Moda / Tendências

Christian Dior Couture primavera 2018

A tenda gigante montada nos jardins do Museu Rodin, em Paris, foi decorada com referências a Alice no País das Maravilhas, a primeira pista de que esta seria uma coleção que nos levaria para outros mundos. Maria Grazia Chiuri quis explorar a beleza do subconsciente, recuperando as ideias de Freud e a estética do surrealismo, numa coleção dramática e dominada pelo preto.

23 de janeiro de 2018 | Andreia Rodrigues
Foto: Getty Images
1 de 67
Foto: Getty Images
2 de 67
Foto: Getty Images
3 de 67
Foto: Getty Images
4 de 67
Foto: Getty Images
5 de 67
Foto: Getty Images
6 de 67
Foto: Getty Images
7 de 67
Foto: Getty Images
8 de 67
Foto: Getty Images
9 de 67
Foto: Getty Images
10 de 67
Foto: Getty Images
11 de 67
Foto: Getty Images
12 de 67
Foto: Getty Images
13 de 67
Foto: Getty Images
14 de 67
Foto: Getty Images
15 de 67
Foto: Getty Images
16 de 67
Foto: Getty Images
17 de 67
Foto: Getty Images
18 de 67
Foto: Getty Images
19 de 67
Foto: Getty Images
20 de 67
Foto: Getty Images
21 de 67
Foto: Getty Images
22 de 67
Foto: Getty Images
23 de 67
Foto: Getty Images
24 de 67
Foto: Getty Images
25 de 67
Foto: Getty Images
26 de 67
Foto: Getty Images
27 de 67
Foto: Getty Images
28 de 67
Foto: Getty Images
29 de 67
Foto: Getty Images
30 de 67
Foto: Getty Images
31 de 67
Foto: Getty Images
32 de 67
Foto: Getty Images
33 de 67
Foto: Getty Images
34 de 67
Foto: Getty Images
35 de 67
Foto: Getty Images
36 de 67
Foto: Getty Images
37 de 67
Foto: Getty Images
38 de 67
Foto: Getty Images
39 de 67
Foto: Getty Images
40 de 67
Foto: Getty Images
41 de 67
Foto: Getty Images
42 de 67
Foto: Getty Images
43 de 67
Foto: Getty Images
44 de 67
Foto: Getty Images
45 de 67
Foto: Getty Images
46 de 67
Foto: Getty Images
47 de 67
Foto: Getty Images
48 de 67
Foto: Getty Images
49 de 67
Foto: Getty Images
50 de 67
Foto: Getty Images
51 de 67
Foto: Getty Images
52 de 67
Foto: Getty Images
53 de 67
Foto: Getty Images
54 de 67
Foto: Getty Images
55 de 67
Foto: Getty Images
56 de 67
Foto: Getty Images
57 de 67
Foto: Getty Images
58 de 67
Foto: Getty Images
59 de 67
Foto: Getty Images
60 de 67
Foto: Getty Images
61 de 67
Foto: Getty Images
62 de 67
Foto: Getty Images
63 de 67
Foto: Getty Images
64 de 67
Foto: Getty Images
65 de 67
Foto: Getty Images
66 de 67
Foto: Getty Images
67 de 67
Saiba mais Christian Dior, Maria Grazia Chiuri, Haute Couture, primavera 2018, Paris Couture Fashion Week 2018
Relacionadas

Schiaparelli Haute Couture primavera/verão 2018

Inspirada no Norte de África e na mistura entre as culturas europeias e africanas, a Schiaparelli criou uma coleção em que silhuetas fortes jogam com texturas infinitas e padrões étnicos e vibrantes. O resultado é leveza e transparência e transporta-nos para as margens do Nilo e para terras longínquas.

Giambattista Valli Couture primavera 2018

O criador italiano trouxe um conto de fadas para Paris, entre a couture mais extravagante e os seus habituais vestidos de princesa, incluindo algumas versões mais curtas, com detalhes em pele e renda e outras curtas à frente e compridas atrás. As estrelas do desfile foram os três vestidos finais, em chiffon e tule, cada um mais opulento do que o anterior, em cor de pêssego, lima e rosa algodão doce.

Primavera/verão 2018: Dior

Já sabíamos que Maria Grazia Chiuri, diretora criativa da maison, gosta de mulheres fortes, e este desfile voltou a mostrar-nos porquê. A designer recuperou algumas das artistas mais marcantes dos anos 60 e deu-nos uma série de looks carregados de cor e brilho.

Alberta Ferretti Limited Edition 2018

A nova coleção da designer italiana é hiperfeminina e repleta de peças sofisticadas e fluidas, bem como algumas mais estruturadas, que captam o lado romântico de Alberta Ferretti. “A minha mulher é poética, adora leveza”, disse a designer ao site da Vogue norte-americana. Não diríamos melhor.

Diogo Miranda apresenta Pre-Fall 2018

A nova coleção do designer é feita de combinações improváveis, como um vestido comprido em chiffon de seda aliado a um bomber jacket ou uma T-shirt desportiva usada com uma camisa às riscas. As propostas de meia-estação apostam ainda em padrões e cores fáceis de usar no dia a dia que resultam num glamour espontâneo, clássico e confiante.

Elie Saab Haute Couture primavera/verão 2018

O criador transportou-nos para a Paris dos eufóricos anos 20 - jazz, felicidade e a esperança do pós-guerra a borbulhar. Tão sofisticadas como sedutoras, as mulheres de Elie Saab usam vestidos longos e elegantes, em materiais como renda, tule, cetim e seda, sobressaindo os tons pastel.

Chanel Haute Couture primavera/verão 2018

A primavera chegou mais cedo a Paris. Rosas, heras, jasmins e flores de todas as cores adornavam um cenário inspirado nos jardins franceses, ponto de partida para uma coleção que quis captar o momento de recomeço que se vive no país. Na passerelle, silhuetas hiperfemininas, vestidos florais, em tule ou cetim, e o icónico tweed da maison mais uma vez reinventado, agora em tons pastel.

Chanel Métiers d’Art 2018

Hamburgo, terra natal de Karl Lagerfeld, recebeu uma coleção monocromática inspirada na cultura jovem da Alemanha nos anos 60. Bonés de marinheiro, calças palazzo em ganga riscada e casacos estruturados com influências militares vestiram mulheres andróginas e com atitude.

Jean Paul Gaultier Couture primavera 2018

Jean Paul Gaultier quis homenagear o seu mentor, Pierre Cardin, e criou uma coleção de looks gráficos, inspirados nos swinging sixties e com peças a que chamou Twiggy, Pop, Yellow Submarine ou Cardinella. O desfile foi dominado pelo preto e branco, embora tenham surgido coordenados monocromáticos em vermelho, rosa, verde, azul e amarelo.

Mais Lidas