Celebridades

Diários da pandemia: a canção que tem embalado os dias de Rita Redshoes

A cantora e compositora tem passado os dias com a filha de um ano e meio e contou à Máxima o destino para onde vai querer viajar quando puder.

12 de maio de 2020 | Aline Fernandez

Qual o espaço da casa que tem sido o seu refúgio?

O quintal. É onde consigo deixar de ouvir a cidade e estar a brincar com a minha filha com mãos na terra e água nos pés.

O que tem lido nestes dias? 

Muito pouca coisa. Com uma bebé de 1 ano e meio não resta muito tempo para leituras.... :)

Quais as séries que aproveitou para ver? 

Comecei a ver a terceira temporada de Stranger Things e uns episódios de Tiger King, mas nem a meio vou :)

Qual o filme que viu durante a quarentena e adorou? 

Não consegui ver nenhum filme, apenas este que estamos a viver e que se enquadra na categoria de Ficção Científica.

Qual a música que tem embalado os seus dias em casa? 

Já me acompanha há muito tempo mas tem-me emocionado ouvir antes de dormir o standard de jazz When I Fall in Love, cantado pelo Nat King Cole.

Do que achou que não ia sentir falta, mas está a sentir?

Andar a pé.

O primeiro lugar onde vai após o fim do isolamento?

Gostava de ir ver o mar e pisar a areia com a minha filha.

A primeira pessoa a quem vai dar abraços e beijinhos?

Ao meu sobrinho.

O primeiro restaurante onde quer ir assim que abrir?

Honestamente, a qualquer um desde que possa ter a família reunida.

A primeira viagem que vai querer fazer…

Provavelmente irei à Madeira.

Se pudesse voltar no tempo, o que faria antes de começar a quarentena?

Voava até Wuhan, na China, e libertaria todos os animais enjaulados nos mercados de rua que por lá existem! 

Foto: Instagram @ritaredshoes
1 de 11
Foto: Instagram @ritaredshoes
2 de 11
Foto: Instagram @ritaredshoes
3 de 11
Foto: Instagram @ritaredshoes
4 de 11
Foto: Instagram @ritaredshoes
5 de 11
Foto: Instagram @ritaredshoes
6 de 11
Foto: Instagram @ritaredshoes
7 de 11
Foto: Instagram @ritaredshoes
8 de 11
Foto: Vitorino Coragem com ilustração de Susa Monteiro
9 de 11
Foto: Augusto Brazio
10 de 11
Foto: Instagram @ritaredshoes
11 de 11
Saiba mais Rita Redshoes, Rita Pereira, pandemia, coronavírus, Covid-19, quarentena, confinamento, isolamento
Relacionadas

Olga Roriz: Alma intranquila

Olga Roriz é um nome maior da dança nacional e também o da Companhia que a coreógrafa fundou, há 25 anos. Celebramos Dia Internacional da Dança com o artigo sobre a coreógrafa e a Companhia Olga Roriz, publicada na edição de abril da Máxima.

Mais Lidas