Celebridades Hollywood era delas

Cem anos antes do movimento #MeToo, o poder em Hollywood pertencia às mulheres. Realizadoras, guionistas e chefes de estúdio eram as mais bem pagas de toda a indústria, e as maiores estrelas. Mary Pickford, Lois Weber ou Frances Marion são hoje nomes quase esquecidos. Mas as vedetas e showrunners da atualidade deveriam lembrar-se deles.

Celebridades Come, bebe e sê feliz!

Há 100 anos iniciava-se a década mais louca e bem-disposta de todo o século XX. Revelava-se o cinema sonoro, dançava-se o charleston, descobria-se o jazz, a cocaína, os cabarés e os prazeres da vida noturna e do sexo sem tabus. A moda feminina mostrava as pernas e muita pele e as mulheres ousavam fumar em público e frequentar cafés. Os loucos anos 20 terminariam, no final da década, com a “queda” da Bolsa de Nova Iorque, mas o mundo e a vida das mulheres não voltaram a ser os mesmos.

Viver no limite A minha vida secreta como agente da CIA

Durante anos, Amaryllis Fox viveu na sombra. Para a família e amigos, era uma consultora de arte com contactos globais. Na verdade, era uma agente da CIA que participava em operações secretas na guerra contra o terror. Será ela a versão real da famosa agente clandestina Carrie Mathison, da série televisiva Segurança Nacional? Fomos descobrir.

Culturas O fenómeno Frozen: já passou e já voltou

A aguardada sequela de Frozen- O Reino do Gelo chegou aos cinemas no passado dia 21 de novembro. Muito mais do que o filme de Natal da Disney para 2019, Frozen 2 é a continuação de um dos maiores fenómenos de sempre dos estúdios de animação.

+Carregar mais