Moda

Chanel regressou a casa para o desfile Métiers d’art

O último desfile da casa francesa, uma homenagem ao minucioso trabalho dos seus ateliês, foi uma viagem à Paris de Coco Chanel, evocando os símbolos da sua história.

A carregar o vídeo ...
05 de dezembro de 2019 | Vitória Amaral

Nesta quarta-feira, 4 de dezembro, o Grand Palais recriou a atmosfera do apartamento de Gabrielle Chanel, na Rua Cambom, nr. 31, para a apresentação da coleção Métiers d’art 2019/2020. Para o desfile, que reflectiu o coração do espírito Chanel, a nave do edifício foi transformada num lugar sem tempo, alusivo aos códigos e fascínios da fundadora da casa, como o número 5, os ramos de trigo e a camélia.

"Há uma espécie de simplicidade no que toca a voltar ao ABC da Chanel. Não precisamos de fazer muito", confessou em comunicado de imprensa Virginie Viard, que depois da morte de Karl Lagerfeld assumiu a direção criativa da marca. "Eu não queria as típicas viagens de longa distância das coleções Métiers D’art, queria ficar em Paris", acrescenta.

Com detalhes inusitados, vimos os clássicos pequenos casacos pretos com o botão de lado, fatos que se tornam vestidos assimétricos e até inspiração trazida de um fato rosa em tweed criado por Gabrielle Chanel em 1960 que foi agora tingido com negro, azul e rosa e traduzido em inúmeras peças, dos fatos aos vestidos fluidos multicolores. Estes looks foram semore acompanhado pelas carteiras mais icónicas da casa, como a 2.55 ou a 11.12; assim como a tendência das carteiras miniatura. Não faltaram os casacos retos, em caxemira preta, com cintos feitos com longas fitas de chiffon bordadas, lantejoulas e correntes. Entre o clássico preto e dourado, os verdadeiros tons chave foram o rosa, pêssego e framboesa. No desfile estiveram presentes algumas embaixadoras da Chanel como Kristen Stewart, Lily Rose-Depp, Penélope Cruz e Yara Shahidi, além das amigas da casa Sofia Coppola, Marion Cotillard e Carole Bouquet.

 

Saiba mais Chanel, desfile, Coco Chanel, Virginie Viard, Métiers D'arts
Relacionadas

A odisseia moderna

Numa nova campanha, a Chanel desafia cinco mulheres a adaptarem a imagem clássica da marca às viagens quotidianas.

Os inspiradores cenários dos desfiles Chanel

Com a Chanel, antes de uma coleção apaixonamo-nos pelo cenário do desfile. Uma praia, um avião, um barco, um foguetão ou uma cascata? É difícil escolher um preferido, por isso reunimos alguns dos mais impactantes e surpreendentes dos últimos anos.

Mais Lidas
Realeza As amantes da vida de Juan Carlos

Num momento de especulação sobre o seu paradeiro, e após informar a casa real espanhola do seu afastamento, voltam a surgir as histórias da vida de um rei que nunca gostou de ser discreto.