Moda

O romance está vivo na Chanel

Numa altura em que as principais marcas de moda continuam a tentar conquistar as novas gerações, a Chanel mostrou que não há nada mais emocionante do que uma história de amor.
Por Rosário Mello e Castro, 04.03.2020
Sem exageros nem distrações, o Grand Palais, em Paris, cenário habitual dos desfiles da Chanel, ficou-se pela simplicidade de uma passerelle circular pintada de branco, uma moldura perfeita para os looks que se seguiram. "Romantismo sem floreados", disse Virginie Viard, diretora criativa da maison que assinou uma coleção que celebrou a extravagância da liberdade, o poder absoluto da moda para nos fazer sonhar numa apresentação sem a pompa e a circuntância habitual, mas com a (cada vez mais) rara capacidade de nos fazer sonhar. 

Na passerelle, vimos referências aos anos 70, 80 e 90, os arquivos da Chanel reinventados sem o peso da sua herança, leveza e frescura para os tempos modernos.
A carregar o vídeo ...
Chanel outono-inverno 2020/21
Tags: semana de moda de paris desfiles chanel outono-inverno
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!