Celebridades

Irina Shayk: “As coisas mais simples fazem-me feliz”

Os gélidos cenários da Islândia dão o mote à campanha de outono/inverno 2019/20 da Falconeri. Irina Shayk é a musa e orgulhosa protagonista, como ficou claro na entrevista que deu à Máxima.
Por Carolina Carvalho, 17.01.2020

Para alguém natural da cidade russa de Yemanzhelinsk, onde as temperaturas no inverno podem chegar perto dos 10 graus negativos, as paisagens dominadas pelo frio poderiam ser banais, mas não. Irina Shayk confessou-nos que realizar a mais recente campanha Falconeri, na Islândia, foi uma experiência memorável. As paisagens de uma natureza pintada em infinitos tons de azul e de branco revelaram-se mais poderosas do que o frio que se fazia sentir na pele. À frente das câmaras, Irina divide o protagonismo com a paisagem de neve e de gelo e personifica o estilo confortável e elegante das peças de roupa Falconeri. Atrás das câmaras, o fotógrafo Giampaolo Sgura capta as imagens que convidam a conhecer a coleção de outono/inverno da marca italiana.

A Falconeri tem nas fibras naturais – a caxemira, em especial – o elemento principal das suas coleções, o que reflete a ligação da marca à natureza, assim como acentua a sua preocupação com a sustentabilidade. Nesta estação, Irina Shayk é a personalidade que veste a filosofia da marca e dá cara à campanha de publicidade. A modelo russa continua a destacar-se no panorama da moda por manter uma carreira ascendente aos 34 anos acabados de completar no início de janeiro.

Viajou até à Islândia para fotografar e filmar a campanha Falconeri deste outono/inverno. Como foi esta experiência?

Foi, definitivamente, a experiência mais memorável da minha vida. O tempo estava uma loucura – muito frio e sem sol –, mas eu estava lá com a minha família Calzedonia [a modelo tem uma relação especial com o Grupo Calzedonia, ao qual a Falconeri pertence, porque apostaram em Irina desde o início da sua carreira] e as paisagens eram deslumbrantes. Eu nunca vi paisagens marítimas assim tão majestosas na minha vida. Passei lá um tempo maravilhoso. A Islândia estava na minha bucket list, há muito tempo, e eu achei mesmo ótimo que a Falconeri me tenha levado até lá para me conectar com a Natureza e sentir verdadeiramente que todos fazemos parte disso. É sobre isto que a campanha e toda a filosofia da marca Falconeri são: relacionar humanos e natureza.

A carreira de modelo já a levou a vários locais do mundo. Onde é que se sente em casa?

Eu adoro Nova Iorque. É um local maravilhoso, há muitas agências [de modelos] e é onde está a minha casa.

No fim de um dia de trabalho, quais são os pequenos prazeres da vida que a fazem feliz?

As coisas mais simples fazem-me feliz: boa comida, dormir o suficiente, ir ao ginásio e relaxar num spa.

Sabemos que está ligada a projetos solidários. Quais são as suas ocupações e interesses fora do universo da moda?

Eu sou muito apegada aos meus amigos e à minha família. Também tenho um pequeno projeto solidário na Rússia dedicado a crianças.

Dada a sua ligação à família, de que forma é que a maternidade mudou a sua vida?

Eu sou abençoada por ter a melhor família do mundo. Eu fui criada com amor e carinho. Sei que a minha família vai sempre apoiar-me e isso torna-me mais forte. A maternidade não mudou a minha vida, mas fez-me mudar as minhas prioridades.

A Irina cresceu numa família de mulheres e é mãe de uma menina. Neste tempo de mudança para as mulheres que mensagens quer passar para as próximas gerações?

Uma mulher, para mim, é uma personificação de poder. Poder de comunicar, poder de dar a vida e de mudar a vida. Uma mulher consegue lidar com tudo nesta vida. É esta a mensagem que eu quero enviar.

O que é que, na sua opinião, torna uma mulher bonita e interessante?

A beleza interior, o carisma, o sentido de humor, a maneira como se comporta e se apresenta ao mundo.

Que lições e memórias da sua infância continuam a acompanhá-la na sua vida de adulta?

"Mantém os pés na terra, sê simpática e boa para as pessoas."

Tem uma carreira invulgarmente longa na moda e fez um pouco de tudo. O que é que a continua a fascinar no universo da moda e a fazer querer trabalhar neste meio?

A moda pode abrir muitas portas e torna-se possível conhecer tantas pessoas talentosas que admiramos. A moda está a mudar muito depressa e o que me fascina é a forma como celebra diferentes silhuetas da mulher. Eu adoro que a moda traga cada vez mais diversidade para as campanhas e para as passerelles todos os anos. Hoje já não há padrões de beleza – pessoas de diferentes origens e silhuetas podem ter sucesso na moda.

Trabalhar em moda é como assumir diferentes personagens?

Pode assumir-se diferentes lados da personalidade, claramente, mas mantemo-nos fiéis a nós próprios, mantemos a nossa identidade e quem somos como pessoa.

Ainda sobre o momento de mudança que vivemos, em que é que o mundo da moda é diferente da altura em que começou?

É diferente em tudo. Agora é um mundo influenciado pelas redes sociais e, por acaso, eu considero que isso é uma grande oportunidade para toda a gente porque cada pessoa pode lançar uma plataforma e elevar a sua voz.

Sabemos que a Falconeri baseia a marca na produção italiana de caxemira de alta qualidade. O que é, para si, mais interessante e original nesta marca?

A marca Falconeri é parte do Grupo Calzedonia, com o qual eu trabalho há mais de 12 anos. A Falconeri sabe, realmente, como produzir caxemira de alta qualidade que dura para sempre. Incrível qualidade dos materiais, ótimo design – minimalista, trendy, com classe e moderno ao mesmo tempo –, tudo isto faz da Falconeri uma marca que se destaca.

Quais são os segredos do seu sucesso?

Nunca aceitar um "Não" como resposta. Saber o que eu quero. Ter confiança em mim própria. Sentir-me confortável na minha pele. E estar sempre em movimento.

Tags: irina shayk falconeri islândia itália moda viagem campanha inverno 2019/2020
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
2 Comentários
Comentário mais votado
portuense Esta Irina é muito gira e com um corpo fantástico, com estilo, que não precisa de aumentar nada, em contraste com a vulgar Georgina 'kardashian'
Há 1 semana
Maria Lurdes GOSTO MUITO DA IRINA ESPERO QUE ARRANGE UM HOMEM QUE A FAÇA FELIZ O RENALDO NEM SABE O QUE PERDEU A JORGINA SO ESTA ENTEÇADA NOS MILHARES QUE ELE TEM AMOR E ZERO ELE QUE FIQUE ESPERTO BOA SORTE ERINA E PARA A SUA FILHOTA
Há 1 semana
portuense Esta Irina é muito gira e com um corpo fantástico, com estilo, que não precisa de aumentar nada, em contraste com a vulgar Georgina 'kardashian'
Há 1 semana
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!