Moda / Tendências

O glamour do Studio 54 segundo a Michael Kors

O designer recuperou a irreverência dos anos 70 em vestidos florais, penas e muitos brilhos.

A carregar o vídeo ...
14 de fevereiro de 2019 | Ana Silva e Rosário Mello e Castro

Michael Kors é perito em desenhar para uma elegância e estilo de vida tipicamente nova-iorquinos e esta coleção não foi exceção. Na passerelle, vimos peles, penas, brilhos e um outono/inverno 2019 inspirado pela elegância icónica do Studio 54, o clube por onde passaram personalidades como Andy Warhol ou Bianca Jagger. O criador usou vários elementos em abundância, bordando lantejoulas em vestidos e penas em casacos e cachecóis. Enquanto a banda sonora de Andrea True ecoava pelo espaço, malhas de caxemira minimalistas contrastaram com o maximalismo das saias de seda brilhantes e casacos volumosos.

Para fechar o desfile, uma cortina preta caiu e revelou Barry Manilow que cantou Copacabana enquanto a modelo Patti Hansen desfilou num fato brilhante com uma camisa dourada.

Veja na fotogaleria em baixo todos os looks da coleção.

Saiba mais Michael Kors, Bianca Jagger, Studio, Barry Manilow, Andy Warhol, Andrea True, Copacabana, Patti Hansen, semana de moda de nova Iorque
Relacionadas
Mais Lidas