Atual

Ciclo dedicado a Ingmar Bergman começa hoje, em Lisboa

De 17 de agosto a 13 de setembro, 23 filmes do cineasta sueco vão ser exibidos no Espaço Nimas.

17 de agosto de 2017 | Margarida Ferreira

Ingmar Bergman está de volta ao Espaço Nimas, onde já em 2014 tinham sido apresentados 17 das suas obras. Desta vez, o programa contará com 23 filmes e vai voltar a percorrer diferentes fases do trabalho do realizador. Começando com A Prisão (1949), passando pelo nostálgico Morangos Silvestres (1957) e terminando no ano de 1982, com Fanny e Alexandre.

Até 13 de setembro o programa Um Verão Com Ingmar Bergman vai dar a oportunidade de ver ou rever 23 das 50 obras de um dos maiores mestres da sétima arte. O cineasta iniciou a sua carreira como argumentista, mas ficou conhecido como um dos cineastas mais relevantes e influentes do mundo. O Sétimo Selo (1957), Lágrimas e Suspiros (1972) e Um Verão de Amor (1951) são apenas alguns dos filmes que eternizam o seu estatuto de mestre e que regressam agora a Lisboa.  

A Prisão (1949)
1 de 6 / A Prisão (1949) A Prisão (1949)
Um Verão de Amor (1951)
2 de 6 / Um Verão de Amor (1951) Um Verão de Amor (1951)
O Sétimo Selo (1957)
3 de 6 / O Sétimo Selo (1957) O Sétimo Selo (1957)
Morangos Silvestres 1957
4 de 6 / Morangos Silvestres 1957 Morangos Silvestres 1957
Lágrimas e Suspiros (1972)
5 de 6 / Lágrimas e Suspiros (1972) Lágrimas e Suspiros (1972)
Fanny e Alexandre (1982)
6 de 6 / Fanny e Alexandre (1982) Fanny e Alexandre (1982)
Saiba mais cinema, lisboa, ingmar bergman, espaço nimas
Relacionadas

Entrevista: Capitão Fausto

Refugiaram-se na natureza para começar a trabalhar no próximo álbum e a câmara de Matilde Travassos foi atrás deles. À Máxima falaram sobre as suas inspirações, projetos e sonhos para o futuro.

Quer criar um projeto para a Farfetch?

A Farfetch abriu um novo concurso tecnológico com o objetivo de receber e discutir ideias sobre novas formas de abordar as compras online através da realidade virtual.

Mais Lidas