é horrível? Porque foram tão maldosos para mim? Eles eram tão maus... Eu nem sequer era gorda", disse. "Nessa altura, no final dos anos 90, a imprensa não tinha qualquer consideração pelas atrizes. O físico das mulheres era discutido sem vergonha e seus corpos e peso eram comentados em particular".

Se pudesse voltar atrás no tempo, teria dito aos jornalistas: "Não se atrevam a tratar-me assim. Sou uma jovem mulher. O meu corpo está a mudar, estou a tentar sobreviver. Estou profundamente insegura e apavorada. Não tornem isto mais difícil do que já é. Isso é assédio. Diria até que é quase abusivo". É certo que "este disparate de comentar sobre a aparência e o corpo das mulheres está a melhorar, mas ainda temos um longo caminho a percorrer", concluiu. 

Saiba mais
Celebridades, Atualidade, Kate Winslet, Titanic, Leonardo DiCaprio, Cinema, Peso
Leia também

Kate Winslet disse não ao realizador que a quis 'photoshopar'

A atriz falou abertamente sobre o desconforto que sentiu quando o realizador da série Mare of Easttown lhe disse que ia photoshopar a sua barriga numa cena de sexo. Não é a primeira vez que Kate toma uma posição contra a indústria e as suas expetativas sexistas sobre as mulheres.

As Mais Lidas