Celebridades

Emocionada, Megan Fox expressa orgulho no filho que usa vestidos

Numa recente entrevista à revista Glamour, Megan Fox conta como tenta proteger Noah, de 9 anos, dos comentários maldosos dos internautas, tudo porque o filho gosta de usar "roupa de meninas".

Foto: Getty Images
29 de abril de 2022 Andriana Barbos

A recente entrevista que Megan Fox deu à edição inglesa da revista Glamour está a deixar a sua marca na Internet. A atriz mostrou-se emocionada quando a questionaram sobre o facto do seu filho Noah, de 9 anos, usar vestidos diariamente. À questão, a mãe de três rapazes afirmou que sempre os educou a não terem medo de se expressar, embora tenha partilhado algumas preocupações relativamente ao bullying e à falta de capacidade de controlar a forma como os outros reagem às peças de roupa da criança.

A estrela de Transformers confessa o motivo pelo qual não coloca os seus filhos nas redes sociais. "Não quero que o mundo tenha acesso a esta alma gentil (Noah) e que diga todas as coisas que nós sabemos que vai dizer", acrescentou a atriz. Ao mesmo meio, esclareceu que tem muito orgulho neles. Contudo, manifesta preocupação com a crueldade da humanidade. "Até agora, fizemos um trabalho realmente bom e mantemos a sua inocência [dos filhos] de muitas maneiras, mas sei que não os posso proteger para sempre".

Fox costuma viajar muito durante longos períodos de tempo, o que a leva a pensar que "não fez o suficiente como mãe", conta à revista."Entro no banho e choro muito, porque é difícil. Não só por causa das pressões que a sociedade me impõe, mas pelo facto de estar separada deles", referindo-se a Journey, Bhodi e e Noah. Referiu ainda que muitas pessoas não compreendem os efeitos do bullying. "As crianças não devem passar por isso. Leva a pessoa a odiar-se. E, eventualmente, em alguns casos, ao suicídio". Porém, quando se trata de uma celebridade tudo isto é esquecido. Muitas pessoas passam o seu tempo a criticar figuras públicas, rematou a atriz.

Saiba mais
Atual, Celebridades, Megan Fox, Filho, Bullying
As Mais Lidas