Artes Julião Sarmento, o artista sem medo

Acabamos de perder, aos 72 anos, um dos maiores, mais modernos, diversos e internacionais artistas portugueses. O seu legado atravessa a pintura, o desenho, a escultura, a fotografia, o filme, a instalação e a performance. E mais houvesse, Julião Sarmento era um exemplo de generosidade e abertura ao mundo. "Era muito intenso, tinha um lado emocional muito forte que ocupava em nós um grande espaço emocional também" lembra Delfim Sardo.

Atual Crush #1

Uma jovem cantora capaz de desafiar a sociedade francesa, dois russos que veem nas flores uma forma de expressão artística, um cantor que podia ser tanto um rapper como crooner da memória portuguesa. Homenageamos ainda um fotógrafo que nos deixou um legado de talento. O nosso primeiro Crush é escrito a partir deles.

+Carregar mais