Prazeres

Maisons du Monde, a loja de decoração que tem o parisian chic que procurávamos

Com uma nova loja em Lisboa, a marca francesa distingue-se por aliar o savoir-faire no mobiliário e na decoração a preços competitivos e a inspirações que chegam dos quatro cantos do mundo.

Foto: Maisons du Monde
10 de dezembro de 2021 Rita Silva Avelar
Quantas lojas de decoração conhece? Em Portugal, este é um mercado em crescimento, uma vez que a pandemia nos remeteu para casa, e demos por nós a reparar no mais ínfimo pormenor dos nossos ninhos. Do sofá que precisa de substituição à decoração no geral, que talvez esteja na altura de mudar. "Desde mobiliário a acessórios decorativos, nos últimos 25 anos a Maisons du Monde tem criado universos inspiradores e originais para todos os estilos de vida", avança à Máxima Géraldine Florin, diretora artística da Maisons du Monde, após uma apresentação à imprensa portuguesa num jantar no JNcQUOI Avenida, em Lisboa. A par da loja de Faro, a marca acaba de inaugurar lojas em Alfragide e no Porto.
Maisons du Monde: tendências para 2022.
Maisons du Monde: tendências para 2022. Foto: DR


Lançada em 1996, em França, a Maisons du Monde teve sucesso imediato com o seu mobiliário com "sotaques" de outros lugares: com peças em madeira esculpida, pintadas à mão, em cores vivas, tornou-se rapidamente uma referência. Trazia, precisamente, o mundo para dentro de casa. "Em linha com a sua missão original, a Maisons du Monde quer permitir a todos criar casas que reflitam a personalidade e a história de cada pessoa, acolhendo lugares onde viver significa reunir", sempre através da visão da sustentabilidade, uma vez que todas as peças são pensadas para durar e para se adaptarem ao que já existe em nossas casas," cotinua Florin.
Maisons du Monde: coleção de Natal.
Maisons du Monde: coleção de Natal.


Como responsável por pensar as coleções desde 2019, Géraldine Florin confessa que - das estantes aos vasos - encontra inspiração em qualquer lugar e a toda a hora. "Uma viagem, uma exposição, um desfile de Moda, uma série ou um filme, um novo restaurante... A lista é interminável. É ter uma mentalidade curiosa mais do que fazer listas exaustivas", garante. Das experiências profissionais anteriores, traz o know-how das famosas e elegantes Galerias Lafayette, em Paris.
Maison du Monte: loja de Alfragide.
Maison du Monte: loja de Alfragide. Foto: DR
Géraldine Florin, diretora artística de Maisons du Monde.
Géraldine Florin, diretora artística de Maisons du Monde. Foto: DR


Na Maisons du Monde há sofás, estantes, tapetes, colchas, até material de papelaria - a oferta é tão diversificada como a inspiração. Sobre a ideologia da marca, que pretende ser uma combinação de várias tendências do décor dos quatro cantos do mundo, a diretora artística afirma que a Maisons du Monde aspira a que todas as casas "sejam bonitas, originais e alegres, mas também mais respeitosas do planeta e das pessoas. Queremos contribuir para criar um mundo positivo, harmonioso, e sustentável, onde as pessoas se sintam bem a viver e a crescer", afirma. "Sonhamos com lugares que oferecem mais do que simples abrigos para dormir ou trabalhar, sonhamos e criamos lugares onde vivemos, partilhamos e experimentamos."
Maisons du Monde: tendências para 2022.
Maisons du Monde: tendências para 2022. Foto: DR


Sobre Portugal, Géraldine Florin diz que uma das coleções da última estação, de primavera-verão, foi inspirada na Comporta. "O nosso objetivo para 2022 é tornarmo-nos a marca mais desejável e sustentável de casa e vida na Europa e estas aberturas em Portugal são um passo para alcançar este objetivo." 

Onde? Avenida Dos Cavaleiros, 65, Alfragide Quando? Todos os dias das 10h às 22h (excepto domingo, que encerra às 20h). Contactos (+351)304500221.
Saiba mais
Portugal, Maisons du Monde, JNcQUOI Avenida, Decoração, Mobiliário, Máxima, Géraldine Florin, França, economia, negócios e finanças
Leia também

Lumen, o hotel que chegou para iluminar Lisboa

Fica no coração da cidade e é perfeito para relaxar uns dias antes das festas, com jantar “obrigatório” no Clorofila, onde o chef Celso Dias desconstrói com mestria algumas receitas portuguesas.

As Mais Lidas