Atual

Harper’s Bazaar, a homenagem a uma lenda em papel

A reabertura das renovadas galerias de moda do Museu das Artes Decorativas, em Paris, é celebrada com uma exposição que revive a história dos 153 anos da Harper’s Bazaar americana, a mais antiga revista de moda.

18 de março de 2020 | Carolina Carvalho

Quando Lisa Fonssagrives-Penn, a supermodelo sueca que foi casada com Irving Penn, se pendurou na Torre Eiffel, em setembro de 1939, e protagonizou com vestidos esvoaçantes um bailado diáfano para o fotógrafo Erwin Blumenfeld, desconheceria, por certo, que estaria a contribuir para a criação de imagens icónicas antes de a França ter sido ocupada pelas tropas nazis, menos de um ano depois.

Sete décadas depois, Kate Winslet replicou a coreografia, em Nova Iorque, pela lente de Peter Lindbergh, tendo o Chrysler Building em fundo. Essas imagens fazem parte da história e do património da Harper’s Bazaar americana. A publicação, lançada em 1867, foi a primeira a apresentar-se como uma revista feminina focada em moda, sociedade, artes e literatura (a Vogue seria a segunda, um quarto de século depois), tendo a sufragista Mary Louise Booth como a primeira diretora. Ao longo do tempo, o título tornou-se uma referência através do qual se tem contado a história da moda, e para a qual contribuíram fotógrafos, tais como Man Ray e Richard Avedon, artistas, nomeadamente Salvador Dalí ou Andy Warhol, e escritores como Simone de Beauvoir, Charles Dickens, Virginia Woolf ou Truman Capote.

A exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion pretende contar a história da publicação com a ajuda de mais de 60 peças de alta-costura e de pronto-a-vestir e que se exibem lado a lado, a par das imagens nas quais apareceram na revista. A mostra homenageia particularmente as mulheres e o homem que transformaram a Harper’s Bazaar numa revista incontornável e de luxo, na década de 1930: a diretora Carmel Snow (Dakley, Irlanda, 1887 – Nova Iorque, 1961), o diretor de arte e um dos mais importantes designers gráficos do século XX, Alexey Brodovitch (Ogolichi, Bielorrússia, 1898 – Le Thor, França, 1971) e a editora de moda Diana Vreeland (Paris, 1903 – Nova Iorque, 1989).

A exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion abriu ao público no passado dia 28 de fevereiro, em plena Semana de Moda de Paris. Mas antes o museu foi palco de uma festa que marcou a inauguração da exposição e que contou com várias celebridades de diferentes áreas. Glenda Bailey, a editora-chefe da edição americana deste título, foi a anfitriã e a lista de convidados contou com nomes como Anna Wintour, Gigi e Bella Hadid, Demi Moore, Janelle Monáe, Alexa Chung, Christian Louboutin, Dita Von Teese, Gyneth Paltrow, a artista plástica Cindy Sherman, vários criadores de moda como Maria Grazia Chiuri, Alber Elbaz ou Olivier Rousteing. Esta exposição marca a reabertura das renovadas galerias de moda do Museu das Artes Decorativas. Devido aos atuais tempos de recolhimento que se vivem em vários países da Europa (Portugal e França incluídos) o Museu das Artes Decorativas foi um dos vários espaços culturais encerrados atá data a definir.

Harper’s Bazaar: First in Fashion

Onde? Museu das Artes Decorativas, em Paris
Quando? De 28 de fevereiro a 14 de julho. De momento o museu está encerrado.

Kate Winslet fotografada por Peter Lindbergh para a revista Harper’s Bazaar, em Nova Iorque em agosto de 2009. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
1 de 7 Kate Winslet fotografada por Peter Lindbergh para a revista Harper’s Bazaar, em Nova Iorque em agosto de 2009. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
Fotografia de Peter Lindbergh para a revista Harper’s Bazaar, novembro de 1992. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
2 de 7 Fotografia de Peter Lindbergh para a revista Harper’s Bazaar, novembro de 1992. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
Fotografia da revista Harper’s Bazaar, outubro de 1968 de Hiro. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
3 de 7 Fotografia da revista Harper’s Bazaar, outubro de 1968 de Hiro. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
Capa da revista Harper’s Bazaar, junho de 1964 com uma fotografia de Hiro. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
4 de 7 Capa da revista Harper’s Bazaar, junho de 1964 com uma fotografia de Hiro. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
Fotografia de Hiro na revista Harper’s Bazaar, em outubro de 1963. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
5 de 7 Fotografia de Hiro na revista Harper’s Bazaar, em outubro de 1963. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
Capa da revista Harper’s Bazaar, julho de 1958 com uma fotografia de Gleb Derujinsky. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
6 de 7 Capa da revista Harper’s Bazaar, julho de 1958 com uma fotografia de Gleb Derujinsky. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
Capa da revista Harper’s Bazaar, março de 1896 com um desenho de William H. Broadley. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
7 de 7 Capa da revista Harper’s Bazaar, março de 1896 com um desenho de William H. Broadley. Na exposição Harper’s Bazaar: First in Fashion, no Museu das Artes Decorativas, em Paris.
Saiba mais Moda, Revista, Harper's Bazaar, Museu das Artes Decorativas, Paris, Exposição
Relacionadas

As maiores rivalidades da Beleza

Até onde vai o impacto das marcas de Beleza que conhecemos desde sempre? Do século XIX até ao novo milénio, algumas mulheres construíram impérios tão poderosos quanto a escolha do batom que usamos todas as manhãs. E fizeram-no do zero, como contam vários livros e até um musical da Broadway , 'War Paint', sobre a rivalidade entre Helena Rubinstein e Elizabeth Arden.

12 exposições de moda que abrem em 2020

Para este ano estão já calendarizadas uma série de exposições de moda dignas de um roteiro cultural. Criadores, culturas, ícones, acessórios e uma revista são alguns dos temas em destaque. Reunimos 12 exposições a que vale a pena estar atenta.

Mais Lidas